Coluna desta quinta na Folha

Kassab aquece sucessão no Recife

O pontapé da eleição no Recife foi dado, há 10 dias, pelo presidente do PDT, Carlos Lupi, ao anunciar que o deputado Túlio Gadelha sai candidato a prefeito. Ontem, foi a vez do presidente do PSD, Gilberto Kassab (SP), confirmar a pré-candidatura do deputado André de Paula.

Kassab aterrissa hoje na cidade para uma agenda de dois dias, que passa pela filiação de lideranças a um regabofe na casa de André. Tanto Lupi quanto o ex-prefeito de São Paulo ressaltam que candidatura própria é uma resolução interna em municípios acima de 100 mil eleitores. O PDT e o PSD, dois primeiros partidos a darem a largada sucessória, ocupam cargos no Estado e na Prefeitura.

Lupi diz que isso não será impedimento e que o partido abre mão dos espaços. Já Kassab disse que, embora Rodrigo Novaes, secretário estadual de Turismo, seja um quadro extremamente qualificado, sua escolha para o cargo não foi partidária, mas do governador.

Apoio irrestrito – Kassab deu o sinal verde para à candidatura de André de Paula numa entrevista exclusiva, ontem, ao Frente a Frente, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha. Ele foi bastante enfático. Disse que o deputado e atual líder do PSD na Câmara só não sai candidato se não quiser. Os pessedistas torcem por André na corrida.

Haja candidatos! – Diante das declarações de Kassab, já existem no páreo cinco pré-candidatos a prefeito do Recife: Túlio Gadelha (PDT), Mendonça Filho (DEM), Raul Henry (MDB), Silvio Costa Filho (PRB) e o próprio André. Todos eles, com exceção de Mendonça e Silvio, representam partidos que, teoricamente, estariam alinhados a João Campos (PSB).

Interrogação – Ainda em relação ao processo eleitoral no Recife existe a incógnita Felipe Carreras. Seu sonho é disputar a Prefeitura desde que ingressou na vida pública, mas está filiado ao PSB, mesmo divergindo das orientações da cúpula. Se vier a ser expulso ou sofrer penalidades por votar a favor da reforma da Previdência, pode disputar por outra legenda.

Olhudo – Homem da estreita confiança do primeiro-damo de Ipojuca, Romero Sales, o gaúcho Arlindo Captani caiu fora da pasta de Habitação. Criou olho grande, já planejava sair candidato a prefeito e reclamava por não ter apoio para tirar do papel as cinco mil casas prometidas pela prefeita.

Escândalo – O Governo Bolsonaro torra do contribuinte R$ 40 milhões para transformar celebridades, como Ratinho, Rodrigo Faro, Ana Hickmann e Luciana Gimenez em vendedores de ilusão da reforma da Previdência. Todos são ricos e não vão depender nunca de aposentadoria.

TESTEMUNHA – O jornalista Anchieta Hélcias, radicado em Brasília desde os anos 70, virou celebridade da revista 61Brasília.com como testemunha viva e ativa da história do Brasil. Ele começou no JC, se abraçou logo com Brasília e testemunhou todos os episódios marcantes da vida nacional.

Perguntar não ofende: O que a direção do PSB está achando da movimentação pré-eleitoral no Recife?

Publicado em: 31/07/2019