Ele está em todas

 O onipresente Lula participou na segunda semana de dezembro em Brasília de um encontro anual interno da Caixa Econômica Federal, que contou com a presença dos diretores, superintendentes, vice-presidentes e demais executivos do banco. Não como ouvinte, claro.

Na reunião interna falou, segundo a CEF, “sobre a importância da Caixa para o desenvolvimento econômico e social do país”.

A propósito, quando deixou a presidência, Lula anunciou que queria correr o mundo pregando contra a fome na África e outras causas globais. Não o fez. Embora viaje muito ao exterior, sua cachaça é andar pelo Brasil recitando o sermão petista.

Também trombeteou que o Instituto Lula atuaria na vanguarda da luta contra a fome no mundo. Embora promova alguns eventos nesta direção, o Instituto é, na verdade, o quartel-general onde Lula recebe (em quantidade invejável) políticos e empresários em busca de alguma influência no governo. (Veja - Lauro Jardim)

Publicado em: 05/01/2014