Feriadão de juízes e ministros patrocinado por bancos

 Um grupo formado por 44 juízes do trabalho e ministros do TST (Tribunal Superior do Trabalho) participam durante o feriado prolongado de 1º de maio de um congresso patrocinado pela Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), em Natal (RN). O transporte e a hospedagem em um hotel de luxo foram pagos pela entidade.

Grande parte dos magistrados ainda compareceu ao evento acompanhado das mulheres ou dos maridos. As despesas com a viagem e a hospedagem dos familiares também foi custeada pela Febraban. O pacote, de valor não revelado, inclui ainda alimentação e lazer.


Em entrevista à Folha, o vice-presidente do TST disse não via ''nenhuma incompatibilidade'' entre a atividade do juiz do trabalho e a participação dele em um evento pago por um de seus maiores interessados, os bancos. ''Os médicos vão a congressos patrocinados por grandes laboratórios, mas nem por isso eu acredito que o meu médico vá me receitar um remédio que não seja compatível com o que eu preciso, só para agradar um laboratório'', disse. (Informações da Folha de S.Paulo)

Publicado em: 30/04/2007