Desculpe, mas presidente é presidente

 Tempo de TV é ouro para os políticos – e não está se falando aqui dos minutos do horário eleitoral gratuito, disputados em tenebrosas negociações entre partidos; mas de suas aparições em telejornais.

No final de novembro, Aécio Neves levou à cúpula da Globo uma medição que sua equipe realizou nos telejornais exibidos em outubro pela líder de audiência.

A pesquisa revelou que Dilma Rousseff aparecera um total de 42 minutos, enquanto Eduardo Campos virara assunto por sete minutos e Aécio por 22 segundos apenas.

É dura a vida de um candidato de oposição. Mas Dilma é presidente e não há como deixar de ser notícia de um telejornal, mesmo com parte de sua agenda já voltada para a reeleição. (Radar - Lauro Jardim)

Publicado em: 05/01/2014