04/07


2015

Lula desmente "mais uma mentira" da Veja

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva denunciou neste sábado, 4, mais "uma mentira" operada contra ele pela revista Veja, do grupo Abril. Em sua conta no Facebook, Lula relata nota do colunista Lauro Jardim que afirma que ele teria ido em 19 de setembro de 2012 para o México em um avião pago pela Odebrecht. 

"É mentira, a viagem não foi paga pela Odebrecht. No dia 20 de setembro de 2012 Lula foi para o México participar do evento "México século XXI", e lá falou para mais de 8 mil estudantes, junto com Tony Blair e Pepe Guardiola", diz o texto. Segundo o post, essa viagem foi para a primeira palestra de Lula após se recuperar de um câncer. "Isso tudo foi informado para a imprensa na época. Qual o problema?", questiona.

Não é a primeira vez que a revista Veja pratica "jornalismo de esgoto"  contra o ex-presidente Lula. Em fevereiro deste ano, o jornalista da Veja São Paulo Ulisses Campbell fez reportagem sobre uma festa de aniversário de um suposto sobrinho do ex-presidente Lula em Brasília. O ex-presidente teria custeado uma festa de aniversário de R$ 220 mil para um suposto sobrinho, além de presentear os convidados com Ipads.

Neste caso, a revista do grupo Abril pediu desculpas a Lula e aos leitores pelo exemplo de mau jornalismo. "Pelo equívoco, Veja Brasília se desculpa com seus leitores e, mesmo que a nota não contivesse conotação negativa, se desculpa também com o ex-presidente e sua família por quaisquer transtornos que possa ter ocasionado", escreveu (leia mais). 

E agora, com Lauro Jardim, a Veja pedirá desculpas de novo?    (Portal BR 247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

TCE

04/07


2015

Uma tragédia familiar

O jornalista André Petry, editor de Veja, fez uma excelente palestra no seminário internacional de jornalismo em São Paulo sobre a experiência de desvendar o mistério da tragédia do cineasta Eduardo Coutinho, morto pelo filho no Rio em 2014, considerado esquizofrênico. O tema da sua palestra foi O terror silencioso, a história de um cineasta famoso, um filho doente mental e a tragédia. Petty contou que a reportagem, feita um ano após o episódio, só foi possível porque ele teve a iniciativa de pautar a revista porque não acreditou inicialmente na versão de que o filho matou o pai simplesmente por ser esquizofrênico. "Na verdade, havia por trás do caso toda uma tragédia envolvendo a família, com um pai que não se relacionava bem com o filho. Na época, a matéria foi a que teve a maior repercussão na revista, o que levou Petty a trazê-la para o debate no seminário. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Arcoverde

04/07


2015

Governo fica surpreso do detalhes de grampos

Blog do Camarotti

Apesar do tom oficial de que o episódio de espiongem está superado, o detalhamento, neste sábado (4), dos grampos feitos pelo governo norte-americano no Brasil causou surpresa e contrariedade entre integrantes do núcleo da gestão Dilma Rousseff.

Ao Blog, um ministro chegou a relatar que o esquema de espionagem detalhado neste sábado mostra que o Brasil tinha se tornado alvo de interesses norte-americanos, inclusive no plano econômico. Mas, uma avaliação pragmática do Palácio do Planalto concluiu que esse não é o momento de realimentar o mal-estar diplomático que ocorreu em 2013, quando Dilma chegou a cancelar uma viagem de Estado à Casa Branca por conta das revelações de que havia sido espionada pela NSA.

Isso porque Dilma acabou de voltar de Washington e, neste momento de dificuldade financeira, o Brasil está em uma situação política e econômica que não lhe permite gerar novos atritos com aliados do quilate dos Estados Unidos.

Por isso, depois de uma conversa telefônica com Dilma, o ministro da Comunicação Social deixou claro que este é um momento de olhar para o futuro, e não para o passado.

"Os dados divulgados neste sábado são relacionados a fatos já divulgados anteriormente. O governo americano veio a público e reconheceu o erro e assumiu um compromisso de mudança de prática. A partir daí, não dá para ficar olhando o passado. Temos de olhar uma agenda de futuro e de cooperação entre os dois países", disse Edinho Silva.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


04/07


2015

EUA: ministros de Dilma e BC foram espionados

O site WikiLeaks, conhecido por vazar documentos secretos, divulgou neste sábado (4) informações confidenciais da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA, na sigla em inglês) que revelam nova espionagem contra a presidente Dilma Rousseff, assessores e ministros.

Ao todo, 29 telefones de membros e ex-integrantes do governo foram grampeados -no início do primeiro mandato de Dilma- pela agência norte-americana, como o do ex-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, e do então secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, atual ministro do Planejamento.

A lista também aponta como alvos de espionagem uma autoridade da área internacional do Banco Central, o ex-ministro das relações exteriores Luiz Alberto Figueiredo Machado, atual embaixador do Brasil nos EUA, e o chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, o general José Elito Carvalho Siqueira. Também tiveram os telefones grampeados uma secretária e um assistente de Dilma, de acordo com a lista divulgada pelo WikiLeaks, além de telefones de representações brasileiras no exterior e até do avião presidencial. Segundo a publicação, o avião da presidência brasileira foi alvo de interceptações.

A divulgação do documento ocorre poucos dias após o encontro de Dilma com o presidente americano Barack Obama em Washington, onde ela afirmou confiar que os EUA não estão mais interceptando as comunicações de países aliados, em um encontro em que um dos objetivos foi virar a página do escândalo de espionagem que abalou as relações bilaterais.

Em junho de 2013, uma série de reportagens do jornalista Glenn Greenwald mostrou que o Brasil integrava uma rede de 16 países nos quais há bases americanas de coleta de dados de espionagem. Apresentação na NSA classificada como "ultrassecreta" detalhou a técnica de monitoramento usada contra Dilma Rousseff, assessores-chave e Petrobras. O monitoramento de Dilma aprofundou a crise com os Estados Unidos e adiou a viagem que a presidente brasileira faria a Washington em outubro do mesmo ano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Stampa Midia

04/07


2015

Nos bastidores da crise

Os investigadores da Lava-Jato abriram uma frente de investigação especialmente para Beto Richa. Já começaram inclusive a interrogar delatores sobre negócios envolvendo o governador tucano.

A certeza de que a crise política subiu de patamar se deve às conversas que dominam a cúpula do PMDB desde a revelação da delação premiada de Ricardo Pessoa. Só falam no pós-Dilma.

Ainda na cúpula do PMDB a sensação é de que Dilma Rousseff aparenta que, de fato, não está percebendo a gravidade da situação.

A Interpol, a pedido da Polícia Fedeeral, notificou o TAG Bank, sediado no Panamá e controlado pelo brasileiro Eduardo Plass, ex-presidente do Pactual, para que diga quem são os donos das offshores Golden Rock e da Blue Diamond.

As duas empresas mantém contas no TAG Bank e a PF descobriu que fizeram pagamentos para offshores que seriam, segundo suspeita-se, de notórios políticos brasileiros.  (Lauro Jardim - Veja Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

LUIZ MAIA

Alguém duvida? O período que antecedeu a contra-revolução de 1964 estava conturbado por razões ideológicas. Em boa hora as Forças Armadas souberam agir com a precisão esperada pela sociedade. O cenário atual no País é muito pior. O mundo tomou conhecimento do viés corrupto e antidemocrático deste triste desgoverno, aliado aos sucessivos escândalos de corrupção que estão derretendo os pilares de nossa República.



04/07


2015

"La dolce vita"de Lula

Em 19 de setembro de 2012, Lula viajou com uma pequena comitiva ao México, que incluía Kalil Bittar, sócio do seu filho Lulinha. Evidentemente, nada de avião de carreira.

Para o deslocamento foi alugado um Legacy 650.

Quem pagou?

A subsidiária americana da Odebrecht quitou a fatura de 780 000 reais.

E nada de passar aperto. No contrato com a empresa de táxi-aéreo está escrito com todas as letras que nos voos de ida e de volta não deveria faltar “vinho tinto francês de boa qualidade”.  (Lauro Jardim – Veja Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

José Pereira da Silva

É tudo mentira o Lulinha hoje continua pobre pegando bosta no zoo de SP, o Dirceu, Palocci, Genoino, estão vivendo de suas aposentadorias do INSS, o Lula esse vagabundo que nunca trabalhou, hoje vive na miséria....Por falar em Dirceu quantas assessorias ele prestou depois que estourou o Petrolão? Estão ricos sim e essa riqueza tem origem na corrupção, o destino da elite petista é a papuda, é só uma questão de tempo. VIVA A VEJA, JOAQUIM BARBOSA,A GLOBO,SERGIO MORO....

LUIZ MAIA

Alguém duvida? O período que antecedeu a contra-revolução de 1964 estava conturbado por razões ideológicas. Em boa hora as Forças Armadas souberam agir com a precisão esperada pela sociedade. O cenário atual no País é muito pior. O mundo tomou conhecimento do viés corrupto e antidemocrático deste triste desgoverno, aliado aos sucessivos escândalos de corrupção que estão derretendo os pilares de nossa República.

Wellington Antunes

Essa matéria já foi desmascarada e provada que se trata de mais uma mentira dessa revistinha imunda e golpista. . Em fevereiro, a edição Veja de São Paulo inventou que o ex-presidente teria custeado festa de aniversário de R$ 220 mil para um suposto sobrinho; desmascarada, Veja pediu desculpas; mas e desta vez? Só quem acredita nas mentiras de Veja e as propaga são os Rola Bostas e coxinhas revoltados.

LUIZ MAIA

Entrou por uma perna de pinto, saiu por uma perna de pato. O rei, meu senhor, mandou dizer que contasse mais quatro.



04/07


2015

A união nacional

Ilimar Franco – O Globo

O PSDB não tem interesse num governo de união nacional dirigido pelo vice Michel Temer. Neste caso, a sigla seria chamada a participar e não poderia, politicamente, se recusar a integrar um esforço de salvação nacional. Especialistas avaliam ainda que os tucanos seriam convocados para cuidar da área em que têm PHD: a economia. Quem fez o Real, teria a tarefa de enfrentar a crise.

Os que acompanharam o impeachment do ex-presidente Collor dizem que essa não é a real intenção do PSDB, que amanhã faz convenção. Se fosse, eles estariam articulando, para reunir forças, e conspirando para derrubar a presidente Dilma. E, que, para isso teriam de contar com Temer e a cumplicidade do PMDB. O ideal para os tucanos é o TSE cassar a chapa (Dilma/Temer) e a convocação de novas eleições.

Com o balão de ensaio do impeachment esvaziado, o PT não crê que o Tribunal casse a chapa. Sua tática, segundo um consultor, é levar o governo Dilma até o fim, do jeito que der, e domar o PMDB na expectativa de que a economia melhore até 2018.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Naipes Consultoria

04/07


2015

Aécio quer Dilma fora e disputar a Presidencia

“Venha Lula, venha quem vier”

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou neste sábado, em entrevista publicada pelo jornal O Globo, que tem dúvidas se a presidente Dilma Rousseff termina o mandato, conquistado em outubro do ano passado em vitória sobre ele. Aécio insiste nas chamadas "pedaladas fiscais" para pressionar o Tribunal de Contas da União a rejeitar as contas da presidente Dilma de 2014 e abrir caminho para um eventual pedido de impeachment.

"Junto ao TCU nós mostramos que a presidente cometeu, de forma reiterada, inclusive este ano, crime de responsabilidade. Por outro lado, temos ações junto à Procuradoria Geral da República que, na verdade, demonstram que houve cometimento de crime comum", afirmou. 

O presidente do PSDB pretende utilizar a delação do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, para reforçar os argumentos em prol do impeachment. "Ingressamos com outra ação por crime de extorsão com base na delação do senhor Ricardo Pessoa, quando diz que o tesoureiro da campanha condicionava a manutenção dos contratos da UTC e Constran na Petrobras às doações para a campanha eleitoral da presidente Dilma", afirma. O problema é que Ricardo Pessoa também faz delação que complica a vida do PSDB.

Nessa sexta-feira,3, o Jornal Nacional noticiou que a delação de Ricardo Pessoa é bem mais ampla do que se supunha. O dono da UTC/Constran implicou nada menos que 15 partidos ao falar de suas doações com recursos ilícitos, incluindo o PSDB, presidido por Aécio, e o DEM, de artífices do golpe, como os senadores Ronaldo Caiado (DEM/GO), denunciado por caixa dois pelo ex-companheiro Demóstenes Torres, e Agripino Maia (DEM/RN), investigado no Supremo Tribunal Federal pelo recebimento de propinas de R$ 1,1 milhão. 

Outra hipótese defendida por Aécio é a delação do doleiro Alberto Youssef, que disse à Justiça Eleitoral ter sido procurado por um emissário da campanha da presidente Dilma Rousseff no ano passado para trazer de volta ao Brasil cerca de R$ 20 milhões depositados no exterior. O complicador, neste caso, é que o mesmo Youssef já acusou Aécio de "ser dono" de uma diretoria em Furnas que pagava mensalão a parlamentares aliados do tucano.

Aécio Neve assumiu pela primeira vez de forma clara a defesa do golpe. "O PSDB tem que estar preparado para qualquer cenário. (...) Meu papel é garantir a unidade do partido. E democraticamente vamos agir no momento certo, não antes de 2017, para definir quem terá a responsabilidade de disputar as eleições. A não ser que o calendário eleitoral se antecipe", afirmou. 

Questionado sobre eventual candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Aécio foi enfático: "Venha Lula, venha quem vier, o ciclo de poder do PT se encerrou. Porque eles não têm mais o que dizer para as pessoas. O PT, em uma próxima eleição, estará envergonhado. O PT vai passar por um estágio, que eu espero que seja longo, como oposição. Recuperar suas teses originárias, voltar a ser o partido representante de um segmento importante da população brasileira, da classe trabalhadora, com interlocução adequada com os sindicatos. Faz falta ao Brasil um partido da classe trabalhadora. Mas é preciso um partido legítimo, sério, honrado. O PT virou o partido do capital. O capital distribuído para alguns poucos", afirmou. (Do Portal BR 247)

Clique aqui e leia na íntegra a entrevista de Aécio Neves.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Onodera Estética

04/07


2015

Deslizamento mata um em São Lourenço

Avenida Piracicaba, em Jardim São Paulo, está submersa (Foto: Gernelle Vasconcelos / Enviada pelo Whatsapp)Uma barreira deslizou pouco depois das 10h deste sábado (04), na Rua Santa Cruz, bairro da Várzea Fria, em São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife. De acordo com o Corpo de Bombeiros, cujas equipes estão no local, um homem morreu e duas pessoas foram socorridas com vida por moradores.

O corpo do homem ainda está sendo retirado dos escombros. Três equipes dos Bombeiros estão no local, junto com as da Defesa Civil da cidade. Ainda não se sabe para quais unidades de saúde as outras pessoas foram encaminhadas.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), São Lourenço da Mata acumula 132mm de chuvas nas últimas 24 horas -- o esperado para todo o mês de julho são 151mm na cidade.

A Apac informa ainda que a chuva continuará ao longo do dia, em todo o Grande Recife, "com intensidade moderada a forte". No momento, a maré está baixa no litoral pernambucano. A expectativa é de que chegue a 2,3m, às 17h15.

Do G1 Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Vila Fest

04/07


2015

Preparando o terreno

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da coluna Diario Político deste sábado(Kauê Diniz)

Depois de alguns meses de ausência, devido às tarefas à frente do ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro voltou a centrar seus olhares e preparar os correligionários para fortalecer o PTB no território pernambucano.

Ontem, o senador licenciado reuniu as bancadas do partido na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa para organizar uma agenda de viagens a todas as regiões do Estado. A previsão é que comece a colocar o pé na estrada ainda neste mês de julho.

Depois do perde e ganha que ocorreu na eleição ao governo do Estado, ano passado, quando alguns prefeitos do PTB resolveram aderir à campanha do PSB, do então candidato ao governo Paulo Câmara, o partido precisa recuperar terreno para, no mínimo, manter-se como a segunda força política do Estado.

Em 2012, elegeu 25 prefeitos, ficando atrás apenas dos socialistas, com 59. Por isso, o objetivo é atrair novas lideranças e promover filiações, até porque tem muito partido de olho na queda do prestígio eleitoral do PT e esperando crescer nesse vácuo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Publicidade
Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Programa Frente a Frente
Apoiadores