Mais um nome para a PCR: Milton lança Luciana Azevedo

Presidente estadual do PSB, Milton Coelho "tocou fogo" na disputa interna do PT, ontem, ao falar de sua preferência pela presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Luciana Azevedo (PT), para a eleição de 2008. Milton frisou não estar falando pelo PSB, mas sua declaração vai deixar os caciques petistas de sobreaviso, por ele ser ainda uma pessoa de confiança do governador Eduardo Campos (PSB). O socialista apimentou sua avaliação ao frisar que os nomes do PT já colocados para o eleitor apontam uma "fadiga de material". Em uma frase só, ele deixou na "vala comum" as lideranças ligadas ao prefeito João Paulo (PT) e ao secretário estadual de Cidades, Humberto Costa (PT).

Milton justificou sua simpatia por Luciana Azevedo, em entrevista à "Rádio Folha", dizendo que esta é a "hora fechar os ciclos" e dar oportunidade a novos nomes. Ele frisou que ela representava a mudança, por sua afinidade com a cidade do Recife e com os movimentos populares. Com o gesto, o socialista abriu um debate que está concentrado entre o grupo de João Paulo e a tendência majoritária do PT em Pernambuco, a Unidade na Luta, comandada por Humberto. João Paulo coloca os nomes dos secretários João da Costa e de Lygia Falcão na disputa, enquanto Humberto aposta na candidatura de Maurício Rands, em primeiro lugar, e de Dilson Peixoto.

(Diario de Pernambuco)

Publicado em: 01/05/2007