Prefeito de Lagoa Grande pode demitir 150 servidores














A possibilidade de a Prefeitura de Lagoa Grande, no Sertão do Estado, anunciar, nos próximos dias, a demissão de cerca de 150 pessoas tem deixado o clima tenso entre os que ocupam cargos comissionados no Executivo Municipal. A expectativa é de que o prefeito Dhoni Amorim (PSB) assine ainda esta semana as primeiras exonerações.

Vale pontuar que o número de funcionários a serem demitidos é alarmante em relação ao número de habitantes da cidade e que, até o momento, não se sabe os motivos que levaram a atual administração a promover cortes no seu quadro de pessoal.

Publicado em: 04/11/2013