Sopranor 1

29/08


2015

Planalto: 18 mil funcionários. Casa Branca: 456

Do blog Diario do Poder

Planalto tem 18 mil funcionários. A casa Branca tem 456

A presidente Dilma tem sob seu comando mais de 18,2 mil funcionários na Presidência da República, segundo o último boletim de pessoal do Ministério do Planejamento. Antes de anunciar que quer cortar só 3% de cargos, ela levou para a barra da calça, com todas as boquinhas, a Agência Nacional de Aviação Civil, em 2012, e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários, em 2013, além de ABIN, AGU, CGU, IPEA ... A Casa Branca, sede da Presidência dos EUA, tem 456 funcionários.

ANAC, ANTAQ, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada e a Agência Brasileira de Inteligência somam 2,4 mil cargos à estrutura inchada.

A Controladoria-Geral da União e a Advocacia-Geral da União têm o grosso dos cargos com 2.464 e 9.199 funcionários, respectivamente.

Impressiona o fato de a Presidência manter mais de 6 mil funcionários “trabalhando” fora do Distrito Federal. Cerca de 1,1 mil no RJ e em SP.

Desde que chegou à Presidência, Dilma criou mais de 14 mil cargos comissionados e está prestes a atingir a marca de 100 mil boquinhas.  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


29/08


2015

Cientista negro dos EUA barrado em hotel de SP

Primeiro neurocientista negro a se tornar professor titular da Universidade de Columbia, em Nova York (EUA), Carl Hart, 48, foi barrado na quinta-feira (27) na entrada do hotel cinco estrelas onde se hospedaria e ministraria uma palestra a convite do seminário do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim), em São Paulo.

Resolvido o imbróglio, Hart percebeu que era o único negro no auditório no qual falou para advogados criminalistas e juízes. "Vocês deveriam ter vergonha disso", disse ele à plateia.

Procurada, a administração do hotel Tivoli Mofarrej, nos Jardins, informou que não havia mais ninguém da assessoria de imprensa deles e, portanto, só poderia tratar do assunto na segunda-feira (31).

A palestra de Hart no evento foi sobre como a guerra às drogas tem sido usada para atingir certos grupos sociais mais vulneráveis, entre eles, jovens pobres e negros, em lugares como o Brasil e os EUA.

Em entrevista à Folha, Hart, que pesquisa drogas há 20 anos, disse que sua percepção sobre o assunto mudou drasticamente quando começou a "olhar para quem estava preso por crimes ligados às drogas nos EUA".

"Apesar de os negros serem menos da metade dos usuários de drogas nos EUA, eles compõem muito mais da metade dos presos por causa de drogas. Um em cada três jovens negros americanos serão presos pelo menos uma vez na vida por causa das leis de drogas", explicou. "Ou seja, a guerra às drogas tem sido usada para marginalizar os pobres." (Folha de .Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Hapvida (novo)

29/08


2015

Processada por Lula, Época volta ao ataque

A revista Época que circula nesta semana voltou a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Reportagem principal da revista das Organizações Globo, da família Marinho, retrata o ex-presidente como "lobista informal" da construtora Odebrecht em Cuba.  Citando "telegramas secretos do Itamaraty" e documentos confidenciais do governo brasileiro, em que burocratas descrevem as condições camaradas dos empréstimos do BNDES às obras da Odebrecht em Cuba, a reportagem assinada por Thiago Bronzatto atesta que "sim, Lula intermediou negócios para a Odebrecht em Cuba"..

O Porto de Mariel em Cuba recebeu financiamento de US$ 898 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Desde que os Estados Unidos e Cuba reataram suas relações diplomáticas, Mariel tem sido considerado como estratégico para o comérgio na região. O Brasil é o segundo maior parceiro comercial de Cuba. À medida em que a ilha socialista iniciar e ampliar negócios com os Estados Unidos, melhores condições econômicas as empresas brasileiras terão para instalar subsidiárias em Cuba e, dali, vender produtos para o mercado americano.

A credibilidade da revista Época não anda de vento em popa. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com ação, na semana passada, por reparação de danos morais contra os jornalistas Diego Escosteguy, Thiago Bronzatto e Filipe Coutinho, todos da revista Época. Bronzatto e Coutinho são os repórteres que assinam as oito páginas de reportagens da edição de 20 de abril que acusam Lula de ser operador de esquema de corrupção; Escosteguy é editor-chefe da publicação semanal da Editora Globo.

“A matéria está repleta de falácias e afirmações vis – todas, sem exceção de uma sequer – divorciadas das práticas éticas e sensatas do bom jornalismo. [Os autores da reportagem] imputaram a Lula a prática de conduta criminosa sem um fiapo sequer de prova”, afirma a ação, protocolada na 12ª Vara Cível de Brasília no último dia 21 de agosto. O Instituto Lula expôs as inúmeras incorreções das reportagens, em detalhes, em esclarecimento público intitulado “As sete mentiras da capa de Época sobre Lula”. (leia mais).

Aqui: leia mais - Reportagem completa


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

sonia

Vem comunistas, VEM

sonia

Eu sertanejo vou ficar calado... Pajejú vem petistas, petistas...

Rafael C.Soares Quintas

Não sei até quando Lula vai ser blindado, provas já existem demais, o que tá faltando para denunciá-lo? Só os \"Sem influência\" são denunciados ou presos?

LUIZ MAIA

Este grupo mafioso ainda está no poder porque faltam homens com um mínimo de dignidade para colocar todos eles num presídio de segurança máxima. Sou radical e não acredito noutra solução que não seja através da intervenção militar. Breve os homens dos botões dourados tomarão para si a responsabilidade de sanear o Brasil de Norte ao Sul do País.

sonia

Pare de roubar, PT. Lula ladrão. Comunistas safados ! O presidente do BNDES mentiu na CPI, CADEIA PARA ESSES LADRÕES, eu como brasileiro ESTOU PENSANDO ...


TCE

29/08


2015

Gastos sem controle

Quando a CPMF deixou de ser cobrada, em 2008, o governo aumentou a Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos de 8% para 15% (anteontem, o Congresso aprovou nova subida, agora para 20%) como forma de compensar esta perda.

Sem falar no IOF, que também subiu imediatamente após a CPMF ser extinta em janeiro em 2008 e hoje arrecada cerca de 30 bilhões de reais por ano (até 2007, a arrecadação com o IOF passava pouco dos 10 bilhões de reais).

Ou seja, o governo está recriando a CPMF, mesmo tendo vorazmente compensado sua extinção de outras formas, pela evidente incapacidade de controlar seus gastos  (Lauro Jardim - Veja)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


29/08


2015

As tais emendas parlamentares

São muitas as críticas nos partidos, quando estão na oposição, e dos intelectuais às emendas parlamentares. Elas existem desde sempre com a diferença que agora passaram a ser impositivas.

Os que já foram ministros de governo, neste e em outros, argumentam que essa é a forma de os deputados levarem recursos para suas bases (ou distritos eleitorais).

Na esmagadora maioria das vezes, essas emendinhas viabilizam as maiores obras dos prefeitos. São verbas para erguer postos de saúde, escolas, creches, ginásios e, até, arcar com transporte escolar para cidades onde há ensino médio ou faculdade. Se o voto distrital for adotado, essa característica será acentuada. (Ilimar Franco - O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Celson Melo

29/08


2015

Nova derrota?

Prepara-se o governo para colher nova derrota no Congresso. Não há hipótese de deputados e senadores aprovarem o retorno da CPMF, como será proposto nos próximos dias pelo palácio do Planalto.

A infeliz ideia deve-se ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, esperando arrecadar 84 bilhões desse novo imposto sobre o cheque.

Sofrerão pobres e ricos, apesar do chamariz alardeado pelo governo, de que parte desses recursos serão destinados a Estados e Municípios. O antigo imposto era para recuperar a saúde pública, mas foi usado para todo tipo de desvios e trambiques.

Agora, perderam a vergonha, admitindo que o novo atenderá reclamos de governadores e prefeitos. Felizmente, deverá malograr mais esse esbulho.  (Carlos Chagas)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

LUIZ MAIA

Este grupo mafioso ainda está no poder porque faltam homens com um mínimo de dignidade para colocar todos eles num presídio de segurança máxima. Sou radical e não acredito noutra solução a não ser através da intervenção militar. Breve os homens dos botões dourados tomarão para si a responsabilidade de sanear o Brasil de Norte ao Sul do País.

sonia

O satanás tá esperando Lula , Fidel, Chaves, Evo Morales e mais esses safados petista por esse blog passa.

Nehemias Fernandes Jaques

Aécio Neves outra vez acusado, por que o psdb é blindado? https://www.youtube.com/watch?v=kTELFy8m... Geraldo Alckmin acusado pela Siemens concessionária do metro. http://www.valor.com.br/politica/3368844... O caso das privatizações utilizando recursos das próprias empresas estatais através dos fundos de pensão, uso de moedas podres, as offshores do José Serra etc. Não sou defensor de partido politico e nem gosto deles, mas quando se trata de Psdb nunca são punidos.

Nehemias Fernandes Jaques

Coxinhas não enxerga nem de óculos: CEGUEIRA SELETIVA! - TRENSALÃO -LISTA DE FURNAS - SUIÇALÃO - AEROPORTO DE CLAÚDIO - 4,3 BILHÕES DESVIADO DA SAÚDE EM MINAS - MENSALÃO DO PSDB - ZELOTES - PRIVATARIA TUCANA - SIVAM - PASTA ROSA - SATIAGRAHA - BANESTADO

Nehemias Fernandes Jaques

A CPMF NUNCA DEVERIA TER ACABADO.



29/08


2015

Corrêa usou e-mail com nome de Nossa Senhora

Do Diario de Pernambuco

Segundo o Ministério Público Federal, a conta era usada para combinar pagamentos com o doleiro Alberto Youssef

O ex-assessor parlamentar Ivan Vernon, que trabalhou no gabinete do ex-deputado Pedro Corrêa (PP/PE), afirmou em depoimento à Justiça Federal que após a cassação do ex-parlamentar no Mensalão, em março de 2006, ele passou a usar um e-mail em nome de Nossa Senhora Aparecida Consultoria. Segundo o Ministério Público Federal, a conta era usada para combinar pagamento de propina com o doleiro Alberto Youssef, personagem central da Lava-Jato. Vernon foi interrogado em ação que responde por lavagem de dinheiro, organização criminosa e peculato.

Ivan Vernon foi questionado pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações da Lava-Jato, sobre contas de e-mails usadas por Pedro Corrêa. “nsa.c@uol.com.br?”, perguntou Moro. “nossasenhoraaparecida.consultoria@uol.com é o e-mail do ex-deputado Pedro Corrêa. Antes, a conta era dep.pedrocorrea@uol com. Depois da cassação se transformou nesse endereço eletrônico”, disse Vernon.

Pedro Corrêa está preso desde 10 de abril, quando foi deflagrada a Operação A Origem, desdobramento da Lava-Jato. Na denúncia da Procuradoria, a força-tarefa da operação afirma que Corrêa mandou um e-mail da conta nsa.c@uol.com.br, em 22 de dezembro de 2010, para Alberto Youssef para “tratar do fornecimento de informações de contas bancárias e valores para depósitos das vantagens indevidas oriundas da diretoria de Abastecimento da Petrobras”.

“No referido e-mail, cujo assunto era ‘número das contas’, o denunciado Pedro Corrêa repassa informações de agências bancárias, números de contas, bem como os nomes de quatro pessoas físicas associadas a valores que chegam a R$ 100 mil para que Alberto Youssef efetuasse o repasse da vantagem indevida. Entre as pessoas interpostas utilizadas para o recebimento da propina encontra-se a denunciada Márcia Danzi”, diz a denúncia do Ministério Público Federal.

O PP, com PT e PMDB são suspeitos de lotear diretorias da Petrobras, entre elas a de Abastecimento, para arrecadar entre 1% e 3% de propina em grandes contratos, mediante fraudes em licitações e conluio de agentes públicos com empreiteiras organizadas em cartel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

Adilson

Será que isto é mais grave do O cunha ter usado a conta da Igreja para milhões em transferências????

Adilson

Qual importância tem isso???


Petrolinaq

29/08


2015

Prefeitura: a crise chegou lá

Marisa Gibson - Coluna Diario Político

Cortes e votos - Em tempos de crise, para cada funcionário terceirizado demitido por qualquer governo pode-se computar um voto a menos nas urnas. Pois é, a recessão está deixando o país assustado e essa tensão atinge também a Prefeitura do Recife. E, hoje, um sábado, o prefeito Geraldo Julio (PSB) reúne-se com o núcleo de gestão para analisar mais uma vez a realidade orçamentária do município e avaliar se os cortes de despesas já efetuados são ou não suficientes.

Os anúncios só serão feitos na próxima semana e, candidato à reeleição, o prefeito sabe que pisa num terreno movediço. Quem perde o emprego não quer saber se o corte é resultado de uma crise nacional, estadual ou municipal. A esfera de poder mais próxima é que é responsabilizada. Basta ver a reação dos amarelinhos – orientadores de trânsito terceirizados –, que ameaçam greve numa tentativa de reaver a decisão de demissões.

Vistos com simpatia pelo recifense, os amarelinhos, até pela cor, encarnam a gestão socialista. Mas esse batalhão vai diminuir, não havendo greve nem projeto político que mude essa realidade. O secretário de Mobilidade, João Braga, é realista: “Será feita uma racionalização, mas para isso tem que haver demissões”, afirmou em entrevista a uma emissora de rádio, sabendo que os prejuízos político-eleitorais vão aparecer.

Afinal, governo algum atravessa impune uma recessão. A sorte da presidente Dilma e dos governadores é que eles  têm mais de três anos pela frente. Até lá, se a economia se recuperar, pode ser que essa fase  ruim esteja esquecida.

Os prefeitos, porém,  não têm esse prazo – a campanha já está batendo à porta de todos os gabinetes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


29/08


2015

Patriota comemora retomada da Transnordestina

A presidenta Dilma Rousseff assinou, ontem, a ordem de serviço de um lote da Ferrovia Transnordestina, que vai interligar dois portos do Nordeste ao Sertão do Piauí. O empreendimento faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento e vai entregar 1.753 quilômetros (km) de ferrovias, que farão conexão entre os portos de Pecém, no Ceará, de Suape, em Pernambuco, e a cidade piauiense de Eliseu Martins.

O deputado Gonzaga Patriota (PSB) é autor do projeto de lei nº 1125/1988, que incluiu a ligação ferroviária de Pernambuco na relação descritiva das ferrovias do Plano de Viação, instituído pela lei nº 5917, de 10 de setembro de 1973, incluindo a ligação Salgueiro-Araripina denominada Ferrovia do Gesso. Esse projeto transformou-se na lei nº 9.060/1995, que popularmente é conhecida como Ferrovia Transnordestina.

O parlamentar também é o autor do Projeto de Lei nº 6328/2005, que denomina a Ferrovia Transnordestina de “Ferrovia Miguel Arraes de Alencar”, aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), da Câmara dos Deputados, em 2009. “Pra quem nasceu em uma estação de trem, foi ferroviário, telegrafista e maquinista, fico muito feliz com essa notícia. Agora minha luta maior será pela interligação da hidrovia do São Francisco com a Bacia Amazônica, essa seria a única maneira de salvar o Velho Chico,” disse Gonzaga Patriota.

A presidenta dará início às obras do Lote 4 do trecho Missão Velha-Pecém. Mais três dos 11 lotes da parte cearense da ferrovia, que terá 526 km, estão em obras e sete ainda não começaram. Assim como as demais etapas do contrato, a execução ficará por conta da empresa Transnordestina Logística S.A.

O trecho que terá as obras iniciadas hoje tem 50 km e compreende os municípios de Acopiara e Piquet Carneiro. O lote faz parte do eixo cearense da ferrovia, que tem como objetivo escoar a produção agrícola e mineral da região, promovendo a exportação dos produtos brasileiros pelo Norte do país. Nos últimos anos, o governo federal tem investido em novas rotas de escoamento que fujam da forte concentração atual nas regiões Sul e Sudeste.

Ferrovia

Os mais de 1.700 km da ferrovia vão percorrer 81 municípios de Pernambuco, do Piauí e Ceará. Trabalham hoje nas obras dos três estados cerca de 6 mil trabalhadores. Quando estiver funcionando, a ferrovia poderá transportar até 30 milhões de toneladas de produtos, como minério de ferro e grãos, por ano, de acordo com a Transnordestina Logística.

Fazem parte ainda da construção os trechos Salgueiro-Suape, em Pernambuco, Trindade-Eliseu Martins, de Pernambuco ao Piauí, Missão Velha-Salgueiro, do Ceará a Pernambuco, e Salgueiro-Trindade, em Pernambuco, esse último já concluído. Segundo informações sobre o PAC no site do Ministério do Planejamento, o investimento total será R$ 7,5 bilhões, com previsão de entrega para 2016


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

Adilson

Daqui a pouco vai faltar parente da família Arraes para nomear obra em Pernambuco. Já estão com projeto pronto para botar o nome de Miguelzinho (caçula do finado) em alguma creche?? Ou será o contrário?? Vai faltar obra, estrada ou esquina em Pernambuco prá tanta babação????


Naipes

29/08


2015

Dilma no CE: minoria aposta no "quanto pior, melhor"

Da Folha de S.Paulo – George Pedrosa e Patrícia Brito

Em discurso em Caucaia (CE), onde entregou residências do programa Minha Casa Minha Vida, a presidente Dilma Rousseff criticou o que chamou de "minoria" que aposta sempre no "quanto pior, melhor".

"Tem muita gente no Brasil que tem orgulho de ser brasileiro, que tem otimismo em relação ao país, que sabe que este país tem condições de crescer, avançar. Falta muito a fazer? Falta. Mas nós mostramos que somos capazes. Essa é a maioria do Brasil. Agora, tem uma minoria que aposta sempre no quanto pior, melhor", disse a presidente.

"É aquele pessoal que pesca em águas turvas, e que, quando as águas estão claras, nunca conseguem o que querem. Mas quando ficam um pouquinho turvas, pescam em águas turvas", completou Dilma.

A petista voltou a falar de programas sociais, como o Pronatec e Mais Médicos, e citou a inflação ao falar do Minha Casa Minha Vida. "Não vamos abrir mão das políticas que têm ajudado o povo brasileiro a melhorar da vida."

"Eu sei que estamos passando dificuldades. Muitos de vocês temem, acham que a situação está incerta, acham que a inflação ainda está alta, têm medo de perder o emprego. Quero dizer que meu governo pensa em duas coisas. Em como aumentar o emprego, garantir que o país volte a crescer. E reduzir a inflação, pois sabemos que a inflação corrói a renda do trabalhador", disse.

Dilma também voltou a falar sobre golpes e ditaduras, e citou a América Latina. "Não vamos deixar haver retrocesso neste país, nem no que se refere aos programas, nem o que se refere à questão da democracia. Nós todos sofremos as consequências de ter um país que não era democrático, que não respeitava as leis", disse.

"Mudamos a história do nosso país, assim como a América Latina mudou a história dela, que era a história de golpes e ditaduras. O Brasil é um país democrático e que sabe superar as dificuldades, como todos os países do mundo. Mas temos uma característica especial, que é superar isso com muita esperança e muito amor no coração."

À tarde, Dilma se reuniu com cerca de 50 empresários cearenses, numa tentativa de restabelecer a confiança do setor. Também participaram do encontro os ministros Armando Monteiro (Desenvolvimento), Nelson Barbosa (Planejamento), Kátia Abreu (Agricultura) e Antônio Carlos Rodrigues (Transportes).

Um grupo de cerca de 30 pessoas vestidas de verde e amarelo e com bandeiras do Brasil protestou contra Dilma na entrada do Centro de Eventos do Ceará, mas a presidente chegou de helicóptero e não cruzou com os manifestantes.

Ao abrir o encontro, Dilma assinou a ordem de serviço para início das obras do lote 4 da ferrovia Transnordestina e disse aos empresários que, assim como a transposição do rio São Francisco, é uma obra "estruturante" para o Nordeste, que irá "abrir fronteiras", reduzir os custos dos transportes de mercadorias e os gastos com manutenção das rodovias no país.

Disse ainda que a ferrovia irá funcionar como uma "espinha de peixe", ao interiorizar a estrutura ferroviária brasileira. Com 1.753 km interligando o interior de Ceará, Pernambuco e Piauí aos portos de Pecém (CE) e Suape (PE), a Transnordestina começou a ser construída em 2006, com orçamento previsto de R$ 4,5 bilhões e previsão inicial de entrega para 2010. A conclusão foi adiada diversas vezes e a previsão atual é para 2018, com custo estimado de R$ 7,5 bilhões. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Vila Fest
Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Publicidade
Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Programa Frente a Frente
Apoiadores