FMO

26/07


2016

Bloqueio de R$ 198 milhões da Odebrecht e Gutierrez

Obra foi orçada em R$ 705 milhões, mas é estimado que o governo estadual tenha destinado mais de R$ 1,2 bilhão ao projeto

Valor em créditos foi bloqueado no dia 5 por irregularidades na reforma do Maracanã

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu, nesta terça-feira (26), não atender à liminar da Odebrecht, que pedia o desbloqueio de R$ 198 milhões em créditos devidos a ela e à empreiteira Andrade Gutierrez. No último dia 5, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou o bloqueio devido a irregularidades na reforma do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014.

Na ocasião, os conselheiros do TCE acataram o relatório sobre pagamentos duplicados, serviços desnecessários e sobrepreços na compra de materiais. A obra do estádio foi orçada em R$ 705 milhões, mas é estimado que o governo estadual tenha destinado mais de R$ 1,2 bilhão ao projeto. Obra foi orçada em R$ 705 milhões, mas é estimado que o governo estadual tenha destinado mais de R$ 1,2 bilhão ao projeto

A reforma do Maracanã também é alvo da Operação Lava Jato. Executivos da Andrade Gutierrez afirmaram a investigadores que pagaram propina de 5% do valor do contrato ao ex-governador Sergio Cabral. No dia 22 de junho, o ex-dirigente da Andrade Gutierrez Clóvis Primo afirmou que teria autorizado o pagamento de propina ao Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE).

O tribunal que fiscalizava irregularidades nas obras do Maracanã aparece envolvido no esquema de corrupção da reforma do estádio. O mesmo executivo também disse que o pedido de propina - 1% do valor da obra - partiu de Wilson Carlos, que foi secretário de governo na gestão de Sérgio Cabral. Na ocasião, Cabral negou todas as acusações.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Agência Comunicação

26/07


2016

Temer usa o filho em ação de marketing pessoal

Blog do Josias

Michel Temer protagonizou, hoje, uma cena inusitada. Acompanhado da mulher, Marcela Temer, e de um séquito de assessores e seguranças, o presidente interino foi buscar o filho Michelzinho na escola. Visto de longe, foi o gesto delicado de um pai zeloso. Observado de perto, foi a movimentação temerária de um político que, no afã de tornar-se popular, não poupa nem a privacidade do filho.

O deslocamento de Temer foi comunicado com antecedência aos jornalistas. Ao chegar, o pai de Michelzinho, de 7 anos, acenou para filmadoras e máquinas fotográficas. Ao sair, foi abalroado pela pergunta de uma repórter: virá buscar o filho todos os dias? Temer soou conciso: “Só hoje”. O repórter Gustavo Uribe testemunhou o incômodo de outros pais com a azáfama que se formou defronte da escola. “Por que vocês não vão atrás dos corruptos? É apenas uma criança!'', afirmou uma mãe de aluno.

Num país em que João Santana, o mago do marketing petista, está preso em Curitiba, a desgraça de Dilma Rousseff funciona como um aviso: se marketing e cenografia resolvessem o problema, Michel Temer ainda seria o que ele próprio já chamou de “um vice decorativo” E Michelzinho ainda estaria frequentando a escola tranquilamente em São Paulo, a salvo das conveniências políticas do pai.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ObservatorioDoPovo

Apoiado pelo PIB (scaf, miria letão, febraban , delfin e cia .) congela \"ad perpetum\" o gasto publico passando uma baita duma rasteira em quem depende do estado. Agora já se sabe quem vai pagar o aquele pato amarelo de scaf.

ObservatorioDoPovo

Conspirou contra o governo Dilma desde a posse, durante mais de 5 anos, até mostrar para que veio ao escrever a carta com cabeçaho em latin.

ObservatorioDoPovo

Ele vai carregar até a morte o estigma de traidor. Todo mundo adora a traição mas detesta o traidor.


Sopranor 1

26/07


2016

Antônio Campos perde o apoio de quatro partidos

Dirigentes do PSL, PMB, PMN e Prona em Olinda estiveram reunidos, hoje, para definir o rumo que irão tomar, após o pré-candidato à Prefeitura de Olinda Antônio Campos (PSB) escolher, sem nenhuma discussão com os aliados, a evangélica Conceição Silva “Ceça” (PHS) para vice na sua chapa. Os quatro partidos decidiram montar uma nova frente de Oposição e amanhã (27) mesmo as suas lideranças irão se encontrar com o presidente estadual do Partido Solidariedade, deputado federal Augusto Coutinho. O grupo pode apoiar a candidatura do deputado estadual Professor Lupércio.

O ato de oficialização e anúncio do nome da vice, marcado para hoje, não contará com a presença de dirigentes e principais lideranças desses partidos, segundo anunciou uma fonte.

A primeira demonstração de insatisfação com a escolha do nome da esposa do vereador Algério (PSB), partiu do vereador Arlindo Siqueira (PSL), que a princípio negou a retirada do apoio à candidatura do PSB olindense. Mas logo em seguida o mal-estar tomou conta das outras legendas, que resolveram agir imediatamente à traição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Rafael C.Soares Quintas

Acho que Arlindo Siqueira queria se o Vice, daí a insatisfação.


Banner - Hapvida

26/07


2016

PMDB Pernambuco discute novas regras eleitorais

Ontem e hoje, o vice-governador de Pernambuco e presidente estadual do PMDB, Raul Henry, liderou reuniões com os pré-candidatos a prefeito e vereador, filiados à sigla. Os encontros tiveram como objetivo principal discutir a Campanha Eleitoral 2016 e as novas regras aprovadas na última reforma política. Entre os temas abordados, também estavam a atual conjuntura nacional, Governo de Pernambuco e os Partidos.

Com intuito de orientar os pré-candidatos, o advogado do PMDB PE, Carlos Neves Filho, conduziu as palestras e falou sobre limite de gastos para 1° e 2° turno, quantidade limite de contratação e eleitorado apto a votar nos 184 municípios do Estado. Detalhes técnicos também foram esclarecidos pelo advogado André Coutinho.

De acordo com Raul, esses aspectos, inéditos, devem ser estudados com afinco pelas equipes de todos os candidatos, e eles poderão contar com o apoio político integral do partido durante o período da eleição. “O objetivo é evitarmos equívocos desnecessários que possam colocar em risco as candidaturas e eventuais vitórias nas urnas”, afirmou.

Entre os nomes que marcaram presença, o deputado federal Kaio Maniçoba, e os deputados estaduais Tony Gel e Ricardo Costa, que vão disputar as prefeituras de Caruaru e Olinda, respectivamente. Além deles, também estiveram no encontro o empresário Clebel Cordeiro, que vai concorrer à prefeitura de Salgueiro, Edilson Tavares, candidato a prefeito em Toritama, o vereador Sargento Edson, de Itamaracá, a vereadora Aline Mariano, o vereador e Presidente do PMDB Recife, Jayme Asfora, entre outros.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2016

Impeachment: Dilma quer mais prazo para alegações

Da Folha de São Paulo

A defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, pediu, hoje, que o prazo para a apresentação das alegações finais no processo de impeachment seja prorrogado em dois dias porque os documentos do caso ficaram inacessíveis no sistema do Senado durante o fim de semana.

O prazo final para a entrega do documento é nesta quarta (27), mas se o pedido for aceito, ele poderá ser entregue até sexta (29). A decisão caberá ao presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB). À Folha, o senador disse que irá conversar com o relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), antes de dar uma resposta porque, se acatar o pedido, acabará tirando parte do tempo que o relator teria para produzir seu parecer final, que será apresentado em 2 de agosto.

O advogado de defesa da petista, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, incluirá nas alegações finais novos elementos que podem ajudar a corroborar a tese de que houve desvio de poder na deflagração do processo de impeachment contra a petista e que as acusações que pesam contra ela –pedaladas fiscais e edição de decretos de crédito suplementar sem autorização do Congresso– não configuram crime de responsabilidade.

O principal fato novo que será incluído no documento é a decisão do procurador do Ministério Público Federal no Distrito Federal, Ivan Cláudio Marx, de que as pedaladas fiscais do governo, que são atrasos nos pagamentos de valores devidos a bancos e fundos públicos, não configuram crime.

Ele arquivou, em 8 de julho, um procedimento criminal que apurava o caso. Marx levantou suspeitas sobre "eventuais objetivos eleitorais" com as pedaladas e disse que o caso "talvez represente o passo final na infeliz transformação do denominado 'jeitinho brasileiro' em 'criatividade maquiavélica'". Mas, para ele, a maquiagem não se caracteriza como crime, como apontou o TCU (Tribunal de Contas da União) em diversas decisões desde abril de 2015. Para a defesa da presidente afastada, o atraso nos pagamentos não configura operação de crédito.

Cardozo também incluirá no documento uma declaração da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), atual líder do governo interino no Congresso, em que ela disse que a presidente não estava sendo afastada do cargo por causa das pedaladas, mas sim em razão da crise política.

"Porque o governo saiu? Na minha tese, não teve esse negócio de pedalada, nada disso. O que teve foi um país paralisado, sem direção e sem base nenhuma para administrar. A população não queria mais e o Congresso também não dava a ela [Dilma] os votos necessários para tocar nenhuma matéria", disse Rose de Freitas em entrevista à rádio Itatiaia em junho.

Para o advogado, a fala da peemedebista mostra que houve desvio de poder na abertura do processo de impeachment. Esta é uma das principais teses usadas pela defesa para tentar provar que o processo foi iniciado com o objetivo de parar as investigações da operação Lava Jato.

Ele utilizará o discurso de renúncia do ex-presidente da Câmara, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para mostrar que a abertura do processo de impeachment dela se deu por uma "vingança política" do peemedebista e as gravações em que o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), conversam com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado sobre a necessidade de tirar Dilma da presidência para "estancar a sangria" da Lava Jato.

Em sua fala, Cunha afirmou que paga "um alto preço por ter dado início" ao processo. "Não tenho dúvidas, inclusive, de que a principal causa do meu afastamento reside na condução desse processo de impeachment da presidente afastada", disse. Ele decidiu acatar uma denúncia contra a petista no ano passado, quando o PT não deu garantias de que o apoiaria no Conselho de Ética da Casa.

PRÓXIMOS PASSOS

Na semana que vem, a Comissão Especial do Impeachment volta a se reunir. Na terça (2), o relator do processo, Antonio Anastasia (PSDB-MG), apresentará o seu relatório final, que deverá ser pela saída definitiva de Dilma da Presidência da República. No dia seguinte, os integrantes do colegiado discutirão o parecer e na quinta (4) votarão pela sua aprovação ou não na comissão especial.

Se for aprovado, o resultado será lido no plenário da Casa na sexta (5) e uma votação intermediária será realizada em 9 de agosto. Nela, os senadores avaliarão se há elementos concretos e suficientes para embasar o julgamento da presidente. Se a maioria simples concordar, ou seja, 41 senadores, o presidente do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski marcará a votação final. A expectativa é de que ela aconteça entre 25 a 28 de agosto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2016

Ferramenta garante captação de recursos via internet

Uma ferramenta pioneira, experimentada e dotada de segurança e eficiência na captação de recursos via internet, dentro do novo modelo de financiamento de campanhas políticas – que a partir deste ano proíbe doações de empresas e só admite pessoas físicas –, está despertando grande interesse entre pesos pesados da área política de olho nas eleições de outubro. O responsável é o jovem carioca Antônio de Andrade, 39 anos.

Filho do cineasta Joaquim Pedro de Andrade (diretor de Macunaíma, Garrincha Alegria do Povo, entre vários filmes) e da atriz Cristina Aché, há quatro anos Antônio começou a desenvolver uma plataforma para captar doações de pessoas físicas pela internet para campanhas eleitorais, tendo como base sua própria experiência na área audiovisual, onde sempre suou a camisa para levantar financiamentos às suas atividades.

Idealista e inovador, Antônio dos 23 aos 28 anos comandou o processo pioneiro de restauração digital de toda a obra cinematográfica do pai e fala com entusiasmo de sua nova invenção. “A ideia é conseguir promover uma ferramenta de captação de pessoas físicas, pela internet, seja para candidaturas individuais ou para partidos, de uma forma ampla, transparente e transversal, que uma vez disseminada, representa a possibilidade de transformar a maneira como se financia política no País e mais ainda, de mudar a forma do eleitor se relacionar com o seu candidato”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Senai 4.0

26/07


2016

O fim da novela Calabar

O suspense de quem seria o candidato a prefeito do grupo Calabar, em Taquaritinga do Norte, acabou. O nome do atual vice-prefeito, Lero Ivanildo (PDT), foi anunciado pelo deputado estadual Diogo Moraes (PSB). O vice será o empresário Gena Lins, que foi uma indicação do atual prefeito Evilásio Araújo (PSB) e seu grupo político.

Desde 2012, Lero havia externado o desejo de disputar a prefeitura e começou a costurar apoios. Ele derrotou todos os postulantes, mesmo não tendo o apoio do atual prefeito e do ex-prefeito Zeca, que eram defensores da pré-candidatura de Gena Lins. O pedetista também se mostrou mais forte nas pesquisas internas encomendas pelo partido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sesi 4.0

26/07


2016

Marinaldo define candidato da situação em Timbaúba

Vereador por seis mandatos, João Tubarão (PSB) foi referendado como candidato a prefeito da situação em Timbaúba. A chapa, que conta com o também vereador Guel na vice, foi lançada, hoje, pelo deputado federal Marinaldo Rosendo (PSB). Tubarão foi presidente da Câmara da cidade por oito anos.

João Tubarão tem o apoio do prefeito Júnior Rodrigues, que não vai disputar o pleito, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa (PDT), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) e do governador Paulo Câmara (PSB). O anúncio da chapa reuniu centenas de pessoas na casa de Recepções Tulipa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Odonto Personalité

26/07


2016

PTB retira candidatura em Serra Talhada

O pré-candidato a prefeito de Serra Talhada, Dr Nena Magalhães (PTB), anunciou que está fora da disputa. Ele ventila a possibilidade de apoiar a reeleição do prefeito Luciano Duque (PT). O petebista retirou sua postulação após uma movimentação do secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira (PR), que levou o PMDB a apoiar o seu candidato, Victor Oliveira (PR).

Nena chegou a conversar com os dois para definir quem ele poderá se aliar. No entanto, já descartou apoio ao republicano. Nena teria ficado chateado com Sebastião porque as costuras do PR impediram a candidatura do petebista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Naipes

26/07


2016

TCE julga nesta quarta as contas de Eduardo Campos

O Tribunal de Contas do Estado realizará uma sessão especial, amanhã, para analisar as contas do último ano de gestão do ex-governador Eduardo Campos (2014). A relatora do processo é a conselheira Teresa Duere. A sessão começa às 9 horas, após, o presidente Carlos Porto iniciará a reunião do Pleno, onde constam em pauta 14 processos.

Eduardo Campos respondeu pela gestão de janeiro a abril daquele exercício. Foi sucedido pelo vice-governador João Lyra Neto após renunciar ao mandato para se candidatar à Presidência da República.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2016

Paulo Câmara oficializa chapa da situação em Floresta

O povo com a Notícia

Na manhã desta terça-feira, o governador Paulo Câmara (PSB) chancelou a chapa “União de Floresta”, tendo como pré-candidato a prefeito Obadias Novaes (PSD) e sua vice Izabella Maniçoba (PSB).

O encontro, que aconteceu no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, contou com a presença do deputado federal Kaio Maniçoba (PMDB), do deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD), da atual prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba (PSB), e seu esposo Dário, do presidente da Câmara de Vereadores, Murilo Almeida (PCdoB), da diretora da GRE Floresta Dilma Marques, e do empresário Eugênio Novaes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

sonia

BLOG BRASIL VERDE E AMARELO

sonia

LULA FOI CONDUZIDO ?????????????????????????????????????????????? FOI PARA CURITIBA ????????????? VERDADE OU MENTIRA ????????????????????????????????????????????? BLOG VERDE E AMARELO



26/07


2016

Pré-candidato em Itapissuma ouve a juventude

Os jovens de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, a 45 km da capital, compareceram a plenária da “Juventude 22” para discutir com o pré-candidato a prefeito pelo PR, Clovis Cavalcanti, problemas como abandono, falta de perspectiva e capacitação para um futuro promissor.

Foram colhidas sugestões para que a realidade dos jovens da cidade melhore. Na ocasião, foram lembradas ações realizadas nas duas gestões de Clovis enquanto prefeito, como o “Projeto Espaço Futuro” para reinserção social da criança e adolescente, o Programa de Ressocialização de Jovens envolvidos com drogas, o Programa de Assistência e Orientação à Adolescente Gestante, entre outros. “Esse foi um evento que a juventude teve voz e vez, pois essa classe se encontra abandonada e desestimulada por falta de políticas públicas da atual gestão municipal”, afirmou Clovis.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

BM4 Marketing

26/07


2016

Mais da metade do eleitorado reprova Governo Elias

A administração do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), é desaprovada por mais da metade dos entrevistados na pesquisa eleitoral divulgada hoje pelo Instituto Opinião, com exclusividade para o blog. Segundo o levantamento, 52,6% disseram estar insatisfeitos com a gestão, enquanto 38,8% disseram gostar. Os que não responderam somam 8,6%. 

A rejeição ao tucano é ainda maior no eleitorado que tem ensino superior, sendo 62,2% do entrevistados. Com relação ao sexo, 54,1% dos homens desaprovam o governo de Elias, enquanto 51,3% das mulheres entrevistadas disseram não gostar da administração dele. 

Já no quesito faixa etária, a insatisfação é maior entre os com idades que vão de 25 a 34 anos, seguido dos com idade entre 45 a 59 anos. Eles somam um percentual de 60,5% e 58,3%, respectivamente. Na renda familiar, a desaprovação chega a 65,4% entre os que ganham de três a cinco salários mínimos. A pesquisa, feita entre os dias 20 e 21 de julho deste ano, tem margem de erro de 4,4 pontos percentuais e foi feita com a modalidade Survey, cuja técnica usada é a de questionários. Foram 500 entrevistas.

A pesquisa apontou ainda que dos que aprovam a gestão de Elias, a maioria, 55,7%, tem idade entre 16 e 24 anos, seguido dos com mais de 60 anos (39,2%). No item grau de instrução, o tucano se mostrou mais forte entre os que têm somente até a 4 série (49,4%) e com o ensino médio (37,8%). Sobre a renda, a aprovação é maior entre os entrevistados que ganham entre um e três salários mínimos, sendo 41,5%.

As entrevistas foram realizadas nas seguintes localidades: Alto da Colina, Barra de Jangada, Cajueiro Seco, Candeias, Cavaleiro, Centro, Comportas, Cristo Redentor, Curado, Dois Carneiros, Engenho Velho, Floriano, Guararapes, Jangadinha, Jardim Jordão, Jardim Prazeres, Manassu, Marcos Freire, Massaranduba, Muribeca, Pacheco, Padre Roma, Piedade, Prazeres, Santana, Santo Aleixo, Socorro, Sucupira, UR11, Vila Rica, Vista Alegre e Zumbi do Pacheco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Márcio Calheiros

26/07


2016

Jaboatonenses aprovam Câmara e reprovam Temer

A gestão do governador Paulo Câmara (PSB) e a do presidente interino Michel Temer (PMDB) estão em lados opostos na opinião dos jaboatonenses entrevistados na pesquisa eleitoral do instituto Opinião, divulgada hoje, com exclusividade para o blog. Enquanto 47,4% aprovam o socialista, o contrário acontece com o peemedebista, em que 49,4% responderam que estão insatisfeitos com o seu governo. Segundo o levantamento, 36,6% desaprovam Câmara e 16% não responderam. Já Temer, caiu na graça de apenas 26,4% dos entrevistados.

A pesquisa mostrou ainda que a aprovação da gestão de Câmara chega 60% entre os que têm idade entre 16 e 24 anos e a 51,6% entre aqueles que têm apenas o ensino fundamental (5 a8 série). Com relação a renda familiar, 50% dos que aprovam ganham até um salário mínimo, 46,9% ganham de um a três salários e 45,6% recebem mais que cinco. No quesito sexo, 49,4% dos satisfeitos com Câmara são homens e 45,7% são mulheres.

Já entre aqueles que não gostam do governo que o socialista faz, 48,2% tem idade entre 25 e 34 anos e 35,8% tem de 49 a 50 anos. No item renda, câmara se sai pior entre aqueles que recebem de três a cinco salários mínimos (46,6% dos entrevistados). Sobre o grau de instrução, 41,2% dos insatisfeitos com câmara tem o superior completo.

Na parcela que desaprova a administração de Temer, a maioria é mulher (54,2%), têm entre 25 e 34 anos (53,5%), tem escolaridade nível médio (51,3%) e ganha de três a cinco salários mínimos (59,6%). Já entre os que gostam da gestão do presidente interino, a maior parte são homens (34,2%), têm entre 16 e 24 anos (36,7%), têm ensino superior (33,3%) e recebem mais que cinco salários (38,6%).

A pesquisa foi feita entre os dias 20 e 21 de julho, a partir de 500 entrevistas. A margem de erro é de 4,4 pontos percentuais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


26/07


2016

Antônio Campos anuncia nome de vice em sua chapa

Seguindo a convicção de oferecer um projeto genuinamente novo à população olindense, o Movimento Muda Olinda definiu o nome que ocupará o cargo de vice na chapa encabeçada por Antônio Campos. A escolhida para o posto foi a professora Conceição da Silva, conhecida como Ceça na comunidade de Peixinhos, onde desenvolve projetos sociais como a Associação Nossa Voz em Ação, que oferece um conjunto de atividades educativas, culturais e assistenciais para famílias em situação de vulnerabilidade. O nome será lançado oficialmente nesta terça-feira, às 19h, no escritório político da coligação, no Largo do Amparo.

Esposa do vereador Algério A Nossa Voz (PSB), Ceça, que integra a comunidade evangélica do município, não esconde o entusiasmo com a pré-candidatura. “A cidade clama por um novo jeito de fazer política e um novo modelo de gestão que cuide efetivamente dos olindenses. Não dá para tratar as demandas de Olinda de forma isolada. E da mesma forma que os problemas se comunicam, as soluções precisam ser trabalhadas de forma intersetorial, dialogando com a população e com todas as organizações interessadas”, pontuou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores