Lessa vai ser a "ponte" entre Armando Souto e Eduardo

 














Tauan Saturnino
Da equipe do blog

Em entrevista ao blog nesta segunda-feira (4), o secretário de Articulação Social e Regional do Governo do Estado, Aluísio Lessa (PSB), afirmou que mediará um encontro entre o governador Eduardo Campos (PSB) e o prefeito eleito de Água Preta, Armando Souto (PDT), depois da posse do pedetista. Lessa disse, ainda, que sua presença no palanque opositor ao candidato do PSB em Água Preta, Eduardo Coutinho, se justificou em razão da história pessoal do secretário.

“Eu não sou uma pessoa de fora de Água Preta. Minha família tem raízes lá e é dona de engenhos. Parte expressiva da minha votação para deputado estadual, em 2010, foi naquela localidade e o grupo que me apoiou na época estava no palanque de Armando. Sou recíproco com os que me ajudaram”, comentou.

O secretário também enfatizou a conversa que teve com o governador antes de declarar apoio a Armando Souto e falou sobre a necessidade de que o novo prefeito se debruce nas contas públicas antes de falar com Eduardo Campos.

“Eu tratei do assunto com o governador e ele me liberou. Como são dois partidos da base não houve intervenção de Eduardo Campos. Assim que ele voltar do exterior vou solicitar um espaço na agenda para uma reunião com Armando Souto para que possamos saber dos problemas do município e encaminhemos as demandas das cidades para as secretarias correspondentes”, declarou.

O secretário minimizou possíveis entraves com o deputado João Fernando Coutinho (PSB), filho do ex-prefeito Eduardo Coutinho, e garantiu que a cidade enfrenta atualmente sérios problemas de infraestrutura.

“A cidade se encontra muito afetada pelas enchentes, além de ser escura à noite e de ter várias obras paradas. Água Preta também tem dívidas que dificultam a assinatura de convênios. Quanto a João Fernando Coutinho, como faz tempo que não tenho ido à Assembleia [Legislativa de Pernambuco], não existe muito contato. Nessas eleições também não houve nenhuma possibilidade de nos encontrar”, afirmou.

Publicado em: 04/11/2013