Governadores brigam para se livrar do desgaste

 da reforma da previdência

Temendo enfrentar problemas para aprovar nas Assembleias as medidas amargas da reforma da previdência em seus estados, governadores brigam para que as regras aprovadas pelo Congresso sejam válidas para os servidores estaduais.

Iva Veloso - Blog os Divergentes

Há algumas semanas governadores e prefeitos estão em guerra com o Congresso. O motivo é o texto da final da reforma da previdência que deve ser votado nos próximos dias pela Comissão Especial. Eles querem convencer os deputados a incluir estados e municípios nas regras de aposentadoria. Dessa forma, esperam se livrar do desgaste produzido pelas medidas que serão adotadas com as mudanças na aposentadoria, sobretudo a dos servidores público

Apesar de o ministro da Economia, Paulo Guedes, ter se manifestado a favor da inclusão de estados e municípios no texto da reforma, os deputados não querem pagar essa conta só. Por isso as negociações continuam e a próxima semana será decisiva.  O relator da reforma da previdência na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB), anunciou entregará o relatório final na segunda-feira (10).

O governo não quer entrar na briga temendo uma derrota no Congresso. Mas os governadores estão dispostos a pressionar o máximo que puderem. Na terça-feira (11) eles protocolam na Câmara e no Senado uma carta na qual pedem apoio para que as regras aprovadas na reforma sejam válidas para os servidores estaduais.

Publicado em: 08/06/2019