Muita gente crescendo no posto. Como rabo de cavalo

Apesar de o presidente ter dito na manhã desta quinta (15) que o secretário especial da Receita, Marcos Cintra, “por enquanto está muito bem”, cresceu no órgão e na equipe econômica a percepção de que haverá mudanças no fisco –e de que ela será ampla.

O Planalto já teria deixado claro que há insatisfação com o secretário-adjunto da Receita, João Paulo Fachada, e com o superintendente do órgão no Rio –a queda dele é dada como certa.

A situação de Fachada é ainda mais instável do que a de Cintra, que não vive bom momento.  (Daniela Lima – FSP)

Publicado em: 16/08/2019