“A gente vai ganhar essa eleição”, diz Marília Arraes

JC Online

O Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) nacional do PT realizou a segunda reunião prevista para as três de hoje, na sede do diretório estadual do partido no Recife, para discutir a estratégia que será tomada com relação a candidatura do PT e o calendário eleitoral que vai ser aplicado no município. Se a candidata Marília Arraes vai entrar com a candidatura própria, ou a aliança com o PSB será mantida. Além de Marília, que está com a candidatura sendo discutida em questão, estavam presentes o presidente do diretório estadual e municipal, o deputado estadual Doriel Barros e Cirilo Mota, o deputado federal e coordenador do GTE nacional do PT, José Guimarães, o deputado federal e secretário geral do GTE nacional, Paulo Teixeira, e diversos membros estaduais e municipais do partido.

O deputado federal e coordenador do GTE nacional do PT, José Guimarães, afirmou que a reunião está sendo feita nas capitais para ouvir as diretorias municipais e estaduais e o Nordeste é uma das principais regiões para o partido. "Recife é uma das capitais do Nordeste e viemos ouvir a base dos diretórios parlamentares sobre as duas teses que existem, a da candidatura própria de Marília e da manutenção da aliança. Não viemos opinar sobre uma ou outra tese, viemos ouvir as ponderações, considerações. A recomendação é que a gente buscasse fortalecer um calendário compatível com a antecipação da decisão aqui do Recife, que deverá acontecer até o final de março", informou. Guimarães afirmou, ainda, que o sentimento é de força e "mesmo com opiniões divergentes, existe a busca de uma solução política".

A pré-candidata Marília Arraes ressaltou que a melhor estratégia para o PT ganhar força é lançar a candidatura própria. "Estou à disposição do partido para a gente conversar, construir a unidade e, sem dúvida alguma, a estratégia que tem mais força nacionalmente para o futuro do PT é o da candidatura própria. Estou otimista não só com a candidatura própria, mas como também a gente vai ganhar essa eleição". Marília relatou, ainda, que cada membro da direção estadual e municipal estava expondo a sua opinião para os membros do GTE levarem os relatos para a reunião que acontecerá em Brasília. "Vai haver essa discussão e o combinado desde a reunião com o ex-presidente é que antes do final do mês vai haver uma solução definitiva".

PT com força nas eleições – De acordo com Doriel Barros, na próxima segunda-feira (2) vai acontecer uma reunião executiva que será apresentado o mapa de Pernambuco e já foi solicitado aos diretórios municipais que encaminhassem para o estadual os indicativos de nomes para a disputa de vereador e vereadora, e prefeito e prefeita. "Na segunda vamos ter esse mapa e, a partir daí, começar a trabalhar em cima dele. Com certeza temos um número considerável de municípios com chances reais de o PT ganhar as eleições, em função do que está acontecendo no Brasil. Com esse desmonte do governo Bolsonaro, as políticas públicas não estão chegando no interior. Então, o PT ressurge das cinzas. Ele vem para as eleições de 2020 com muita força", destacou.

Publicado em: 28/02/2020