Lóssio diz que Fernando foi injusto com os Coelho


















Caro Magno,

Dizem que em briga de família não se mete a colher. Contudo, não poderia deixar de observar que o ex-Ministro Fernando Bezerra, ao tachar os seus tios Osvaldo e Geraldo Coelho de preconceituosos com as PPP (Parcerias Público-Privadas), comete uma injustiça com eles e com o Vale do São Francisco.

Primeiro, porque não é verdade que efetivamente o Pontal saiu do papel, até porque, até o presente momento, nenhum metro de área entrou em operação.

Segundo, porque, na verdade, se alguém tirou do papel o Projeto Pontal foram exatamente Osvaldo e Geraldo, que deixaram os canais prontos, restando somente a fase final de implantação dos lotes irrigados que ainda hoje esperam.

Além, claro, da implantação dos projetos hoje em operação, que somam mais de 22 mil hectares irrigados.

O Projeto Pontal com cerca de oito mil hectares estava previsto originalmente para ser licitado entre pequenos, médios e grandes produtores. Tendo, inclusive, a participação de Técnicos Agrícolas egressos de nosso Instituto Federal de Tecnologia.

E o que fez o ex-Ministro? Concentrou tudo nas mãos de um único empresário.

A luta de Osvaldo e Geraldo não se dá pelo preconceito. A luta é pelo conceito de um modelo de irrigação inclusivo que permita a melhor distribuição de renda. O nosso preconceito é contra a concentração de recursos em um modelo agrícola extrativista que só leva à desigualdade.

Não é preciso ir longe. Basta ver como vivem as populações da Zona da Mata pernambucana, cujo modelo extrativista produz riqueza para poucos e miséria para muitos.

Não queremos esse modelo e vamos lutar para sensibilizar a Presidente Dilma no sentido de fazer do Vale do São Francisco uma região cada vez mais rica, mas, sobretudo, cada vez mais igual.

JULIO LOSSIO
Prefeito de Petrolina-PE

Publicado em: 23/10/2013