Sérgio Moro mantém bloqueio de bens de Lula

O juiz Sergio Moro negou a liberação de metade dos valores do ex-presidente Lula bloqueados na Justiça. A defesa do petista havia pedido que fosse retomada pelos familiares a administração dos bens bloqueados (50%) pertencentes à ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em 2017.

Além de R$ 600 mil bloqueados, Lula teve bloqueados R$ 7 milhões no seu plano de previdência empresarial vinculados à sua empresa de palestras, a LILS, e R$ 1,8 milhão em um plano de previdência individual.

Publicado em: 13/06/2018