29/05


2015

Juízes: empresa financiar é inconstitucional

Na avaliação de juízes, foi inconstitucional a manobra feita pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para validar financiamento privado de campanhas. A opinião foi divulgada pela AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), para a qual as doações de empresas favorecem a corrupção e a falta de transparência. De acordo com o presidente da AMB, João Ricardo Costa, a emenda aprovada vai promover o desequilíbrio nas eleições.

"Esse é o pior modelo que poderia ter sido aprovado, pois o financiamento será concentrado nos partidos, dificultando o controle e tornando o processo de doação menos transparente", afirma.

A medida aprovada prevê doações apenas às siglas. A emenda derrotada visava referendar doações a partidos e a políticos, modelo em funcionamento atualmente, que periga ser proibido pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

A ação de Cunha visa barrar a tendência de o STF proibir o financiamento privado das campanhas. O tribunal já formou maioria nesse sentido, mas o julgamento está suspenso desde o ano passado por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes.

CORRUPÇÃO

O presidente da AMB também traçou uma relação entre as doações de empresas e a corrupção.

"A decisão aprovada em 1º turno pelos deputados federais está na contramão dos anseios da sociedade. Essa emenda é uma tentativa de consumar o controle cada vez maior que as grandes corporações exercem na política brasileira. A sociedade anseia por medidas mais eficazes para fortalecer o combate à corrupção e à impunidade", diz.

"As campanhas são cada vez mais caras e somente conseguem se eleger aqueles candidatos que arrecadam um grande volume de doações. De longe, a maior fonte de arrecadação vem de empresas privadas. Essas empresas não fazem filantropia, são corporações interessadas em influir nos rumos da economia e articular regras que lhes sejam favoráveis", acrescenta.  (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Prefeitura de Petrolina

29/05


2015

Medo do FBI: Teixeira vende mansão nos EUA

O ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira decidiu vender sua mansão de mais de 600 metros quadrados em Miami. O cartola anunciou a propriedade em corretoras de imóveis da Flórida após saber, no ano passado, que o empresário J. Hawilla começou a colaborar com investigação das autoridades norte-americanas.

Parceiro da CBF em negócios na gestão de Teixeira, Hawilla, dono do Grupo Traffic, uma das maiores empresas de marketing esportivo do mundo, fez acordo com a Justiça dos EUA. Ele confessou crimes de extorsão, fraude eletrônica, lavagem de dinheiro, obstrução da justiça e vaipagar multa de US$ 151 milhões (pouco mais de R$ 475 milhões).

O ex-cartola teme perder a mansão durante o desdobramento das investigações nos EUA. José Maria Marin, seu sucessor, foi preso na quarta pelo FBI.

O imóvel de dois andares, com sete quartos e oito banheiros, entrou no catálogo de imobiliárias especializadas no mercado de alto luxo dos Estados Unidos há cerca de seis meses. Em 2012, ele pagou cerca de R$ 22 milhões pela mansão localizada num do condomínio de alto padrão em Miami. A casa conta com uma marina particular.

Teixeira quer vender a residência abaixo do valor para tentar se livrar do negócio. A antiga proprietária da casa, a ex-tenista russa Anna Kournikova, demorou quase nove meses para negociar o imóvel.

Em 2013, a Folha revelou que o ex-cartola comprou a propriedade apósrenunciar ao cargo de presidente da CBF.

VIDA PÓS-CBF

Teixeira comandou a CBF por mais de duas décadas e decidiu deixar o poder após as denúncias de corrupção no Brasil e no exterior. Ele saiu do país às pressas em março de 2012, pressionado pelas investigações sobre suspeita de desvio de dinheiro público na realização do amistoso entre Brasil e Portugal, em Brasília.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


29/05


2015

Piauí: Delegada defende castrar estupradores

Do Portal G1

A titular da delegacia da mulher de Teresina, Vilma Alves, esteve no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) na manhã desta sexta-feira (29) para acompanhar o estado de saúde das quatro adolescentes violentadas na quarta-feira (27) em Castelo do Piauí. Para a delegada, o crime foi bárbaro e os suspeitos deveriam ser castrados.

“Esta é uma tragédia que comoveu todo o Piauí. Não podemos aceitar que os suspeitos de  violentar mulheres sejam punidos apenas com a prisão porque o estupro, depois dos homicídios, é pior crime que existe. Imaginem a tortura de ser estuprada coletivamente, humilhada, pedindo socorro e não ter uma proteção naquele momento? Isso jamais aconteceu em nosso estado. Por isso sou a favor da castração”, declarou.

Vilma também defendeu uma reformulação no Código Penal. “É preciso mudar a aplicação de penas no Brasil porque o sistema atual não é eficiente, pois o criminoso é preso, depois  solto e logo em seguida volta a cometer os mesmos crimes. Não tem que ser punido? Não tem que ser levado a júri? Então, acho que os estupradores devem ser castrados quimicamente ou fisicamente para que eles possam sentir na pele o que as suas vítimas sentem. No Brasil não cabe mais pena leve, mulher não é lixo, não é objeto. Mulher é cidadã e tem que ser respeitada neste país”, finalizou.

Apesar de não ser a delegada que investiga o caso, Vilma contou que esteve no hospital para prestar solidariedade às vítimas. Segundo o diretor do Hospital de Urgência, Gilberto Albuquerque, apenas uma das quatro garotas está em estado grave e corre risco de morte.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

S. C. B. M.

Uma boa ideia. Eu cortava pelo pronco e dixava fazeno XIXI de cócaras.



29/05


2015

Jefferson casa, chora, canta e faz piadas

Bernardo Mello Franco -Folha de S.Paulo

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) cantou, chorou e fez piada com o mensalão ao celebrar seu casamento nesta sexta-feira (29) em Três Rios, no interior fluminense. Ele deu uma festa para 300 convidados apenas 13 dias após ser libertado da cadeia para cumprir o resto da pena em casa. Em discurso no altar, o petebista se emocionou ao agradecer a dedicação da noiva Ana Lúcia Novaes. "Ela sofreu ao meu lado as mais duras penas da minha vida. Nunca chorou, nunca se lastimou", disse, aos prantos.

"Enfrentou com serenidade a CPI do Mensalão, a minha cassação na Câmara dos Deputados, o julgamento e a prisão". Em seguida, Jefferson fez piada com seu embate contra o ex-ministro José Dirceu, a quem acusou de comandar o suborno de parlamentares em troca de apoio ao governo Lula. "Minha Ana, você desperta em mim os instintos mais deliciosamente primitivos", disse, para risos da plateia.

Em agosto de 2005, o petebista disse a Dirceu, no Conselho de Ética da Câmara: "Vossa Excelência desperta em mim os instintos mais primitivos". Jefferson cantou duas músicas românticas ao microfone: "Fascinação", gravada por Elis Regina, e "Dio, como ti amo", cantada por Gigliola Cinquetti. Ele convidou poucos políticos para o casamento, como o deputado Benito Gama (PTB-BA) e o deputado estadual Campos Machado (PTB-SP). Segundo amigos, a festa custou cerca de R$ 100 mil. Jefferson não quis confirmar o valor. "Amor não tem preço", disse. Autor da denúncia à Folha sobre a existência do mensalão, Jefferson foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal a sete anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Onodera Estética

29/05


2015

PF cumpre mandado na casa da 1ª dama de MG

Do Portal G1

O apartamento em Brasília da primeira-dama de Minas Gerais, Carolina Oliveira Pimentel, mulher do governador Fernando Pimentel, foi um dos alvos na manhã desta sexta-feira da Operação Acrônimo, da Polícia Federal. A ação foi deflagrada para combater lavagem de dinheiro por meio de um esquema de sobrepreço e de recebimento por contratos não executados com o governo federal desde 2005. Carolina tem um apartamento em Brasília desde o tempo em que trabalhava na assessoria de imprensa no Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior na mesma época em que Pimentel era titular da pasta.

A corporação não informou o que foi apreendido na residência, que fica na quadra 114 Sul, na região central de Brasília. No total, 30 endereços de pessoas físicas e 60 empresas de Minas, Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal foram incluídas na operação.

O delegado regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Dennis Cali, disse pela manhã que não havia nenhuma autoridade com prerrogativa de foro ou partido político sendo investigado. "Até o momento o governador Pimentel não é alvo da investigação." Em nota, a Secretaria de Comunicação do Estado de Minas Gerais disse que o governo mineiro "não é objeto de investigação neste processo".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Vila Fest

29/05


2015

Tribuna do leitor: A chantagem de Elias

Por Paulo Farias do Monte*

Chega a ser hilário, o desespero do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, a cada minuto que se aproxima 2016. Com os índices de aprovação de seu governo na esfera subreptícia, Elias que não havia preparado um sucessor, faz um esforço hercúleo para ver se viabiliza ao menos a candidatura de seu filho, o deputado federal Betinho Gomes, como candidato a prefeito do Cabo.

Embora tenha sido eleito deputado federal, em 2014, Betinho não agrega e perde aliados todos os dias. Pra se ter uma ideia, numa Câmara Municipal composta por 17 membros, ele só conta 3 vereadores. Entre os que disputaram ao seu lado as eleições de vereadores, ele já perdeu dezenas e não consegue juntar os cacos.

Recentemente, o desespero de Elias Gomes quanto a situação do filho Betinho Gomes, extrapolou ao ponto dele passar a fazer chantagem com o PSB, tentando vincular a eleição de Jaboatão dos Guararapes a do Cabo de Santo Agostinho.

Quem conhece Elias Gomes sabe que a candidata dele é sua ex-companheira, que com a qual tem um filho e, por isso entendo ser ela, inelegível. O PSB, no Cabo, tem quadros fortes, com chances reais de vitória, como o deputado estadual Lula Cabral que já impôs duas derrotas acachapantes em Betinho.

Da mesma forma, o PSB de Jaboatão possui quadros qualificados como o deputado federal João Fernando Coutinho e o vice Heraldo Selva, que parece, andar iludido com o canto da sereia, embargando numa estratégia de Elias para abafar o nome de João Fernando. A exasperação de Elias em condicionar ao PSB o apoio a seu vice Heraldo Selva com a neutralidade ou a retirada de uma candidatura do PSB, no Cabo só nos leva a uma conclusão: Elias Gomes reconhece a sua fraqueza e assume que seu filho, Betinho Gomes, só vence no Cabo, se disputar sozinho.

Acredito que o PSB já conhece Elias Gomes pelo seu histórico de traições. Traiu Arraes e Eduardo, quando usou o prestígio e a força dos dois para se eleger prefeito do Cabo em 1996 e quando Arraes deixou o Poder, abandonou a sigla, indo para o PPS para fazer uma travessia menos traumática para o PSDB.

Pelo andar da carruagem Elias terá que conviver com uma crise de abstinência de poder, pois perderá no Cabo e em Jaboatão porque o povo daquela cidade já descobriu que ele é bom de conversa e ruim de trabalho.

*Membro do Diretório do PSB do Cabo de Santo Agostinho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se


29/05


2015

Câmara do Recife discute Cruz do Patrão

Uma audiência pública realizada ontem, na Câmara Municipal do Recife, discutiu medidas de requalificação para o monumento histórico Cruz do Patrão, localizado no centro da cidade.

Proposta pelo vereador Wanderson Florêncio (PSDB), a audiência abordou a situação atual do local e pontuou as medidas necessárias para garantir melhorias para o monumento que é um dos mais importantes e mais antigos do município. Também estiveram presentes o presidente do Porto do Recife, Olavo Andrade, Mariza Jordão representando a Secretaria de Turismo do Estado, Cristiane Feitosa da Fundarpe, Francisco Cunha do Observatório do Recife além de empresários e o público em geral.

"Recebemos a denuncia que o monumento estava servindo de local de manobra de caminhões e estacionamento e com isso a situação foi solucionada pelo Porto do Recife. Discutimos as melhorias necessárias para que o espaço possa ser entregue requalificado para os recifenses. Acordamos ainda para o próximo dia 11 de junho um novo encontro para apresentar um projeto já formulado pela Secretaria de Turismo do Estado que prevê a requalificação de todo o entorno no monumento. Além disso, vamos solicitar à Prefeitura de o Recife a ampliação da Ciclofaixa para que ela também seja incorporado ao local", comemorou o vereador Wanderson Florêncio.

O vereador também propõe que o local seja transformado em um novo parque da cidade, nomeado Parque da Cruz do Patrão. Segundo Francisco Cunha, do Observatório do Recife, a cidade tem muito a ganhar com a requalificação do monumento. "O público em geral tem pouco conhecimento da Cruz do Patrão, o que acaba dificultando o acesso para visitação de turistas e dos próprios recifenses. Um monumento de grande valor como este precisa urgente deste olhar."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Naipes Consultoria

29/05


2015

Feirão da Caixa chega a Arcoverde

A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PTB), participou, hoje, da abertura do 11º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento ocorre durante todo o dia de hoje e amanhã. Estiveram presentes além da prefeita do município, o vereador e presidente da Câmara de Arcoverde, Sargento Siqueira; o presidente da OAB de Arcoverde, Cesar Macedo; o superintendente da Caixa, Denis Matias; e o gerente geral da Caixa, Washington Luís.

Segundo o superintendente da Caixa, é motivo de alegria estar em Arcoverde com esse evento. A cidade é uma das oito do interior que estão recebendo o evento. "Estamos avançando no interior de Pernambuco, Arcoverde é um local estratégico e de economia aquecida", disse ele. Em outro momento Denis Matias informou que mais de 90 imóveis estão prontos para morar e 150 em andamento e todos a venda no Feirão deste final de semana.

Madalena agradeceu a todos os envolvidos por escolherem Arcoverde para receber o 11º Feirão Caixa. "A casa própria é o sonho de todas as pessoas. Parabenizo a vocês a oportunidade de proporcionar ao povo de nossa cidade a opção de poder comprar sua casa própria neste feirão", finalizou a prefeita.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Biologicus

29/05


2015

Agrestina afirma estar em acordo com a LRF

A Prefeitura de Agrestina enviou à imprensa, há pouco, uma nota de esclarecimento sobre as acusações feitas ao município. Blogs da região noticiaram que a Prefeitura havia apresentado despesas com pessoal acima do limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Veja o comunicado na íntegra:

"A Prefeitura de Agrestina esclarece que, ao contrário do que foi noticiado em blogs da região, o município não está os 165 que apresentam despesas com pessoal acima do limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

As despesas com pessoal no município de Agrestina estão abaixo dos 54% da Receita Corrente Líquida, que é o limite estipulado pela LRF. Documentos atualizados que comprovam o fato estão para disponíveis para consulta na Prefeitura e na Câmara de Vereadores, mas é possível ter acesso a informações sobre o assunto também no Portal da Transparência (www.portaltransparencia.gov.br).

A Prefeitura de Agrestina informa ainda que está adimplente no CAUC - Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Santana e Plácido

29/05


2015

Betinho: Brasil viveu frustração com reforma

“Não só os brasileiros, mas grande parte do Parlamento brasileiro viveu uma semana de frustrações com o resultado da votação dos principais temas da tão esperada reforma política”. Essa é a avaliação do deputado federal Betinho Gomes (PSDB) diante do resultado das votações, esta semana, realizadas na Câmara Federal.

O tucano lamenta que todo o trabalho realizado pela Comissão Especial da Reforma Política – o qual promoveu uma ampla discussão entre os vários segmentos da sociedade e suscitava a ideia que, de fato, haveria um bom debate em torno do tema – tenha sido atropelado de forma autoritária pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB), em prol de interesses próprios.

“Essa arrogância só serviu para derrotarmos o distritão, o que foi bastante positivo. O distritão é um sistema personalista, que provocaria o aumento do custo das campanhas, acabaria com a vida partidária e não aproximaria o eleitor dos seus representantes como quis fazer parecer os seus defensores”, argumentou o congressista. Para ele, o distritão misto é o sistema que melhor atenderia aos anseios gerais na atual conjuntura, uma vez que permitiria maior proximidade do candidato com a sociedade, reduziria os custos das campanhas e fortaleceria o papel dos partidos. “Sobre a cláusula de desempenho, não se pode dizer que se fez algo porque, da forma como foi aprovada, foi irrisória”, complementou.

A respeito do fim da reeleição, embora tenha sido uma proposta criada pelo PSDB, Betinho explicou que o partido votou favorável ao seu término por entender que o sistema não funcionou corretamente no Brasil, ressaltando que, no País, não se consegue estabelecer um rigor eleitoral para evitar a mistura do ente público e do candidato no período eleitoral.

“Isso ficou mais do que claro na campanha presidencial que vivemos em 2014”, exemplificou o tucano. “Apesar de ser um recurso utilizado nas grandes democracias, a reeleição, no Brasil, não deu certo. Não se consegue punir os gestores que usam a máquina em favor próprio. Por isso, o PSDB votou favorável ao seu término”, concluiu o parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se

Comentários

marcos

PRESIDENTA SEMI-ANALFA PAGA MICO...\"Dilma Rousseff concedeu longa entrevista, no México, ao jornal \"La Jornada\": confundiu as cores da bandeira do México, afirmou que o mojito, tradicional coquetel cubano, é mexicano, confundiu toltecas e astecas, colocou os incas e seu império sul-americano dentro do império asteca da América do Norte, achou curiosíssimo o nome de um quadro, Natureza Morta\". Do jornalista Carlos Brickmann, em sua coluna na internet. Para quem duvida dos micos e das gafes da nossa presidente, a transcrição oficial da entrevista, na íntegra, está em www.brickmann.com.br/artigos.php

Nehemias Fernandes Jaques

Na gestão de Serra, Marin foi sagrado membro honorário do Ministério Público de SP. No governo Serra, o Ministério Público do Estado de São Paulo outorgou, em sessão solene, o Colar do Mérito Institucional do Ministério Público a Marin. Na ocasião, ele foi saudado como “um homem justo e devotado às causas públicas”. O colar deu a Marin o status de membro honorário do Ministério Público do Estado de São Paulo.


Coluna do Blog
TV do Blog do Magno
Publicidade
Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Programa Frente a Frente
Apoiadores