PDT tenta reduzir estragos com PCdoB e PSB

A informação de que a comunista Manuela D’Ávila poderia ser vice-presidente na chapa encabeçada por Ciro Gomes gerou mal-estar

ÉPOCA – Nonato Viegas

O presidente do PDT, Carlos Lupi, se esforça para manter pontes com o PCdoB e o PSB. Ele tenta reduzir os estragos causados pela divulgação da informação de que o PDT gostaria de contar com a deputada estadual gaúcha Manuela D’Ávila como candidata a vice-presidente na chapa encabeçada por Ciro Gomes. Lupi diz que a informação divulgada em alguns blogs é falsa.

Políticos do PCdoB ficaram ofendidos porque dizem que a legenda já tem candidata a presidente: a própria Manuela.

Já integrantes do PSB não gostaram da informação porque avaliavam compor com o PDT se o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa não topar ser o candidato da legenda ao Planalto.

Publicado em: 13/01/2018