Waldemar Borges faz balanço de viagem à China

O deputado estadual Waldemar Borges fez um balanço, ontem, da viagem que fez à China na semana passada, onde participou do Fórum de Cooperação e Desenvolvimento Internacional de Estados-Irmãos, na província de Sichuan. O parlamentar voltou muito bem impressionado daquele país. “Para se ter uma ideia, das 500 maiores empresas do mundo, 331 tem sede ou escritório no estado. A capital Chengdu é tida como a Capital da Abundância porque ali também há uma economia pujante, mas que convive de maneira harmônica com todo o histórico de tradições, inclusive no que diz respeito a medicina tradicional chinesa”, relatou.

“A China é a bola da vez da parceria com o Brasil. Nossa balança comercial com esse país é muitas vezes mais positiva do que a com os Estados Unidos, por exemplo. Tivemos uma balança comercial com a China a nosso favor de 15,4 bilhões de dólares. Volto determinado a trabalhar junto ao Consulado Chinês para cuidar do estreitamento dessas relações e aproximar nosso empresariado desse estado-irmão”, ressaltou. No final, fez uma menção a percepção pioneira do ex-senador Ney Maranhão nessa questão. “Ele foi um visionário, já levantava essa bandeira há muitos anos e dizia que ali havia um caminho próspero a ser seguido”, concluiu.

Publicado em: 23/10/2019