Prisão de Pezão é festejada com bolo em frente à Alerj

O Sindicato do Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (Sindjustiça RJ) promoveu manifestação com bolo, a partir do meio-dia, em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), no Centro, para comemorar a prisão de Luiz Fernando Pezão.

O Dia

Organizador do ato, Ramon Carrera explica que a prisão de Pezão diz muito sobre os problemas financeiros que os servidores públicos do estado sofreram nos últimos anos.

"Isso tudo (prisão) explica tudo que acontece no estado. É o encerramento de um ciclo, e a gente acredita que se tiver mais investigações, mais gente será presa (...) Ele não queria dar um abraço no Cabral? Agora vai poder", disse, fazendo alusão a uma entrevista concedida pelo governador ao jornal O Estado de S. Paulo, publicada no dia 30 de outubro.

Em nota, o Governo do Estado informou que o vice-governador Francisco Dornelles (PP) assume a gestão do Rio a partir desta quinta-feira. Já o MDB, partido de Pezão, disse que “não iria se pronunciar sobre a prisão de mais um de seus filiados".  

Publicado em: 30/11/2018