Lewandowski manda arquivar ação contra Bivar

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar as ações dos advogados do presidente Jair Bolsonaro e do Aliança pelo Brasil, Karina Kufa e Admar Gonzaga, contra o presidente do PSL, Luciano Bivar. As duas interpelações foram rejeitadas na última sexta-feira (21).

A ação dos advogados no STF era para que Luciano Bivar explicasse declarações de que haveria gente querendo se apoderar do PSL para fazer negócios sujos. Lewandowski, no entanto, considerou que as afirmações do presidente do PSL foram claras e que a interpelação judicial não teria seguimento.

Publicado em: 27/02/2020