Justiça encerra processo de Adélio

A defesa do presidente Jair Bolsonaro e o Ministério Público não recorreram da decisão da Justiça Federal que considerou inimputável o agressor do presidente, Adélio Bispo de Oliveira. Assim, a 3ª Vara Federal de Juiz de Fora anunciou, ontem, o encerramento do “processo da facada”, “não sendo mais cabível a interposição de qualquer recurso”.

Em nota, a 3ª Vara Federal da Justiça Federal em Juiz de Fora afirmou que “a sentença transitou em julgado”. De acordo com o texto, “a sentença foi proferida em 14 de junho de 2019. O Ministério Público Federal foi intimado em 17 de junho de 2019 e não apresentou recurso. O Excelentíssimo Senhor Presidente da República, que atuou na ação penal como assistente da acusação, foi intimado em 28 de junho de 2019 e também não recorreu no prazo legal. Por último, a defesa de Adélio Bispo de Oliveira, intimada da sentença”, segundo o Estadão.

Publicado em: 17/07/2019