Busca


Coluna do Blog
Deixou de ser assombração


Destaques
Geraldo pede esforços aos aliados pela eleição de Aécio
Amaral "está passando dos limites", afirma Geraldo
Dirceu pede ao STF para cumprir pena em casa
Escândalo na Petrobras tumultua eleições, diz NY Times
Salgueiro faz sua 1ª Bienal com grande sucesso
Sem-terra protestam e ocupam sedes do Incra em SP
Tucanos ‘ajoelharam diante do FMI’, afirma Dilma no RJ
Lula diz que Dilma não terá problemas com Paulo Câmara
Citada por delator, Gleisi se diz vítima de ‘denuncismo
Dilma posa, discursa, mas não pede votos a Crivella


Opinião


PR sob o signo da trairagem - José Adalberto Ribeiro
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

13
10/13
Acredite, dona Evani, de Passo Fundo, fugiu para Pasárgada

DO BLOG DE RENATO RIELLA

Se o pessoal do Fantástico já tivesse descoberto o Facebook (descobrem sempre com duas semanas de atraso), o grande destaque da semana seria a aposentada Evani Maria Rossal Saraiva, de 63 anos, que descobriu o endereço de Pasárgada, o paraíso do poema de Manoel Bandeira.

Ela virou sucesso nacional, só porque pegou o carro e fugiu de casa, na Rua Uruguai, em Passo Fundo (RS), no dia 1º de outubro, provavelmente à procura de Pasárgada. Neste dia, o filho Vinícios esteve na casa dela e encontrou um bilhete de despedida.

Vinícios aguardou uma semana e depois fez registro de desaparecimento na Polícia. Conforme a ocorrência, Evani levou algumas mudas de roupa e o “carro da família”, um Fiat Palio vermelho, de placas IRS 2241.

A grande surpresa do mundo cibernético foi ver que, lendo a notícia do desaparecimento no Facebook, a super Evani respondeu (ela usa sempre letras maiúsculas):

NÃO ESTOU DESAPARECIDA . ESTOU BEM . O CARRO NÃO É DA FAMILIA, É MEU. AS CONTAS EM PASSO FUNDO TODAS PAGAS. RESOLVI PASSEAR. DEIXEI BILHETE PARA MEU FILHO VINICIOS, QUE NÃO SE PRONTIFICOU A ME CUIDAR, JÁ QUE EU EXTRAI CINCO DENTES E TENHO DIABETE. UMA ENTEADA QUE É ENFERMEIRA ME CUIDOU , AGORA NÃO PRECISO DE CUIDADOS E RESOLVI PASSEAR.

Imediatamente, Evani virou modelo para centenas (milhares de brasileiros), que vivem insatisfeitos com a vidinha vivida em família. Uma infinidade de comentários no Facebook transformou Evani na personalidade da semana e nos faz rir e pensar na vida.

Coisas assim: “É isso aí, Dona Evani. Ripa na chulipa. Vai ser feliz”. No Facebook, Cristina Menezes, da Universidade Federal do Paraná, foi uma das pessoas que vibrou com a história. E deu um conselho à fugitiva: “Quando voltar, troque as fechaduras da casa”.

Mesmo com tanta receptividade, Dona Ivani voltou a se comunicar pela rede. Disse que fala todo dia pelo telefone com os netos Ian e Mateus. E desabafou, dirigindo-se ao filho: “Pensou que eu fiz como você, quando fugiu de casa com Lorelaine Rossal. Me roubaram. Fizerem empréstimo com meu cartão, que estou pagando até hoje. Chaviei o quarto com medo de você roubar novamente o carro, que não é da família. É meu. Está no meu nome e está pago. Já te dei faculdade, você está trabalhando”.

E ela prosseguiu, lavando a roupa da família no Facebook: “Já te dei todos os eletrodomésticos, já que você quis ir morar sozinho, sendo você meu filho adotivo. Bem que teu pai não queria. Ele tinha razão. Você tinha 1.600 gramas, era prematuro. Esse é o pagamento por criar filhos dos outros”.

E nesse ponto Dona Evani deixou de ser uma mera fugitiva em busca de Pasárgada, para tornar-se uma ativista em defesa das pessoas mais velhas, abonadas e com aposentadorias, que são exploradas por filhos, enteados, noras e filhos adotivos neste Brasil sem lei. Ela vai acabar se elegendo deputada federal.

O certo é que Ivani entrou nas listas dos herois eventuais brasileiros – mito, modelo. Recebe a todo momento “parabéns pela atitude e pela coragem de desabafar”. E desperta propostas de todo tipo, sempre escritas em caps lock (maiúsculas), no estilo que lançou no Facebook.

Um rapaz chamado Jorge Wagner, por exemplo, escreveu: “Dona Evani, casa comigo. Me leva pra passear no carro que é seu, não da família. Vamos sair por aí, tirando fotos incríveis, tirando dentes e escrevendo tudo em caps lock para celebrar a vida e a liberdade. E essas coisas todas mais”.

Lucélia, outra internauta, lembrou do Lulu Santos e disse: “Garota eu vou pra Califooornia.. viver a vida sobre as ondas… eu vou com a DONA EVANIII … e o filho dela vai ficar!”

Já Willian Rocha botou as barbas de molho e confessou: “D. Evani, obrigado por mudar minha vida. Vou lá mimar a minha mamãe”.

O mais engraçado de todos foi Marcelo Poletto, que lembrou do caso policial do Rio e lançou a pergunta: “Dona Evani, o Amarildo tá contigo?”

Quem quiser se divertir mais, procure uma produção com fotos que mostra Dona Ivani nos lugares mais incríveis do mundo – e morra de inveja:

http://donaevaniontheroad.tumblr.com/

  Escrito por Magno Martins, às 02h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.