Dona da Ricardo Eletro pede recuperação judicial

UOL 

A Máquina de Vendas, dona da marca Ricardo Eletro, pediu hoje recuperação judicial na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca de São Paulo. Todas as lojas da rede também serão fechadas.

As dívidas somam R$ 4 bilhões e entre os maiores credores estão o Itaú, Bradesco, Santander e a Whirlpool (dona das marcas Brastemp e Consul).

Além da Ricardo Eletro, a empresa também detém as marcas Lojas Salfer, CityLar, Lojas Insinuante e Eletroshopping no segmento de eletrônicos e eletrodomésticos. "A Máquina de Vendas entende que está no caminho certo e vê a recuperação judicial como um momento transitório na jornada de reconstrução do seu negócio", diz a empresa, em nota enviada ao UOL. 

Em vídeo, o presidente da companhia, Pedro Bianchi, informou que todas as lojas foram fechadas e que a varejista irá se concentrar em um novo modelo de negócio, baseado numa rede virtual de parceiros e colaboradores.
A matéria completa está disponível no UOL.

Publicado em: 08/08/2020