Camaragibe: Candidato expõe falta de água e saneamento

Segundo levantamento feito pelo pré-candidato à Prefeitura de Camaragibe pelo MDB, Gustavo Matos, a cada 100 residências do município, apenas duas casas têm acesso à rede de esgoto. O avanço lento na saúde preventiva das pessoas faz de Camaragibe uma das cidades mais insalubres no âmbito da regularidade no saneamento público do estado.

O município apresenta um dos piores índices de Pernambuco: 1,43% da coleta, segundo a Compesa. Para Gustavo, o acesso das famílias à agua e esgoto se configura como condição básica prevista na constituição.

"Infelizmente, a saúde pública preventiva não é prioridade em Camaragibe. A população com acesso ao sistema é ínfima”, afirma o emedebista.

"É um problema que exige a capacidade de firmar parcerias. Sentar com a iniciativa privada, o poder público e mensurar a dimensão do problema com muita clareza. O cuidado à pessoa começa na casa dela, com dignidade sanitária e água nas torneiras. O povo está cansado de conviver com esgoto a céu aberto e o vento na encarnação", desabafou.

Publicado em: 22/09/2020