Um silĂȘncio muito estranho

Ontem, fez exatamente um mês da última entrevista coletiva da Prefeitura do Recife à imprensa. De lá para cá, foram 30 dias, portanto, um mês. Nos meses de abril e maio, virou quase um padrão pelo menos uma entrevista coletiva semanal do prefeito Geraldo Julio (PSB) e secretários para anúncios sobre medidas na pandemia do coronavírus, como abertura de novos leitos e de hospitais de campanha.

A última entrevista coletiva da Prefeitura do Recife foi no dia 12 de junho. De lá para cá, apenas anúncios gravados e notas oficiais, sem se submeter a questionamentos por parte de jornalistas em relação à pandemia, às flexibilizações nas atividades e a indagações sobre supostas irregularidades em compras sob investigação de órgãos de controle e da Polícia Federal.

Publicado em: 13/07/2020