Bolsonaro critica Humberto por barrar hidroxicloroquina

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi às redes sociais, na última quinta (21), para reclamar de um requerimento que senadores do PT direcionaram ao Tribunal de Contas da União (TCU) para, segundo ele, barrar o uso da hidroxicloroquina nos hospitais. Em sua fala, direcionou as críticas ao senador pernambucano Humberto Costa.

"A gente lamenta o requerimento do senhor Humberto Costa, do PT de Pernambuco, que quer fazer com que o pobre não tenha acesso à hidroxicloroquina. E se não tiver acesso, o que pode acontecer? Sumir das farmácias a hidroxicloroquina, vai para o câmbio negro e vai valer mil, dois, cinco mil reais uma caixa. A gente apela ao senador Humberto Costa, que já foi ministro da Saúde", disparou.

Bolsonaro prosseguiu com o apelo: "Como não temos outro remédio, deixe o pobre, o idoso, aquele que tem algum tipo de doença, fazer uso da hidroxicloroquina de graça nos hospitais. Eu peço quase pelo amor de Deus, isso é vida! O PT não pode tirar o direito de de qualquer um de lutar pela vida. Cada vez mais me convenço que é uma briga ideológica, partidária isso aí", concluiu.

Publicado em: 23/05/2020