Tia de Lula pena por hospitais e amputa perna

Deu, hoje, no jornal O Globo, com chamada de primeira página: ''Tia de Lula sofre atrás de hospital em Pernambuco''. A matéria relata que Corina Guilhermina da Silva, de 77 anos, teve a perna direita amputada após percorrer 145 km em busca de socorro, em Pernambuco.

Diabética, ela só foi atendida no terceiro hospital que procurou, já na cidade de Bezerros. Corina mora no mesmo sítio onde o presidente nasceu, em Caetés, a 252 km de Recife. Ela teve a perna amputada devido à complicações provocadas por arteriosclerose e agravadas por 19 anos de diabetes. Ela peregrinou por dois hospitais públicos da região do Agreste, mas só foi atendida num terceiro, o Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros, que fica a 107 km da capital.

Em abril do ano passado, o presidente Lula disse a seguinte frase num discurso cheio de empolgação, ao falar sobre suas ações na área de saúde: ''Eu acho que não está longe de a gente atingir a perfeição no tratamento de saúde neste País''.

Publicado em: 01/05/2007