Tonca repudia pedido de impeachment para ministro

Nota oficial

A atitude do deputado Danilo Cabral em pedir processo de impedimento do ministro da Educação, Abraham Weintraub, perante a Câmara dos Deputados, em matéria que não caracteriza improbidade administrativa ou quebra de decoro e já explicada pelo ministro, de cunho nitidamente político, deveria se repetir, por coerência, no Estado de Pernambuco, quanto às denúncias de reiterados problemas na aquisição e distribuição de merenda escolar e de kit escolar, por parte do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife, cobrando explicações no seu Estado.

Parece que o ilustre deputado só olha para o “quintal do vizinho” e não toma conta do seu próprio Estado.

São conhecidas e merecem explicações as recentes cautelares a pedido do Ministério Público de Contas do Estado de Pernambuco quanto ao kit escolar e ao programa “ganhe o mundo”.

A questão da merenda escolar há muito virou caso de polícia em Pernambuco e nunca se viu nenhum comentário do nobre deputado a respeito. É preciso ter coerência e legitimidade moral para tal grave expediente.

Antônio Campos

Presidente da Fundaj, advogado e escritor

Publicado em: 08/04/2020