Berzoini proíbe imagem de Lula em campanhas regionais

 O presidente nacional do PT e coordenador da campanha da reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Ricardo Berzoini, proibiu as campanhas estaduais de usarem a imagem de Lula em seus programas do horário eleitoral.

As últimas decisões do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que determinam a perda de tempo do programa nacional por invasão de Lula no horário eleitoral de candidatos estaduais deu origem à determinação.

"Espero a colaboração e compreensão de todos, para que não tenhamos mais surpresas desagradáveis na reta final, deixando Lula fora da TV e Rádio na última semana de campanha. Isso não pode acontecer!", diz a carta assinada por Berzoini e enviada às coordenações estaduais da coligação liderada pelo PT.

Segundo o documento, disponível no site da candidatura de Lula, "fica terminantemente proibida a veiculação de imagens, falas e aparições do Presidente Lula nos programas estaduais, mesmo aquelas que tenham sido gravadas pela equipe nacional".

Também orienta os candidatos estaduais a não fazerem referências aos programas do governo federal, "pois é entendido como propaganda subliminar para o candidato Lula".

Berzoini autoriza, porém, os candidatos usarem fotos de Lula no fundo dos programas e camisetas com foto do Lula e afirmarem que votam em Lula, sem pedir voto para Lula diretamente. Com informações da Folha Online.

Publicado em: 15/09/2006