Mãe de Miguel: Ela tentou mostrar uma imagem sofrida

Depois da entrevista de Sarí Corte Real ao Fantástico, ontem, a empregada doméstica Mirtes Souza, mãe de Miguel, que caiu do 9º andar de um edifício de luxo no Recife, disse não ter se surpreendido com o relato da ex-patroa e que a primeira-dama de Tamandaré mentiu. “Eu já esperava aquelas atitudes. Se alguém tinha alguma dúvida do que falei sobre ela, ontem veio a confirmação”, afirmou ao G1 Pernambuco.

No dia em que Sarí prestou depoimento à Polícia Civil, Mirtes esteve na delegacia e conversou com ela. “Comigo ela agiu com a mesma frieza. A diferença é que ontem [domingo], na entrevista, ela não tinha um tom irônico. Ela tentou mostrar uma imagem sofrida, mas acho que não conseguiu”, declarou.

Segundo Mirtes, a ex-patroa contradisse o depoimento da manicure que estava dentro do apartamento no dia 2 de junho, data em que Miguel faleceu. “Ela mentiu na entrevista. O que ela disse sobre não conseguir voltar e fazer a unha não está nos autos. No depoimento, a manicure diz que ela voltou”, afirmou a mãe de Miguel.

O visual de Sarí também chamou a atenção de Mirtes. “Ela sempre usava muita maquiagem e muitas joias. As orelhas eram sempre cheias de brincos, o pescoço era cheio de colares e os dedos cheios de anéis. Eu estranhei que ela estava com uma maquiagem nude, simples”, contou.

“Ela tentou mostrar um ar de sofrida, mas acredito que ela se prejudicou ainda mais. Mais gente ficou com essa visão”, disse a mãe de Miguel.

Mirtes afirmou, ainda, concordar com Sarí quando a ex-patroa disse que “não cabe à mãe de Miguel julgar”. “Realmente não cabe a mim. Cabe à Justiça. Mas espero que as pessoas envolvidas não se deixem influenciar pelo status, pelo nome e pela situação financeira dela”, declarou.

Publicado em: 06/07/2020