CPI barrada em Arcoverde vira escândalo

O sumiço da presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Arcoverde, Célia Galindo (PSB), e de mais quatro parlamentares da base da prefeita Madalena Brito (PSB), para impedir a instalação de uma CPI destinada a investigar corrupção na gestão da socialista, virou escândalo, o assunto mais comentado pela população. Além de tirar a tropa do PSB do plenário, Célia anulou no dia seguinte o ato da criação da CPI pelo vice-presidente da Câmara.

As vereadoras Cybele Roa, do Avante, e Zirleide Monteiro (foto), do PTB, esta autora da proposição, condenaram a postura de Célia no programa Frente a Frente, que em Arcoverde é retransmitido pela Itapuama FM. Em rede com mais de 40 emissoras pela Rede Nordeste de Rádio, o programa tem como cabeça de rede a Hits 103,1 FM, no Grande Recife. Se você deseja ouvir pela internet, clique no Botão Rádio deste blog acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio no play store.

Publicado em: 12/08/2020