Deputado tem carro apreendido

Por Hylda Cavalcanti – do Jornal de Brasília

O juiz titular da 25ª Vara Cível de Brasília deferiu, ontem, pedido liminar e determinou a restrição de venda e circulação, bem como busca e apreensão, de um automóvel Posche Cayenne, que está com o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF).

Na decisão, o magistrado diz que Miranda comprou o veículo se comprometendo a pagar o valor combinado, de R$ 130 mil. Mas de acordo com a autora da ação, que vendeu o carro, não houve o pagamento de nenhuma quantia da compra até hoje.

Procurado pela reportagem, o deputado afirmou que comprou o carro de um comerciante e o pagamento foi realizado e registrado em cartório. Mas depois de efetivada a compra, uma antiga dona do veículo registrou ação contra ele, alegando não ter recebido. Disse que já está tomando as devias providências.

Ele atribui toda essa confusão ao fato de ter ganhado mais influência nos bastidores do Congresso Nacional por ter sido designado presidente da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária e já esperava retaliações.

“Quando se enfrenta poderosos, as consequências são essas, perseguições e ataques de toda forma. Quando propus que os pobres paguem menos e os milionários paguem mais, o sistema se levantou contra”, afirmou. O juiz que deu a decisão para apreender o carro pediu, ainda, que o Ministério Público apure eventual prática de crime.

Publicado em: 05/08/2020