Filho de Bolsonaro serĂ¡ denunciado por incitar golpe

Na live pelo Instagram do blog, há pouco, o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), anunciou, em primeira mão, que os partidos que se opõem ao Governo na Câmara vão entrar, amanhã, no Conselho de Ética, com o pedido de abertura de processo de cassação do deputado Eduardo Bolsonaro (RJ-sem partido) por quebra do decoro parlamentar. Ao pregar um movimento numa live ontem, para promover uma ruptura institucional no País, o filho do presidente, segundo o senador, incitou um golpe militar.

"Amanhã, estaremos formulando oficialmente esse pedido ao Conselho de Ética", disse. Ao longo da entrevista, Randolfe culpou o presidente Bolsonaro pelo agravamento da crise política e o acusou de ser também responsável pelo descontrole da pandemia do coronavírus. "O Governo já mudou dois ministros da Saúde e o País perdeu completamente as rédeas das medidas de combate à Covid-19", afirmou.

Autor de um pedido de impeachment do presidente, dentre outros que já deram entrada na Câmara, o líder oposicionista disse que há sustentação jurídica para tal medida, mas admitiu que o momento conturbado que o País está mergulhado não é o mais propício. "O mal maior do País é o presidente. O seu impeachment deve vir após a pandemia", afirmou. O vídeo da live está disponível nas postagens do Instagram do blog para quem perdeu e quiser assistir.

Publicado em: 28/05/2020