Blog incomoda. Não é fake. É verdade

Mais cedo, o Blog relevou que o TCE está analisando a obra do Geraldão, revelando detalhes de um relatório técnico de 2017 sobre a obra.

Insatisfeitos com a revelação, começaram a espalhar a informação de que era uma fake news do blog, que o TCE teria julgado a obra regular. Em nenhum momento o Blog se referiu a julgamentos dos conselheiros do TCE sobre a obra do Geraldão.

A postagem do blog foi sobre o posicionamento de auditores do TCE, colegas de concurso do prefeito, sobre esta obra, posicionamento em relatórios técnicos juntados no processo citado.

O blog listou as supostas irregularidades mencionadas em um dos relatórios técnicos que já existem sobre a obra. O blog esclareceu que a obra ainda está sendo analisada em auditoria especial. Entregue hoje, não houve tempo do TCE julgar a obra.

Para acusar o blog falsamente de fake news, se reportam a um julgamento isolado, realizado ainda em 2017, três anos atrás, no qual a relatora do processo, Teresa Duere, apontou e votou pela irregularidade da obra, mas foi vencida por dois a um. Votaram para que a auditoria especial fosse julgada regular, com ressalvas, o então conselheiro João Campos (primo do ex-governador Eduardo Campos) e o conselheiro Ranilson Ramos (ex-secretário de Eduardo Campos). 

Este julgamento não afeta as informações contidas nos relatórios de auditoria que o TCE fez sobre a obra. Estes relatórios também são documentos oficiais. 

Apesar deste julgamento isolado, contrário ao voto da relatora do processo e ao relatório técnico, a obra continua sendo analisada pelo TCE e só foi entregue pela Prefeituras hoje. 

Segundo fonte do blog, a obra do Geraldão está sendo analisada em outros processos do TCE e ainda será definitivamente julgada. Daí o extremo cuidado jornalístico do Blog ao falar apenas em "suspeita de irregularidade" na postagem anterior.

Assim que o TCE concluir sua análise técnica da obra, o Blog deverá divulgar o posicionamento do órgão sobre as obras do Geraldão. "A obra atrasou seis anos, não seria no mesmo dia da inauguração que o TCE poderia concluir sua análise", diz uma fonte.

Publicado em: 24/09/2020