Os conselhos de Bolsonaro e Duran a Moro

Bolsonaro aconselha Moro a resistir. Enquanto isso, o ex-advogado da Odebrecht, Tacla Duran dispara: “Moro deveria se afastar”.

Bolsonaro, e  Moro, (Foto: Adriano Machado/Reuters)                                        Rodrigo Tacla Duran (Foto- Fonte Brasil247)

Veja - Coluna Radar
Por Robson Bonin e Pedro Carvalho 

 

O jornalista Robson Bonin, titular da Coluna Radar da Veja, diz que Sergio Moro foi aconselhado por Jair Bolsonaro a resistir. A leitura é que a popularidade do ministro cresceu nas redes sociais e que a crise das mensagens vazadas reativará o duelo entre petistas e defensores da Lava-Jato — tudo que o governo precisa para tirar o foco dos tropeços no Congresso.

Enquanto isso, o seu colega de coluna, o jornalista Pedro Carvalho, infnorma que o ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, investigado na Lava-Jato, disparou contra o ex-juiz Sérgio Moro, pós leva de novas mensagens divulgadas pelo site The Intercept.

“Outra vez o ministro insiste em participar de casos que tem interesse direto no desfecho da causa. Deveria se afastar do cargo, para a PF, pela qual é responsável, poder investigar, com imparcialidade, se houve de fato invasão dos telefones ou se é uma comunicação falsa de crime”, escreveu em sua conta no Twitter.

Publicado em: 15/06/2019