Busca


Coluna do Blog
São muitas emoções


Destaques
STF libera revista com reportagem de Cid Gomes
Ao lado de Elias, FBC faz campanha em Jaboatão
Inscrições abertas para prêmio em gestão do SUS
Paulo Roberto se cala em depoimento no Congresso
Temer: queda de Dilma é 'variação comum'
Janot diz que lei impõe sigilo em delação premiada
Dilma: É preciso permitir mais faixas tributárias
Humberto defende que sessão com delator seja aberta
Em ato falho, Erundina diz que faz campanha para Dilma
Renan recebe hoje Procurador-Geral da República


Opinião


Viva o “ Power Point” - Carlos Alberto Fernandes
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

17
09/14
Aécio critica vaivém de Marina

Do Diário de Pernambuco

O senador Aécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, voltou a criticar a presidenciável do PSB, Marina Silva, a quem acusou de estar adaptando suas propostas para se acomodar ao momento eleitoral. Depois de garantir que tem absoluta confiança de que estará no segundo turno das eleições para disputar com a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, o tucano disse que “agora é a hora em que o eleitor aprofunda sua avaliação”.

Em entrevista coletiva em São Paulo, onde a campanha tucana apresentou vídeos em que personalidades da política, esportes e artes declaram apoio a ele, Aécio criticou também a gestão petista, ao prometer acabar com o que chamou de “bolsa-empresário”, referindo-se à política de concessão de financiamentos por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) centrada em grandes empresas.

“A nossa tranquilidade é que nós não precisamos adaptar as nossas propostas às conveniências do momento, com o objetivo de agradar esse ou aquele setor da vida brasileira. Hoje, defendemos aquilo que praticamos durante a nossa vida. Não adianta querermos criar um novo personagem às vésperas da eleição”, disse.

Depois, Aécio deixou claro que se referia à candidata socialista. “Quando assistimos, no caso da candidata Marina, a uma mudança de posição em função de pressões de A ou de B, é obviamente uma mudança para se acomodar à realidade eleitoral. Não faço crítica pessoal e acho até que o que PT vem fazendo é inaceitável do ponto de vista dos ataques e de comparações indevidas. O que cobro de todos os candidatos é que digam com clareza aquilo que defendem, que representam”, reforçou.

  Escrito por Magno Martins, às 10h10
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Dilma pede respeito às opiniões

Em sua já tradicional coletiva de imprensa realizada no Palácio da Alvorada, ontem, a presidente Dilma Rousseff (PT), fez uma crítica velada ao parecer do procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, em que defende a suspensão de um programa da petista que critica a proposta de Marina Silva (PSB) sobre a autonomia do Banco Central.

Para a presidente, a posição de sua campanha é uma opinião que “deve ser respeitada”. “Não acho que seja marketing selvagem. Pode ser que as pessoas não gostem do que nós falamos. Agora, é uma opinião. E crime de opinião no Brasil é algo ultrapassado. Eu fui para a cadeia por crime de opinião e sei perfeitamente que na democracia a opinião deve ser acolhida. Cada um tem o direito de fazer a sua parte. Isso também é democrático. O procurador acha isso, outra pessoa acha aquilo. O que eu estou dizendo é que nós estamos externando uma opinião e ele deve ser respeitada”, disse.

  Escrito por Magno Martins, às 09h50
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Curta a fanpage do blog para ir ao Portal de Gravatá


Uma boa notícia para os nossos leitores pela passagem dos oito anos do blog: estamos sorteando mais um final de semana no Hotel Portal de Gravatá, localizado no Km 82 da BR 232. Considerado o quinto melhor Hotel fazenda do Brasil e o melhor do Nordeste, o Portal dispõe de uma excelente infraestrutura de lazer. Para concorrer, você precisa apenas curtir a pagina deste blog no Facebook (https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Magno/770009916353404?sk=timeline) e compartilhar a postagem da promoção em modo público.

O sorteio, dá direito a hospedagem para um casal, de sexta a domingo, com café da manhã incluso e será feito ao vivo, durante o programa Frente a Frente.

  Escrito por Magno Martins, às 09h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Agenda dos candidatos à Presidência da República

Luciana Genro (PSOL)

São Paulo

10h40 – Entrevistas à Radio Bandeirantes e à Band News FM (Rua Radiantes, 13, Morumbi)

14h – Entrevista ao Portal Terra (Avenida das Nações Unidas, 12.901, Pinheiros)

18h – Sabatina DCE-USP - Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária USP, Butantã)

 

Marina Silva (PSB)

Rio de Janeiro

17h – Entrevista coletiva, no Miramar Hotel by Windsor (Avenida Atlântica, 3.668, Copacabana)

18h – Responde a perguntas de seguidores de sua página do Facebook no Face to Face com Marina Silva - https://facebook.com/marinasilva.oficial/

20h – Encontro com a comunidade cultural, na Escola de Cinema Darcy Ribeiro (Rua da Alfândega, 5, centro)

 

Mauro Iasi (PCB)

Macapá

12h30 – Entrevista ao vivo na TV Bandeirantes

14h – Entrevista coletiva no Sindicato dos Serventuários da Justiça do Amapá

16h – Entrevista ao jornal Diário do Amapá

17h – Entrevista à Rádio Diário FM

19h – Debate Conjuntura Nacional e Poder Popular, no Sindicato dos Serventuários da Justiça do Amapá

 

Pastor Everaldo (PSC)

São Paulo

15h – Entrevista com Luís Nassif

17h – Gravação de programa de campanha

 

Rui Costa Pimenta (PCO)

Agenda não divulgada

 

Zé Maria (PSTU)

Sem compromissos de campanha (luto pela morte de Dirceu Travesso, um dos dirigentes do partido)

 

Aécio Neves (PSDB)

São Paulo

12h – Participa do bate-papo com mulheres Todas com Aécio, no Diretório Estadual do PSDB (Avenida Indianópolis, 1.123 – Moema)

14h – Entrevista coletiva

19h45 – Entrevista ao Jornal da Record

 

Dilma Rousseff (PT)

Campinas (SP)

11h – Encontro com acadêmicos e intelectuais na Associação Comercial e Industrial de Campinas (Rua José Paulino, 1.111, centro)

11h45 – Entrevista coletiva

12h30 – Caminhada ao longo da Rua 13 de Maio até a Praça Ruy Barbosa

 

Eduardo Jorge (PV)

São Paulo

16h – Concede entrevista ao jornalista Fernando Canzian na TV Folha/UOL, com transmissão ao vivo no site da emissora.

 

Eymael (PSDC)

Cruzeiro (SP)

10h – Caminhada pelo centro, partindo da Praça 9 de Julho

11h – Entrevista coletiva, seguida de coffee break, na Clínica Centralmed (Rua Capitão Avelino Bastos, 756 – centro)

Lorena (SP)

13h – Visita a sede do Jornal Atos

Guaratinguetá (SP)

14h – Visita o Santuário Frei Galvão

Pindamonhangaba (SP)

15h – Caminhada pela região central da cidade, com encontro previsto em frente à farmácia Drogalar

15h30 – Visita e entrevista ao Jornal Impacto e à Rádio Ótima

São José dos Campos (SP)

17h30 – Entrevista e visita ao Jornal O Vale (Rua Santa Clara, 417, Vila Adyana)

 

Levy Fidelix (PRTB)

Sem compromissos de campanha

  Escrito por Magno Martins, às 09h20
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Agenda dos candidatos ao Governo de Pernambuco

Armando Monteiro (PTB)

8h – Visita ao mercado e feira de São José ao lado do candidato a vice Paulo Rubem Santiago (PDT). Praça Don Vital, s/n, bairro de São José, Recife. Concentração: Portão central do mercado.

12h – Encontro com representantes do movimento negro ao lado do candidato a vice Paulo Rubem Santiago (PDT) e ao Senado João Paulo (PT). Rua Severina Paraíso da Silva, 65, Olinda. Portão de Gelo São Benedito (por trás do terminal de integração do Xambá)

14h – Gravação do guia eleitoral

18h30 – Entrevista à TV Clube. Rua do Veiga, 600, Santo Amaro, Recife/PE - Prédio dos Diários Associados

19h30 – Caminhada no Ibura ao lado do candidato a vice Paulo Rubem Santiago (PDT) e ao Senado João Paulo (PT). Concentração às 18h: Terminal de ônibus da UR-11

21h – Inauguração do Comitê Sindical. Av. Domingos Ferreira, 266, Boa Viagem, Recife

 

Jair Pedro (PSTU)

Não enviou a agenda até às 9h.

 

Miguel Anacleto (PCB)

16h30 – Panfletagem no IFPE

 

Pantaleão (PCO)

Manhã – Gravação para o guia eleitoral

Tarde – Panfletagem e visita domiciliar em São Lourenço da Mata

 

Paulo Câmara (PSB)

12h30 – Encontro com a FETRAF em Belo Jardim. Quadra do Colégio Diocesano – R. Dr. Henrique Nascimento

15h – Caminhada e comício em Tracunhaém. Concentração na Praça da Oca

16h30 – Caminhada e comício em Nazaré da Mata. Concentração na Praça do Juá

18h – Caminhada e comício em Aliança. Concentração na Praça do Clube Municipal

19h30 – Caminhada em Itaquitinga

20h20 – Caminhada e comício em Goiana. Concentração na Rua das Quintas (Próximo a Lagoa do Cemitério)

 

Zé Gomes (PSOL)

15h – Entrevista para a Rádio CBN

19h – Caminhada da Juventude 50.500 na Bomba do Hemetério – com candidato a deputado estadual Pedro Josephi. Ponto de encontro: Rua Itapetim, próximo ao Quintal do Samba

  Escrito por Magno Martins, às 09h10
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Blog do Magno com novas redes sociais


O Blog do Magno está com uma nova Fanpage (https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Magno), curta nossa página e fique por dentro das notícias da política local, nacional e internacional.

Siga-nos no Twitter (https://twitter.com/blogdomagno) e no Instagram (http://instagram.com/blogdomagno)! O nosso e-mail para envio de pautas e sugestões é o: blogdomagno.redacao@gmail.com.

  Escrito por Magno Martins, às 09h05
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
A charge do dia
 
  Escrito por Magno Martins, às 09h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Coluna da quarta-feira

    São muitas emoções

Ibope e Datafolha trazem números semelhantes na corrida para o Governo do Estado. O levantamento de ontem do Ibope, divulgado no NE TV, da Globo, aponta os mesmos seis pontos de vantagem de Paulo Câmara (PSB) sobre Armando Monteiro (PTB) apontados pelo Datafolha na semana passada.

Num intervalo de uma semana, o cenário praticamente não mudou absolutamente nada, apontando para uma disputa bastante acirrada, revivendo históricos embates que ficaram para trás. Por região, Câmara consolida sua posição na Região Metropolitana, enquanto Armando mostra mais consistência e desenvoltura no Sertão e Agreste.

Se o panorama for mantido nas próximas pesquisas, Armando terá que redirecionar sua estratégia de campanha para Recife e Região Metropolitana, enquanto Câmara tem que trabalhar no sentido inverso, para equilibrar a disputa. O engraçado disso é que o candidato do PSB, pelo elevado número de prefeitos que o apoiam, deveria estar melhor no Interior.

Afinal, tem municípios do Agreste e Sertão em que Armando não conseguiu sequer armar palanques, porque grupos que disputam a hegemonia política e travam lutas históricas, se acomodaram no palanque de Câmara. Como o maior eleitorado está no Grande Recife – 42% - o candidato socialista leva uma aparente vantagem.

As próximas semanas serão decisivas, porque entram na chamada reta final da campanha. Ontem, houve a estreia da fase dos debates em televisão com o cara a cara na TV-Jornal. Vem mais confrontos pela frente, culminando com o da TV-Globo. Pelo jeito, teremos uma reta final de muitas emoções.

DA BOCA PRA FORA– Polarizando a disputa pelo Senado em São Paulo com Eduardo Suplicy (PT), o ex-governador José Serra não perdeu ainda a esperança de o tucano Aécio Neves dar a volta por cima. 'Nós não damos a candidatura do Aécio como perdida. A campanha eleitoral ainda não terminou', diz. A tucanada paulista disfarça bem. Ali, ninguém, na verdade, aposta mais em Aécio.

Aceno ao professor O candidato do PTB a governador, Armando Monteiro, prometeu, ontem, na entrevista ao NE-TV, um aumento em cinco mil policiais para reforçar o trabalho de repressão na área de segurança. Na educação, garantiu implementar no primeiro ano de governo um aumento salarial de 20% para os professores, hoje o mais defasado piso nacional da categoria.

 

 

 

Revoada tucana – Sem conseguir superar a casa dos 3% no Nordeste, onde definhou, literalmente, o tucano Aécio Neves continua perdendo apoios na região. O presidente estadual do PSDB no Ceará, Tomás Figueiredo Filho, já se antecipou na subida ao palanque de Marina.  “Temos muitos pontos políticos em comum”, alegou o pragmático Figueiredo.

Protesto– Romeiros inconformados com as restrições da Polícia Rodoviária ao transporte de caminhões paus de araras promoveram, ontem, uma grande manifestação, interditando a BR-232 nas proximidades de Cruzeiro do Nordeste (Placas). Eles querem a liberação do meio de condução para Juazeiro do Norte, roteiro para pagamento de promessas.

Próximos cara a cara – Depois do confronto de ontem na TV-Jornal, Armando Monteiro e Paulo Câmara voltam a medir forças num cara a cara em televisão no próximo dia 26, na TV-Clube (Record). O último debate está marcado para quatro dias após, no dia 30, na TV-Globo, num estúdio improvisado no Centro de Convenções.

 

CURTAS

 

EM SERRA– Paulo Câmara volta amanhã a Serra Talhada, segundo maior colégio eleitoral do Sertão, uma semana após a passagem de Armando Monteiro, que com o apoio do prefeito Luciano Duque (PT) promoveu uma grande carreata pelas principais ruas da cidade.

EMPATE– Na chegada à TV-Jornal, Armando disse que viu empate técnico na pesquisa do Ibope, enquanto Paulo Câmara afirmou que ele devia aprender a interpretar pesquisas, porque seis pontos estão bem acima da margem de erro.

Perguntar não ofende: Os debates vão influenciar no voto do eleitor?

 

'O filho sábio atende à instrução do pai; mas o escarnecedor não ouve a repreensão'. (Provérbios 13-1)

  Escrito por Magno Martins, às 06h00
 
Comentários Comentários (28) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Militantes de Armando e Câmara brigam antes do debate

 (Foto: Alex Ribeiro/Blog da Folha)

Do Diario de Pernambuco

As militâncias dos candidatos Paulo Câmara (PSB) e de Armando Monteiro (PTB) entraram em confronto antes do primeiro debate televisivo, ontem na TV Jornal. Ao chegar ao local, Armando foi bastante vaiado pelos militantes do adversário e aplaudido pelos seus apoiadores. Cerca de 15 minutos depois, com a chegada do socialista, a militância de Armando o vaiou e ouviu o grupo de Câmara responder com gritos de “mundiça”.

O grupo do petebista atirou laranjas contra os militantes do socialista. A fruta, segundo integrantes da coligação liderada por Armando, faz referência ao caso do avião usado pelo ex-governador Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em 13 de agosto. Segundo o petebista, empresas pernambucanas podem ter atuado como “laranjas” na compra do avião. Em resposta, os apoiadores de Câmara atiraram bandeiras contra os “adversários”. Os militantes foram contidos pelos seguranças no local.

  Escrito por Magno Martins, às 05h56
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Corrupção esquenta o debate de candidatos na CNBB

O debate realizado na noite desta terça-feira (16) pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) foi marcado pela falta de enfrentamento entre os principais candidatos à Presidência da República. Em nenhum momento, Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB), que lideram as pesquisas, se confrontaram.

O encontro só esquentou no final por causa de debates travados por Luciana Genro (PSOL), Aécio Neves (PSDB) e Pastor Everaldo (PSC), quando temas como os casos do mensalão do PT e do PSDB, a construção de um aeroporto em Minas Gerais e as recentes denúncias de corrupção na Petrobras foram discutidos.

UMA OVA

Luciana Genro, quando questionada por Aécio sobre educação, mencionou escândalos envolvendo o PSDB, como o mensalão mineiro,com supostos desvios de dinheiro público para bancar a candidatura de Eduardo Azeredo ao governo de Minas em 1998.

'O senhor falando do PT é como o sujo falando do mal lavado', afirmou Luciana. Aécio replicou dizendo que que Luciana 'voltava às suas origens' e 'servia como linha auxiliar do PT'.

'Linha auxiliar do PT uma ova, candidato Aécio, porque o PT aprendeu com o senhor, aprendeu com o seu partido', treplicou Luciana, que também chamou o tucano de 'fanático das privatizações' e 'fanático da corrupção'.

Os enfrentamentos só ocorreram no penúltimo bloco, quando foi possível que candidatos fizessem perguntas para candidatos. Nanicos citaram casos de corrupção. Dilma e Aécio, então, pediram direito de resposta e foram atendidos pela organização do debate.

Por causa das regras estabelecidas para o encontro, Dilma e Marina não tiveram sequer uma oportunidade de direcionar perguntas uma à outra. Aécio, terceiro colocado nas pesquisas, também não conseguiu perguntar para suas adversárias e nem foi perguntado por elas. (Portal G1 e UOL)

  Escrito por Magno Martins, às 05h54
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
FHC: 'Até que ponto vão abusar da nossa paciência?'

 Deu na coluna de Mônica Bergamo, hoje, na Folha de S.Paulo:

Todo brasileiro tem orgulho de lembrar que um dia teve no poder um presidente como Fernando Henrique Cardoso. Ainda mais diante dos desmandos, das falcatruas, das mentiras, dos equívocos de um governo [o da presidente Dilma Rousseff] que não governa, desgoverna", disparou o empresário João Doria Jr., anteontem, em sua casa, nos Jardins, ao anunciar que FHC falaria à plateia de empresários que se reuniram para homenagear o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O ex-presidente, que dividia a mesa com empresários como Pedro Passos, da Natura, Luiz Carlos Trabuco, do Bradesco, e Marcelo Odebrecht, se dirigiu ao microfone. "Com um apresentador como o João Doria, não há como não receber palmas no palco", brincou.

E logo subiu o tom, até um pouco acima do que costuma adotar nessas ocasiões. "Eu acordei há alguns dias e li as revistas [semanais de informação]. Eu sou uma pessoa de energia. Mas confesso a vocês que fiquei golpeado [ao ler reportagens sobre supostos desvios na Petrobras]."

"Até que ponto vão abusar da nossa paciência?", disse FHC, elevando a voz. "Estamos numa situação calamitosa no Brasil, que causa repulsa e indignação."

Em seguida, Fernando Henrique deu declarações que foram consideradas por muitos dos presentes como indiretas à candidata Marina Silva. "Não é com convicções arraigadas mas equivocadas que se muda o país. Não é só com boa vontade que as coisas mudam."

O ex-presidente encerrou o seu discurso: "Vamos ser francos: eleição se ganha no dia. Estamos aqui para apelar. E eu apelo mesmo. Minhas palavras não são de desespero, mas de convicção. E também não sou ingênuo. Com fé e convicção, vamos mudar esse país".

  Escrito por Magno Martins, às 05h52
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
''Linha auxiliar uma ova''

Ver imagem no Twitter

Ygor Salles - Folha de S.Paulo

Se nos primeiros debates presidenciais o candidato verde Eduardo Jorge foi o que mais chamou a atenção nas redes sociais, no de hoje(ontem) o troféu foi para Luciana Genro, do PSOL.

O ponto alto do debate dos presidenciáveis promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) foi em um dos poucos embates diretos envolvendo Luciana e o candidato tucano, Aécio Neves.

Minutos antes da briga, Aécio havia atacado a presidente Dilma Rousseff pelos casos de corrupção da Petrobras. Em seguida, pelas regras do debate, o tucano perguntou a Luciana sobre educação.

Porém, Luciana praticamente ignorou a pergunta para dizer que PSDB e PT seriam iguais no tocante da corrupção. Para isso, ela citou o mensalão tucano e o cartel dos trens no governo paulista, comandado pelo PSDB.

Na réplica, Aécio disse que Luciana atuava como “linha auxiliar do PT” –a candidata, assim como quase todo o PSOL, é dissidente do partido. No que ela retrucou: “Com todo o respeito, linha auxiliar do PT uma ova!”

A frase gerou uma série de memes quase que imediatamente.

Ver imagem no Twitter 

Don't cry for me Br @lahmk

Com todo respeito, mas Romero Britto UMA OVA

 

aline @tdbem

luciana disse 'uma ova' mas nossos técnicos em leitura labial viram que ela disse mesmo LINHA AUXILIAR É O CARALHO

  Escrito por Magno Martins, às 05h50
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
SP: reintegração termina em incêndio, prisões e feridos

Tumulto ocorreu durante remoção de famílias de hotel no Centro

A reação à reintegração de posse do prédio do Hotel Aquarius, na Avenida São João, parou o Centro de São Paulo ontem. Sem-teto e Polícia Militar (PM) entraram em confronto. O tumulto se espalhou por ruas da região e foram vários os atos de vandalismo.

Um ônibus foi incendiado perto do Theatro Municipal. Estações do Metrô e o comércio fecharam as portas. Houve tentativas de saques. Trinta linhas de ônibus deixaram de circular na região. Ao menos seis pessoas ficaram feridas, segundo a Polícia Militar (PM).  (Do Portal G1)

Leia mais clicando aí:  Reintegração termina com ônibus incendiado, prisões e feridos em SP

 

  Escrito por Magno Martins, às 05h45
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
A voz foi o ponto fraco de Marina no debate da CNBB

 Marineiros atribuíram o desempenho discreto da ex-senadora no debate da CNBB às falhas em sua voz. Assessores querem convencê-la a cortar viagens e comícios para não comprometer as gravações de TV. revela a Folha de S.Paulo desta quarta-feira. Diz ainda o jornal que a campanha de Dilma Rousseff (PT) vai ampliar os ataques a Marina na TV.

Em peça que vai ao ar hoje, dirá que as propostas da rival representam 'um grande risco para programas sociais como o Minha Casa, Minha Vida e o ProUni'. A propaganda afirma que Marina vai reduzir subsídios de bancos públicos. Atores vestidos de empresários olham tensos para gráficos em queda. "Isso significaria menos financiamento para a agricultura familiar e a indústria", diz o locutor.

Enquanto isso o comitê de Dilma Rousseff (PT) voltou a trabalhar com a hipótese, ainda considerada remota, de Aécio Neves (PSDB) ir ao segundo turno. Um estrategista da presidente aposta no 'derretimento' de Marina Silva (PSB), embora ela só tenha recuado um ponto no Ibope. O tucano subiu quatro.

  Escrito por Magno Martins, às 05h40
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Renovação? De que, quando e onde?

 NA CARA DA SOCIEDADE - Pesquisa inédita do Ibope indica que os apelos por renovação na política não mudarão o perfil da Câmara dos Deputados nos próximos quatro anos. Em São Paulo, os cinco candidatos que despontam na frente são Tiririca (PR), Celso Russomanno (PRB), Paulo Maluf (PP), Baleia Rossi (PMDB) e Pastor Marco Feliciano (PSC). Os partidos dos três principais candidatos à Presidência, PT, PSB e PSDB, não têm nenhum puxador de votos entre os favoritos no maior colégio eleitoral do país. A informação é de Bernardo Mello Franco, na sua coluna hoje da Folha de S.Paulo.

Recordista de votos em 2010, aa diz o colunista --Tiririca caminha para terminar o primeiro mandato sem ter feito um único discurso na tribuna. Feliciano, 12º mais votado há quatro anos, foi alçado ao top 5 após ficar famoso por declarações de tom homofóbico.

Maluf e Russomanno são velhos conhecidos do eleitor. Baleia Rossi é filho de Wagner Rossi, o ex-ministro da Agricultura "faxinado" no início do governo Dilma sob suspeita de irregularidades.

  Escrito por Magno Martins, às 05h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Baixaria: abstenções em alta

 Continua impávida a baixaria na campanha presidencial. Na propaganda gratuita pelo rádio e a televisão, bem como em suas entrevistas quase diárias, a presidente Dilma não poupa Marina Silva, prática na qual lançou-se o Lula, nos últimos dias. Esse furor inusitado pode ter suas razões no medo de o PT perder o poder, em outubro.

Engana-se quem supuser que o eleitorado aplaude essas agressões ou, pelo menos, dá de ombros. Os institutos de pesquisa pulam por cima das causas do distanciamento popular diante do processo sucessório, mas poderão surpreender-se com o número de abstenções, votos em branco e votos nulos. (Carlos Chagas)

  Escrito por Magno Martins, às 05h20
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Os juízes sem teto
 O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, determinou que juízes federais que morem em cidades sem residência oficial disponível recebam auxílio-moradia. Digamos que o caro leitor seja transferido por seu empregador para outra cidade. Receberá auxílio para instalar-se, se a empresa for generosa, e depois pagará suas despesas.

Mas juiz é diferente. O Brasil tem hoje 1.471 juízes federais e 131 desembargadores federais, segundo o Anuário da Justiça Federal 2014. (Carlos Brickmann)
  Escrito por Magno Martins, às 05h15
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
STF estende auxílio-moradia a juízes federais

 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux estendeu o auxílio-moradia a todos os juízes federais do país que não possuem residência oficial na localidade em que trabalham. A medida tem caráter liminar e foi concedida ontem, mesmo dia em que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou parecer favorável à concessão da liminar, sem efeitos retroativos, com regulamentação a ser determinada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A medida pretende equiparar a situação dos juízes federais com a de outros magistrados e também com a de membros do Ministério Público. Na decisão, Fux considerou que o CNJ "já reconhece o direito à ajuda de custo para fins de moradia aos magistrados e conselheiros que lá atuam".  (De Veja)

Leia a continuação clicando aí:  Supremo estende auxílio-moradia a juízes federais

  Escrito por Magno Martins, às 05h10
 
Comentários Comentários (3) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Dilma e Aécio: principais alvos em debate tenso na CNBB

Debate entre os presidenciáveis - Foto: AP

Os candidatos à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, e pelo PSDB, Aécio Neves, foram os principais alvos de críticas e ataques em encontro organizado ontem pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que rendeu um debate um pouco mais 'tenso' entre os presidenciáveis.

Em evento pontuado por questões morais, como o direito ao aborto, o casamento gay e a legalização das drogas, os candidatos do PV, Eduardo Jorge, e Luciana Genro, do PSOL, destoaram dos demais postulantes ao confrontarem posições defendidas pela Igreja Católica. Luciana e Genro também fizeram algumas das críticas mais duras dirigidas a Dilma e Aécio.  (BBC Brasil - João Fellet)

Leia na íntegra clicando aí:  Dilma e Aécio são principais alvos em debate tenso entre presidenciáveis

  Escrito por Magno Martins, às 05h00
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Reforma do judiciário? Nem pensar

Carlos Chagas

Numa evidência a mais de que também o Poder Judiciário merece profundas reformas, tome-se a reunião da CPI da Petrobras, realizada ontem para a oitiva de Paulo Roberto Costa, cidadão preso, acusado das maiores tramoias verificadas na empresa. Durante oito anos do Lula e um de Dilma, como diretor da estatal, o personagem chefiou uma quadrilha que desviou perto de dez bilhões de reais de contratos superfaturados com empreiteiras e pagamento de propina a montes de políticos, no Congresso, nos governos estaduais e até no ministério. Para as contas particulares do réu, na Suíça, fluíram no mínimo 23 milhões.

Sabem o que acontecerá, ou já está acontecendo, se na delação for comprovada a participação de políticos corruptos e se o governo da Suíça aceitar devolver para o Brasil a quantia roubada?

Simplesmente a libertação do sacripanta. Vá um ladrão de galinhas pleitear o mesmo benefício, devolvendo as penosas tiradas do galinheiro e denunciando os comparsas que junto com ele deglutiram vastas porções de frango à molho pardo… Nem por sombra deixará de curtir anos de prisão.

Comprova-se mais uma vez a existência de bandidos e bandidos.

Clique aí e Leia mais  (Artigo na íntegra)

  Escrito por Magno Martins, às 04h40
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.