Aécio critica Dilma após ter candidatura para 2014 defendida

Um dia depois de dirigentes do PSDB lançarem seu nome como candidato à Presidência da República em 2014, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) subiu à tribuna do Senado para criticar o governo.Aécio disse que a presidente Dilma Rousseff quer reduzir as tarifas de energia elétrica realizando uma "profunda  intervenção" no setor elétrico do país, conforme a Folha de S. Paulo.

O tucano afirmou que o PT, em seus 11 anos de governo, não fez "qualquer esforço" na direção de reduzir as tarifas de energia. "Ao contrário, foram os Estados brasileiros, e em especial os Estados administrados pelo PSDB que, ao longo de todos os últimos anos permitiu que boa parte das famílias brasileiras tivesse a isenção daquele que é praticamente o único imposto estadual, o ICMS, nas contas de luz", disse.

Publicado em: 04/12/2012