Uma exposição de encher os olhos

Caro Magno, 

 

O novo Moma e a exposição Paris 1920, retratando uma época como nova forma curatorial desse importante museu, que tem a tela o luar de Tarsila do Amaral como um dos destaques e as duas exposições do artista brasileiro Vik Muniz -  superfícies e a que recriou com cinzas do Museu Nacional - são algo a destacar nessa visita a Nova Iorque, em arte contemporânea e museologia.

 Vik nos diz que num ambiente cultural niilista e  da pos verdade, somos instigados a ser criativos e resignificar.

 

 Antônio Campos

Publicado em: 18/11/2019