Lula diz a novos ministros que não terão vida boa

 Em discurso na cerimônia de posse de três novos ministros, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva enalteceu nesta sexta-feira os números da economia, disse que seu governo ''foi massacrado'' pouco antes das eleições e reafirmou a disposição de fazer um governo de coalizão, para mostrar que é possível fazer política com ''P maiúsculo''. Ao falar do governo de coalizão, Lula disse também que, se não fosse para acomodar os partidos que o apóiam, nem precisaria mexer no Ministério.

Durante a cerimônia, que começou pouco depois das 10h20m, assumiram suas pastas Reinhold Stephanes (PMDB-PR), como ministro da Agricultura, Marta Suplicy (PT), no Turismo, e Walfrido dos Mares Guia (PTB), nas Relações Institucionais. A posse de Marta foi prestigiada pela família da ex-prefeita de São Paulo. Estavam presentes os filhos Supla e João e a nora Maria Paula.

O presidente disse aos novos ministros que não terão vida fácil:''Saibam que estarei no pé de vocês cobrando para que façam cada vez mais e melhor''.

Lula afirmou que o país vive um momento econômico sólido, de maior envergadura a que o país já viveu. Por isso, segundo ele, se dependesse apenas dos números, ele não precisava mudar ministros.

(Pernambuco.com)

Publicado em: 23/03/2007