Rede de academias: oito clientes presos na Lava Jato

Rede de academias já conta oito clientes presos na Lava Jato. Alunos tiveram que cancelar matrícula na Bodytech de Brasília.

Foto: Emily Almeida / Agência O Globo                                                            Foto/fonte: terça livre
Época - Guilherme Amado

 

As quatro filiais da Bodytech de Brasília já contabiliza oito alunos que tiveram que cancelar suas matrículas por terem sido presos na Lava Jato.

O curioso é que um dos donos do empreendimento, Alexandre Acioly, também foi citado na Lava Jato, em meio às investigações contra Aécio Neves.

Publicado em: 13/10/2019