Coluna desta quinta na Folha

Cintra, nome talhado para Sudene

Dois dias após esta coluna noticiar que o Governo Bolsonaro está quase fechando a cortina do seu primeiro ano sem definir o segundo e terceiro escalões federais, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, bateu, ontem, à porta do gabinete do líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), para anunciar que foi desatado, enfim, o nó das nomeações com a escolha do ex-senador Douglas Cintra para o comando da Sudene.

Cintra é empresário bem-sucedido do ramo atacadista em Caruaru, com o braço estendido para outros municípios, como Garanhuns. Fernando Bezerra não poderia ter feito melhor indicação. Além de conhecer os dois lados da moeda – a privada e a pública – Cintra transita bem no Congresso, espaço que ocupou quando senador da República, interinamente, na vaga de Armando Monteiro Neto, escolhido ministro da Indústria no Governo Dilma. Tem, portanto, as credenciais para dar uma nova dinâmica à Sudene.

Esperança na mudança – Douglas Cintra toma posse na Superintendência da Sudene no próximo dia 12, em meio à reunião do Conselho Deliberativo da instituição, que agrega todos os governadores do Nordeste e o governador de Minas Gerais. Se Bolsonaro redirecionar o órgão como fomentador e planejador do desenvolvimento regional, sua imagem de antinordestino tende a mudar.

Sem conversa fiada – O Congresso manteve o veto presidencial às inserções de propaganda eleitoral no rádio e na TV em ano não eleitoral. Traduzindo, são aquelas chamadas de 30 segundos propagadas ao longo da programação das emissoras nas quais quem assistia a novela, por exemplo, era forçado a ouvir começa fiada de político. Ponto para Bolsonaro.

No coração – A briga pelo comando do PDT em Pernambuco entre o grupo Queiroz e o deputado Túlio Gadelha promete. Pré-candidato a prefeito do Recife, Gadelha não restringe seu território à capital, onde assume, em breve, a presidência do diretório municipal. Até em Caruaru, onde os corações de José e Wolney Queiroz batem mais forte, Gadelha já tem adesão de dissidentes.

Na hora H – Líder na pesquisa de intenção de voto para prefeito em Jaboatão, segundo levantamento do Instituto Opinião, a deputada Gleide Ângelo (PSB) vai continuar dizendo que não será candidata até o último minuto da prorrogação do jogo político. Tem recebido orientação de marqueteiros.

Avante – O deputado Sebastião Oliveira, de saída do PL, se dedicou, nos últimos dias, à organização do primeiro encontro estadual do Avante, amanhã, em Gravatá. Atrairá uma penca de filiados, prefeitos, vereadores e candidatos às eleições do ano que vem. Sua meta é eleger mais de 40 prefeitos.

TV NOVA – Sob a batuta do jornalista Pedro Paulo, craque no rádio e na televisão, a TV-Nova, hoje afiliada da Cultura de São Paulo, comemora 15 anos. A data vai ser festejada com um rega bofe na próxima segunda-feira, às 19h30, no Fiordes Buffet, na rua da Aurora, 1583, em Santo Amaro. Vou lá bater continência para meu amigo.

Perguntar não ofende: Depois de Douglas Cintra na Sudene, qual órgão do segundo escalão federal terá seu dirigente anunciado no Estado?

Publicado em: 05/12/2019