UMA NOVA CAMARAGIBE

04/03


2015

Cunha chama ex-PGR para defendê-lo

Com o nome apontado como um dos 54 alvos de inquéritos da Operação Lava Jato, cuja abertura foi pedida nesta terça-feira pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vai contratar o ex-procurador-geral da República Antônio Fernando Souza para defendê-lo no caso. De acordo com a Folha de S. Paulo, o advogado já teria aceitado o pedido do peemedebista, mas ainda faltaria acertar detalhes do contrato.

Antônio Fernando instaurou 141 inquéritos na sua gestão, o triplo da média dos antecessores. Na época do mensalão, tornou réus 40 acusados de integrar um esquema de compra de apoio ao governo do ex-presidente Lula (PT).

Nesta terça-feira, foram enviados ao Supremo Tribunal Federal (STF) 28 pedidos de inquérito envolvendo os desdobramentos da Operação Lava Jato. Entre os 54 investigados estão políticos e pessoas sem o chamado foro privilegiado. No entanto, nenhuma denúncia direta foi feita por Janot.

Também devem ser investigados o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), os senadores Fernando Collor (PTB-AL) e Edison Lobão (PMDB-MA), a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR). Também é esperado que o senador Valdir Raupp (PMDB RO) e presidente do PP, o senador Ciro Nogueira (PI), tenham seus nomes na lista. Todos negam envolvimento no caso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Congresso Amupe

04/03


2015

PMDB quer a cabeça do ministro Pepe Vargas

Por Leandro Mazzini, do Blog Coluna Esplanada

O PMDB quer a cabeça do ministro das Relações Institucionais da Presidência, Pepe Vargas (PT-RS). E começou a enviar mensagens diretas.

Não bastasse o hoje todo-poderoso presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), não conversar com o ministro palaciano e o criticar publicamente, ontem o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) deixou a dica ao devolver para o Planalto a Medida Provisória 669, a que aumentava alíquotas de contribuição previdenciária sobre receita bruta das empresas.

Um recado não apenas à presidente Dilma pela insatisfação da bancada com o governo, mas em especial com os ministros palacianos.

A cúpula do PMDB no Congresso Nacional ainda não imagina com quem poderia ter boa interlocução com o Planalto além de Pepe. Mas reservadamente deputados acreditam que um ministro de um partido neutro – sem um do PT – seria o ideal, como alguém do PP, do PSD ou do próprio PMDB.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


04/03


2015

Oposição quer senha do e-Fisco

Do Diário de Pernambuco

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa encaminhou, nesta terça-feira, um ofício ao governador Paulo Câmara (PSB) solicitando a disponibilização da senha de acesso ao Sistema e-Fisco. O sistema reúne as informações administrativas e financeiras da gestão. Com o discurso da “maior transparência”, a oposição quer ter o perfil de consulta total e irrestrita para cada um dos 49 deputados da Casa, incluindo os governistas.

Atualmente, apenas o presidente da Comissão de Finanças tem acesso à senha do e-Fisco, diferentemente do que já acontece na Câmara dos Deputados e no Senado, onde os parlamentares têm acesso às informações completas do exercício financeiro do governo federal. Outros estados também já autorizaram o acesso à senha pelos deputados estaduais, a exemplo do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, além do Distrito Federal.

O líder da bancada de oposição, o deputado Silvio Costa Filho (PTB), garante que, com a posse da senha todos os parlamentares terão informações mais detalhadas sobre questões como restos a pagar, dívidas do estado e investimentos. O parlamentar alerta ainda que o Portal da Transparência do Governo de Pernambuco, mesmo representando um avanço, como em outros estados do Brasil, não disponibiliza informações completas ou devidamente atualizadas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

adilson jose da silva

Parece, até, piada de mau gosto, um parlamentar que tem os bens bloqueados pela justiça, falar em transparência no trato com o erário.


Onodera Estética

04/03


2015

Dilma chama Humberto ao Planalto para reunião

Após o embate em plenário com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), sobre o ajuste fiscal, o líder do PT na Casa, Humberto Costa (PT), foi chamado pela presidente Dilma Rousseff para uma reunião no Palácio do Planalto na manhã desta quarta-feira. A rejeição da MP nº 669/15 por Renan, durante a sessão da terça-feira, gerou um forte protesto de Humberto, que disse que uma questão técnica foi transformada em política por Calheiros.

"O ajuste fiscal não é uma vontade do governo, mas uma necessidade do Brasil. É importante que o Congresso assuma essa responsabilidade e dê a tramitação adequada à pauta para que possamos garantir o equilíbrio da economia", afirmou o líder do PT. "Vamos conversar com a presidenta e saber quais as linhas pretendidas por ela para tocarmos esse debate."

A convocação da presidente suspendeu uma reunião da bancada de senadores do PT marcada para as 9h desta quarta. Do encontro com Dilma, devem participar, também, os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e de Relações Institucionais, Pepe Vargas, além de outros líderes no Senado.

A presidenta deve explicar o projeto de lei, em caráter de urgência, assinado ontem, que tramitará em substituição à MP nº 669, readequando benefícios fiscais da folha de pagamento de 56 segmentos da economia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Naipes Consultoria

04/03


2015

Deputado preocupado com ajuste

Da Folha de Pernambuco

O líder do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Waldemar Borges (PSB), lançou, ontem, no plenário, críticas às medidas econômicas adotadas pelo Governo Federal, que revogam as desonerações de 56 ramos de atividade econômica do Brasil. Ele disse que pretende discutir o impacto dessas medidas em Pernambuco, na próxima semana. De acordo com o socialista, existe a possibilidade do setor de Tecnologia da Informação no estado, em especial o Porto Digital, importante polo de informática estadual, sofrer com o aumento de impostos.

“O setor de Tecnologia da Informação descontava 2% do seu faturamento para a Previdência e vai passar a descontar 4,5%. A Comissão de Ciência e Tecnologia vai promover um debate nessa Casa a respeito dos impactos dessas medidas sobre esse e outros setores da economia pernambucana”, comentou.

Segundo Waldemar, o impacto econômico das medidas do Governo Federal pode refletir em uma queda na arrecadação do Governo de Pernambuco e dificultar o cumprimento de compromissos assumidos estadualmente. “Elas serão uma espécie de corrente que sai puxando a arrecadação pra baixo, aumentando o desemprego, num momento em que nós precisamos fortalecer os cofres públicos para enfrentar as demandas que já estão colocadas, a exemplo do piso salarial dos professores”, disse.

A líder do PT na Alepe, Teresa Leitão, retrucou. “É preciso que a base do governo tenha argumentos e não apenas vincule a economia e os projetos de Pernambuco ao que a presidente Dilma faz ou deixa de fazer”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

ObservatorioDoPovo

agora estão preocupados... essa é boa.


Stampa Midia

04/03


2015

A charge do dia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

o povo da de olho

E SE ACHAM OS PODEROSOS . NÃO VALE O QUE ESSE PAPEL LIMPA.

Nehemias Fernandes Jaques

FHC ENGAVETOU LAUDO DA PF QUE LIGAVA DOLEIRO A SERRA E A ELE PRÓPRIO


Biologicus

04/03


2015

Na crise, Dilma faz pronunciamento em rede

Confrontada com queda popularidade, fragilidade na articulação política e os desdobramentos da Operação Lava Jato, a presidente Dilma Rousseff vai utilizar um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão previsto para este domingo (8), para sair em defesa do governo. O mote da fala é a comemoração do Dia Internacional da Mulher.
 
O palanque eletrônico da presidente reforça a estratégia do Palácio do Planalto de aumentar a exposição de Dilma, que decidiu assumir o protagonismo da “batalha da comunicação” em uma tentativa de diminuir a rejeição à sua administração, reverter o cenário negativo e defender a posição do governo perante a opinião pública.
 
Em 2012, 2013 e 2014, Dilma também fez pronunciamentos por ocasião do Dia Internacional da Mulher, sempre aproveitando a oportunidade para dar recados. Em 2013, por exemplo, anunciou a isenção de impostos federais para produtos da cesta básica. Este será o 21º pronunciamento de Dilma em quatro anos e três meses de governo.
 
Segundo a reportagem apurou, a presidente deve aproveitar a fala em rede nacional para defender um pacote anticorrupção, que inclui propostas que endurecem as penas de funcionários públicos que tiveram enriquecimento ilícito e confiscam os bens oriundos da corrupção.
 
Dilma também deve sair em defesa do ajuste fiscal implantado pela equipe econômica e justificar a importância das medidas para a população.
 
O governo vem enfrentando forte resistência da oposição, de centrais sindicais e até mesmo da base aliada para conseguir aprovar mudanças nas regras de concessão de abono salarial, seguro-desemprego, seguro-defeso, pensão por morte e auxílio-doença. O Planalto insiste que as medidas não cortam direitos trabalhistas e sim corrigem distorções e ajudarão no equilíbrio fiscal.
 
Dilma também deverá usar o pronunciamento para insistir na mensagem de que o Brasil tem fundamentos sólidos na economia no enfrentamento da crise e iniciará um novo ciclo de desenvolvimento, com geração de emprego e renda. Na última segunda-feira, o boletim Focus do Banco Central mostrou que piorou a previsão de economistas com o desempenho do País neste ano. A expectativa de retração do PIB passou de 0,5% para 0,58% em uma semana, o que seria a pior recessão dos últimos 25 anos.
 
Casa da Mulher
No pronunciamento, a presidente vai exaltar as políticas sociais dirigidas para o público feminino, como a implantação da Casa da Mulher Brasileira, espaço que reúne os principais serviços para o atendimento integral de vítimas de violência, como delegacias especializadas, defensorias e promotorias. O programa é considerado uma das principais vitrines do segundo governo da presidente.
 A primeira unidade, em Campo Grande, foi inaugurada por Dilma em 3 de fevereiro, em sua primeira viagem oficial pelo Brasil no segundo mandato. A próxima deverá ser entregue em abril, em Brasília.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

RENAN

PRA ACABAR DE LASCAR, A INCOMPETENTE RAINHA DA MENTIRA, PRA RESOLVER O IMPASSE DOS CAMINHONEIROS E TENTAR EVITAR OS HOLOFOTES, AO INVÉS DE BAIXAR O PREÇO DO DIESEL PROCUROU UMA FORMA MAIS FÁCIL, EMBORA VÁ LASCAR AINDA MAIS O BNDES: PRORROGOU POR MAIS UM ANO A CARÊNCIA PRA OPAGAMENTO DOS EMPRÉSTIMOS, QUEPELO JEITO DAQUI HÁ UM ANO OS CAMINHONEIROS AINDA ASSIM NÃO TERÃO COMOPAGAR, PQ OS CUSTOS DE TRANSPORTES ESTÃO SÓ SUBINDO, SUBINDO, SUBINDO!!!

adilson jose da silva

Na verborreia, ele deve fazer uma homenagem a esses militantes virtuais, que mesmo ganhando uma bolsa da mídia ninja de pequeno valor, vendem até a alma e passam o dia todo postando comentários defendendo o indefensável, mesmo que seja motivo de chacotas por aceitar o papel de escória.

RENAN

E TEM MAIS: SE A PF E O JUDICIÁRIO REALMENTE RESOLVEREM INVESTIGAR O ROMBO NO BNDES, AI VAI FEDER MUITO MAIS! O QUE TEM DE GENTE LIGADA AO PT BENEFICIADA COM EMPRÉSTIMOS EXORBITANTES QUE NUNCA SERÃO PAGOS E O (DES)GOVERNO DO PT JÁ PERDOOU E OS QUE AINDA VAI PERDOAR, VIXE MARIA, O BURACO É MAIOR DO QUE O DA PETROBRÁS! FOI E TÁ SENDO MUITA SACANAGEM, MUITA NEGOCIATA, MUITO ROUBO! COITADO DO BNDES, UMA MÃE QUE VAI FICAR SEM NENHUM FILHO DAQUI À UNS TEMPOS!!!

RENAN

A BALANÇA COMERCIAL NUNCA REGISTROU ÍNDICES TÃO DESASTROSOS COMO NO PERÍODO ATUAL, O PIOR DOS ÚLTIMOS 13 ANOS! DÁ-LHE RAINHA DA MENTIRA! É ARROCHO!!! O TRABALHADOR, O INVESTIDOR, O EMPREGADOR, A DONA DE CASA, NÃO VIRAM OU SENTIRAM AINDA NEM UM POUQUINHO DO ARROCHO QUE AINDA ESTÁ POR VIR!!! A MUIÉ RAINHA DA MENTIRA TEM QUE FAZER DE TUDO PRA COBRIR O ROMBO QUE É MUUUUUUITO GRANDE, ALGO NUNCA ANTES VISTO NA HISTÓRIA DESSE PAÍS SURRADO E SURRUPIADO PELA RAÇA NOJENTA DO PT!!!

Nehemias Fernandes Jaques

DILMA SANCIONA LEI DOS CAMINHONEIROS E PARALISAÇÃO É SUSPENSA. Metam os peitos!


Santana e Plácido

04/03


2015

Pesquisa Plural: Lula lidera no Cabo com 47%

Se as eleições para prefeito no Cabo fossem hoje, o ex-prefeito e agora deputado estadual Lula Cabral (PSB) seria eleito com 47% das intenções de voto, segundo revela pesquisa do Instituto Plural, feita entre os dias 21 e 24 de fevereiro, com 400 questionários aplicados. O deputado federal Betinho Gomes (PSDB) aparece em segundo lugar com 39%.

O ex-deputado Fernando Ferro (PT), em terceiro, tem apenas 6%. Brancos e nulos somam 6% e apenas 2% não souberam responder ou se recusaram a responder. Na espontânea, modelo em que os nomes dos candidatos não aparecem na cartela para o entrevistado, Lula tem 41%, Betinho 9% e o prefeito Vado da Farmácia (PTB) 5%. A margem de erro é de 4,9% para mais ou para menos.

Vado não pode ser candidato à reeleição, porque assumiu o mandato com a eleição passada em vigor e eleito já foi, na verdade, reeleito. Na pesquisa, a Plural quis saber também a influência do apoio do governador. Apoiado por Paulo Câmara, filiado ao partido que Lula preside no Cabo, o ex-prefeito sobe para 54%.

Betinho, por sua vez, permanece nos 39% e brancos e nulos somam 6%. Num cenário em que Betinho viesse a ser apoiado pelo governador, o tucano subiria de 39% para 56%. Já Lula Cabral, se viesse a ter o apoio do prefeito Vado da Farmácia cairia para 35%, brancos e nulos subiriam para 8%.

O Instituto quis saber ainda qual dos pré-candidatos o prefeito deveria apoiar. Dos entrevistados, 43% disseram que Vado optasse por Lula Cabral e 33% por Betinho Gomes, enquanto 15% disseram que ele tem que lançar candidato próprio e 5% afirmaram que nenhum dos nomes postos fossem apoiados por ele.

Os maiores percentuais de intenção de voto em Lula Cabral aparecem entre os eleitores com grau de instrução com apenas o ensino fundamental (57%), entre os eleitores na faixa etária acima de 50 anos (51%), entre os eleitores com renda familiar com mais de dois salários (52%) e entre os eleitores do sexo masculino (51%).

Já o tucano Betinho tem seus melhores percentuais de intenção de voto entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 29 anos (47%), entre os eleitores com renda mensal de apenas um salário mínimo (46%) e entre os eleitores com grau de instrução médio (42%). Por sexo, o maior percentual está entre os eleitores do sexo feminino (43%).

AVALIAÇÃO DO PREFEITO

O prefeito do Vado da Farmácia (PTB) é desaprovado por 68% dos entrevistados. Para 39%, sua gestão é péssima e 21% classificam como ruim e mais 8% avaliam de regular mais para ruim. Já entre os que aprovam são apenas 15%, sendo apenas 2% que avaliam como ótima e 13% como boa, enquanto 13% consideram um regular mais para boa.

Quando o questionário se resume apenas à pergunta se aprova ou desaprova, a situação de Vado se complica ainda mais: 71% desaprovam e 26% aprovam, enquanto apenas 4% não quiseram responder ou disseram que não sabiam.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

RENAN

KKKKKKKKK!!! EU NÃO DISSE? A BONECA TÁ EXTASIADA!!!!!

Nehemias Fernandes Jaques

Esse Renan, é mais um demotucano desesperado, pega o o beco!

RENAN

NEHEMIADS DOIDO DEVE ESTAR EM ÊXTASE TOTAL, SUBINDO PELAS PAREDES (KKKK)!

Nehemias Fernandes Jaques

Essa é tucana, já começou o desespero!

Conceição

As pesquisas eleitorais já começaram... Brincadeira!



04/03


2015

Coluna da quarta-feira

    Uma longa estrada

Há um caminho longo para que os políticos com mandato envolvidos na operação Lava a Jato sejam punidos e possam ser cassados. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve pedir o fim do segredo de Justiça para todos os casos, mas essa decisão depende do relator do processo no tribunal, ministro Teori Zavascki, o que deve ser feito em seguida.

Para cada pedido de inquérito haverá um pedido de fim do segredo; Zavascki deve analisar cada caso separadamente para decidir. Se derrubado o segredo, os nomes devem ser conhecidos em bloco, de uma vez só. Além de pedidos no STF, a PGR pode também apresentar petições no Superior Tribunal de Justiça (STJ), caso se confirmem indícios de crimes cometidos por governadores.

Neste caso, os pedidos serão analisados pelo ministro Luís Felipe Salomão. Após receberem os documentos da PGR, os dois ministros decidirão se atendem o que foi requisitado por Janot. É praxe, porém, os magistrados aceitarem a abertura de inquérito ou ação penal mediante o pedido do Ministério Público Federal.

Os pedidos serão divididos em fatos, cada um contendo indícios de que houve crime e suspeita de quem os praticou. Por isso, é possível que um mesmo pedido de inquérito envolva mais uma pessoa e que uma mesma pessoa apareça em mais de um caso.

A base desses pedidos serão depoimentos dados pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e pelo doleiro Alberto Youssef, considerado o principal operador do esquema, que teria lavado R$ 10 bilhões em dinheiro desviado da estatal.

Também serão usados dados já apurados na Lava Jato, que já levou à abertura de mais de uma dezena de ações penais e investigações contra pessoas sem foro privilegiado, julgados na primeira instância da Justiça Federal no Paraná.

Em alguns pedidos, no entanto, é possível que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entenda que não é possível verificar a existência de delitos com base nas afirmações ou mesmo não ser possível chegar aos culpados. Nestes casos, pedirá o arquivamento das investigações.

Se considerar que já há provas, poderá apresentar uma denúncia, passando a uma fase mais adiantada do processo penal. O pedido de abertura de inquérito no STF é o primeiro passo para se investigar um político. Caberá também a Teori Zavascki abrir o inquérito e autorizar diligências para a descoberta de irregularidades, como a quebra de sigilos telefônico, bancário ou fiscal, novas buscas e apreensões de documentos ou mesmo interceptações telefônicas.

Várias dessas ações podem permanecer sob sigilo, para evitar que o investigado apague os rastros dos crimes. Durante a fase investigatória, os advogados dos investigados ainda não podem fazer a defesa judicial ou contestar as diligências. Só depois de aberta a ação penal, eles poderão apontar irregularidades na produção de provas e anular acusações feitas com base nelas.

Encerradas as investigações, caberá à PGR apresentar as denúncias, que são as acusações formais contra os investigados, apontando os crimes, culpados e provas. Se aceita pela Justiça, a denúncia leva à abertura de uma ação penal, que é próprio processo judicial, em que serão ouvidas testemunhas e quando a defesa poderá apresentar outras provas que contestem a acusação, além de contestar as investigações.

Só ao final do processo, os ministros julgam e decidem pela inocência ou culpa do réu; no último caso, determinando as penas, multas e ressarcimento de danos aos cofres públicos. No caso da Operação Lava Jato, a eventual abertura de ações penais caberá à Segunda Turma do STF, composta, além de Zavascki, pelos ministros Gilmar Mendes, Cármen Lúcia e Celso de Mello.

SIGILO– Nos pedidos de inquérito, o procurador já pode pedir quebras de sigilos bancário e fiscal e deverá propor oitivas de testemunhas. A avaliação da PGR é de que a quebra de sigilo telefônico pode não ser eficaz, já que os suspeitos devem ter adotado cautela após a deflagração das primeiras fases da operação. Se aberto o inquérito, é possível que parte dessas diligências sejam mantidas em sigilo.

Saindo na frente– Independente do que a bancada do PSB na Câmara venha a decidir, o deputado João Fernando Coutinho antecipou sua posição, ontem, sobre o ajuste fiscal. Em entrevista ao Frente a Frente, afirmou deixou a entender que votará contra. “Fico com o trabalhador, que não pode pagar o preço da irresponsabilidade e da má gestão do PT”, disse.

 

 

 

 

Defesa da memória – Em nota, o PSB se disse surpreso com a notícia de que o ex-governador Eduardo Campos teria recebido R$ 10 milhões, conforme informou à justiça o doleiro Youssef. “O Partido adotará todas as medidas necessárias, se confirmada a denúncia do delator, para promover a defesa da memória do seu líder, cuja conduta na sua vida pessoal e política sempre foi considerada por todos, irrepreensível”, diz o comunicado, assinado pelo presidente Carlos Siqueira.

PT bate fofo – No jantar que a presidente Dilma promoveu, anteontem, com a cúpula do PMDB, para se aproximar mais do partido, no qual a principal ausência foi a do presidente do Congresso, Renan Calheiros, o que se viu foi muitas queixas dela em relação à postura do PT, que estaria contrário ao ajuste fiscal anunciado pela equipe econômica na semana passada.

Levando o emprego – Da tribuna da Câmara, ontem, o deputado Augusto Coutinho (SD) fez um duro pronunciamento sobre as demissões em massa que vêm ocorrendo nas empresas em Suape, especialmente nas que estão citadas na operação Lava Jato. “O Governo age como gatuno, roubando o emprego dos trabalhadores”, disse Coutinho. Segundo ele, mais de três mil postos de trabalho já foram fechados nos últimos dias.

 

 

 

 

 

 

CURTAS

LOBBY CONTRA– O ex-presidente da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Pires, e o desembargador pernambucano Antenor Cardoso foram vistos, ontem, no Congresso, trabalhando contra a PEC da Bengala, que aumenta de 70 para 75 anos a idade para aposentadoria compulsória dos ministros de tribunais superiores.

O ÚNICO– Dos 27 governadores, apenas o do Acre, Tião Viana (PT), aparece na lista que o procurador geral da República, Rodrigo Janot, pede abertura de inquérito para políticos com mandato envolvidos na operação Lava Jato. Ele foi citado pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

Perguntar não ofende: Janot abrandou na hora de decidir pelo pedido de abertura de inquérito contra os políticos da Lava Jato e não a denúncia formal?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

marquito, não esquece de EC, SG, Álvaro Dias, todos comeram a famosa propina, o famoso toco. Metam os peitos!

Nehemias Fernandes Jaques

Como diz Ribeirolândia metam os os peitos! BRASIL – Novo recorde na produção de gás natural. Produção da gás natural bate novo recorde em janeiro A produção de gás natural do país em janeiro deste ano foi a maior registrada, atingido 96,6 milhões de metros cúbicos por dia (m/dia) . O recorde anterior foi registrado em dezembro do ano passado, com produção de 95,1 milhões (m/dia).

RENAN

ESSE NEHEMIAS É UM DOENTE MESMO! BABACA, BAJULADOR BARATO, DEIXA DE SER IDIOTA E POSTA ARGUMENTOS EM DEFESA DO FIM DA ROUBALHEIRA, SEJA QUEM QUER QUE TENHA FEITO! PODE SER PT, PSDB, PMDB, PP, PSB, DEM, PSD OU QUALQUER PARTIDO OU POLITICO DESSA REPÚBLICA! ERROU, TEM QUE PAGAR! PARA DE TÁ JUSTIFICANDO AS MERDAS QUE TEU PT NOJENTO FEZ COLOCANDO O QUE OS OUTROS FIZERAM! SE FIZERAM, TÊM QUE PAGAR! FALA DE TIÃO VIANA, QUE É DO PT E PELO QUE SE SABE FOI O ÚNICO GOVERNADOR QUE METEU A MÃO NA CUMBUCA! PROCURA SABER COMO ESTÁ O BNDES, QUE DESDE O (DES)GOVERNO DO TEU CHEFE LULA MENTIRA QUE VEM DE DESMANCHANDO E A RAINHA DA MENTIRA SÓ PIOROU, O BURACO NO BNDES É MAIOR QUE O DA PETROBRÁS! FALA DAS INÚMERAS OBRAS QUE ESTÃO PARALISADAS! FALA DO ARROCHO QUE TUA PATROINHA TA DANDO NO POVO BRASILEIRO PRA COBRIR O ROMBO GIGANTESCO! E TAMBÉM VC AGORA JÁ DÁ VALOR À POSTAGENS DE RIBEIROLÂNDIA, É? VAI SER IMBECIL ASSIM LONGE DAQUI, EM CUBA, ONDE TUA PATROINHA GASTOU UMA FORTUNA DO NOSSO DINHEIRO!!!

marcos

Senhor nehemias, o assunto agora é LAVA-JATO. DEIXE DE TÁ POSTANDO MERDA. Olha aí uma notícia aunciada TIÃO VIANA (PT) JÁ FOI PREMIADO PELO JANOT. META OS PEITOS KKKKK

Nehemias Fernandes Jaques

Retificando. Como diz Ribeirolândia metam os os peitos! “Documentos começam a esclarecer por que o laudo de exame financeiro nº 675/2002, elaborado pelos peritos criminais da PF Renato Rodrigues Barbosa, Eurico Montenegro e Emanuel Coelho, ficou engavetado nos últimos seis meses do governo FHC, quando a instituição era comandada por Agílio Monteiro e Itanor Carneiro. Nas 1.057 páginas que detalham todas as remessas feitas por doleiros por intermédio da agência do banco Banestado em Nova York está documentado o caminho que o caixa de campanha de FHC e do então candidato José Serra, Ricardo Sérgio Oliveira, usou para enviar US$ 56 milhões ao Exterior entre 1996 e 1997. O laudo dos peritos mostra que, nas suas operações, o tesoureiro utilizava o doleiro Alberto Youssef, também contratado por Fernandinho Beira-Mar para remeter dinheiro sujo do narcotráfico para o Exterior. Os peritos descobriram que todo o dinheiro enviado por Ricardo Sérgio ia parar na camuflada conta número 310035, no banco Chase Manhattan também em Nova York (hoje JP Morgan Chase), batizada com o intrigante nome “Tucano”. De acordo com documentos obtidos por ISTOÉ, em apenas dois dias – 15 e 16 de outubro de 1996 – a Tucano recebeu US$ 1,5 milhão. A papelada reunida pelos peritos indica que o nome dado à conta não é uma casualidade. comentado em 2015-03-04 07:17:09



04/03


2015

PSC: a ovelha negra Sílvio Costa contra Feliciano

 

 

 

 

 

 

A briga entre o vice-líder do governo federal e atual presidente do PSC em Pernambuco, Silvio Costa, e o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) promete render novos capítulos. Ontem, Sílvio deu o “troco” às críticas de Feliciano, que o chamou de “ovelha negra” pelo fato de o pernambucano estar num partido de oposição nacionalmente e atuar como defensor do governo Dilma na Câmara. Ontem, Costa rebateu:

“Ele é metrossexual. Eu poderia dizer que ele representa um outro tipo de animal. Mas não seria politicamente correto. Por isso não vou compará-lo”, diz matéria no Diario de Pernambuco.

Segundo nota publicada ontem no blog Poder Online,  a decisão de Silvio Costa (PSC-PE) em assumir a vice-liderança do governo na Câmara foi criticada em reunião da bancada do partido, na última semana. 

Segundo a nota, uma fala do deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) sintetiza o clima: “Temos uma ovelha negra no partido.”

Bem humorado, entretanto, Feliciano relativiza a questão e evita falar em um pedido de expulsão. “Como nós somos cristãos, aprendemos a caminhar ao lado do próximo e a exercer a tolerância. Não sei se se trata de expulsão… Mas o partido vai ter de discutir suas posições. Isso ainda não foi declarado formalmente mas, hoje, nós estamos atuando na oposição ao governo. Como que vai funcionar essa relação?”, questiona.’


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

o povo da de olho

ALGUÉM PODE ME DIZER O QUE É METROSSEXUAL?

RENAN

COMO É QUE SE PREDE TEMPO DANDO ATENÇÃO À UMA FIGURA DO TIPO SÍLVIO COSTA? TEM TANTA COISA SÉRIA NO MUNDO PRA SE TRATAR!!!