Recife reduz vacina contra febre amarela

As notícias sobre a contaminação de febre amarela em algumas partes do País têm levado muita gente a procurar a vacina sem necessidade no Recife: somente na quinta-feira e na sexta-feira foram realizadas 1.927 aplicações da vacina. Na unidade de saúde do bairro da Madalena, a mais procurada, foram aplicadas 424 doses, ante uma média de dez realizadas em períodos normais. Para não correr o risco de ficar sem estoque, a Secretaria Municipal de Saúde resolver restringir o fornecimento da vacina.

A partir de agora, para receber a imunização a pessoa terá de mostrar um comprovante da viagem terrestre ou aérea a ser realizada para áreas de risco de contágio da doença. O objetivo é evitar que a vacina seja aplicada em quem não precisa e comprometa o estoque. Em nota, a secretaria orientou os profissionais da rede de saúde a esclarecer a população que não há risco de transmissão da doença na cidade nem no Estado, que não é considerado área de risco. Da Agência Estado.

Publicado em: 14/01/2008