Prefeito de Gravatá visita centro de monitoramento em SP

Durante viagem a São Paulo, o prefeito de Gravatá, Joaquim Neto (PSDB), tem visitado cidades que possuem Centros de Segurança Integrada – (CSI), trata-se de um sistema de segurança que utiliza o videomonitoramento, tecnologia usada nas cidades de Guararema, Indaiatuba e Atibaia, por exemplo. O objetivo das visitas é o de analisar a possibilidade de instalar o mesmo sistema de segurança em Gravatá.

"Estamos realizando visitas de campo e buscando referências para montarmos nossa CSI em Gravatá. Os números mostram o quanto as cidades paulistas se tornaram mais seguras após a instalação dessas centrais e como esse monitoramento tem auxiliado a ação da polícia nas autuações e também na prevenção ao crime," explicou o prefeito.

O modelo de monitoramento se tornou referência no país desde sua instalação e, graças às imagens capturadas pelas centrais, a identificação de infrações, como furtos, estelionato, roubos e tráfico, por exemplo, tem sido facilitada. As imagens gravadas pelo sistema de videomonitoramento são acompanhadas em tempo real, 24 horas por dia, por uma equipe que conta com representantes das polícias e do Corpo de Bombeiros, que por suas vezes, mantêm contato direto com as bases para acioná-los imediatamente ao avistarem atitudes suspeitas. As câmeras também atuam no apoio à Fiscalização e ao SAMU.

Durante as visitas técnicas, o prefeito tem sido acompanhado pelos Promotores do Ministério Público, Dra. Fernanda Nóbrega e Dr. Luís Sávio, os secretários de Infraestrutura, Euclides Gomes, de Defesa Social, José Pedrosa, além do comandante da Guarda Municipal, Paulo Villar, e do coordenador de Tecnologia do Município, Gustavo Villar.

Publicado em: 16/08/2019