PF mira doleiros de Recife

O Antagonista

A Polícia Federal cumpre quatro mandados de busca e apreensão contra doleiros de Recife. A Operação Aqua apura suspeita de atividade clandestina em operações de câmbio, evasão de divisas ao exterior, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

A maior parte dos dados que constam no inquérito instaurado foi alcançada por meio de cooperação internacional com os Estados Unidos da América. A Justiça Federal em Recife autorizou a ação em endereços de pessoas e empresas, nos bairros do Pina e Ibura, em Recife, além de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes.

Se condenados por todos os crimes investigados, os suspeitos podem cumprir penas de até 24 anos de reclusão.

De acordo com a PF, o nome da operação decorre de alusão a empresas de distribuição de água mineral pertencentes a indivíduos sob investigação, em nome das quais teriam sido abertas contas bancárias para realização de movimentações financeiras ilícitas.

Publicado em: 27/02/2020