Os trĂªs erros, a nota que bombou a coluna

Quando eleito em 2002, Lula pediu conselhos a Sarney. Com mais de 50 anos de poder, a velha raposa respondeu que presidente da República não precisa de conselhos, mas arriscou. “Existem três cargos que não se pode errar: diretor da PF, secretário da RF e procurador-geral da República”. Tempos depois, Lula desabafou para Sarney: “Aquela nossa conversa não me sai da cabeça. Errei nos três”.

O mesmo pode se aplicar, sem dúvida, a Bolsonaro hoje.

Publicado em: 16/09/2019