Busca


Coluna do Blog
São muitas emoções


Destaques
PT tem contas aprovados pelo STF, mas com ressalvas
Marina tem pouco conhecimento sobre SP, diz aliado
Ficha suja: Janot reafirma querer Maluf fora da eleição
Justiça censura matéria sobre helicóptero dos Perrella
Sarney: Marina tem cara de santinha e vontade de ódio
Ouça o Frente a Frente desta quarta-feira (17/09)
“Ninguém governa sem o PMDB”, diz vice de Marina
PTB pede investigação sobre vandalismo em comitês
Comitê de Armando em Surubim é alvo de vândalos
"Tem muito ódio e mentira nessa eleição", diz Dilma


Opinião


Viva o “ Power Point” - Carlos Alberto Fernandes
























TwitterTwitterRádio do MagnoRSS

17
09/14
PT tem contas aprovados pelo STF, mas com ressalvas

 O TSE aprovou, com ressalvas, as contas do PT de 2004, quando o mensalão estava em operação, na terça (16). A votação se deu sem debates, mas foi aplicada ao PT multa de R$ 424 mil por mau uso de recursos do Fundo Partidário.

Em 2004, o banco BMG emprestou R$ 29,2 milhões a empresas de Marcos Valério, e R$ 45 milhões foram repassados a empresas pelo Fundo Visanet.

O dinheiro, segundo o STF, foi usado no pagamento da base aliada do governo Lula.

  Escrito por Magno Martins, às 22h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Marina tem pouco conhecimento sobre SP, diz aliado
 
O presidente do PSB paulista e vice de Geraldo Alckmin (PSDB) na candidatura ao Palácio dos Bandeirantes, Márcio França afirmou nesta quarta-feira (17) que Marina Silva (PSB) não apoia Alckmin porque 'tem pouco conhecimento' sobre São Paulo. França foi questionado sobre o porquê de a candidata do PSB à Presidência não apoiar Alckmin no maior colégio eleitoral do Brasil, em atitude contrária a de Eduardo Campos, morto em 13 de agosto.

'Mas o Eduardo Campos era um candidato mais simpático ao Alckmin, a Marina faz críticas', afirmou o repórter.

'Ele [Alckmin] compreende. Como ela [Marina] não é daqui, ela tem pouco conhecimento [sobre São Paulo]', respondeu França. Eduardo Campos era o cabeça da chapa presidencial do PSB e ajudou a costurar a aliança com os tucanos em São Paulo.

'A diferença é que o Eduardo viveu aqui dois meses. Ele percebeu e fez a mudança', completou França, que participou de evento politico em Campinas.

'No começo ele [Campos] também ficou na dúvida [sobre apoiar Alckmin]. Depois ele percebeu que era o desejo do partido, de diversos prefeitos, vereadores. Essa fase ficou pra trás. O tempo mostrou que estávamos certos', disse França.

'Ninguém tem 50% dos votos há tantos anos se não tiver alguma coisa positiva', afirmou o candidato a vice sobre o governador. (Da Folha de S.Paulo - Lucas Sampaio)

  Escrito por Magno Martins, às 22h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Ficha suja: Janot reafirma querer Maluf fora da eleição

 O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, reafirma sua determinação de ver Paulo Maluf fora da eleição deste ano por estar na relação de fichas sujas da Justiça Eleitoral. Janot encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral parecer desfavorável à candidatura de Maluf (PP).

Janot aponta que, com base na Lei da Ficha Limpa, Maluf seria inelegível devido a condenação por ato doloso de improbidade administrativa que gerou enriquecimento ilícito e lesão ao patrimônio público. O parecer é enviado em recurso em que Maluf questiona decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo de indeferir candidatura à Câmara dos Deputados nas eleições deste ano.

  Escrito por Magno Martins, às 21h00
 
Comentários Comentários (2) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Justiça censura matéria sobre helicóptero dos Perrella

:

O site Diário do Centro do Mundo (DCM) foi obrigado pela Justiça a retirar do ar reportagens sobre a apreensão de 445 quilos de cocaína num helicóptero de propriedade da família do senador Zezé Perrella (PDT), em uma fazenda no Espírito Santo.

Segundo o co-fundado do site, Kiko Nogueira, a decisão liminar da Mônica de Cassia Thomaz Perez Reis Lobo atendeu a uma ação movida contra o site pelo hotel fazenda Parque D'Anape, no interior do estado de São Paulo. O hotel foi citado em três reportagens sobre o caso do helicóptero dos Perrellas. De acordo com a liminar da juíza , o DCM é obrigado a 'suspender a publicidade [sic] das notícias veiculadas no site' sob pena de pagar mil reais de multa por dia.

Os artigos impedidos de serem divulgados são: ''Tenho Medo de Morrer': o piloto do helicóptero dos Perrellas fala ao DCM'; 'O helicóptero dos Perrellas pousou em hotel de São Paulo'; e 'O fracasso da guerra às drogas e o helicóptero dos Perrellas'. Mesmo determinando a retirada das reportagens, a juíza Mônica afirma que isso não significa 'prejuízo do direito de livre expressão e crítica'.

'Todas as matérias são alicerçadas em documentos que o jornalista Joaquim de Carvalho levantou em sua apuração em Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo. Não há nenhuma ilação, nenhuma invenção, nada assemelhado a calúnia ou difamação. Só os fatos', diz Nogueira, acrescentando que o repórter teve o cuidado de ouvir a proprietária e o advogado do estabelecimento para que eles se manifestassem.  (Portal BR

  Escrito por Magno Martins, às 21h00
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Sarney: Marina tem cara de santinha e vontade de ódio

 Em discurso repleto de críticas a rivais, o senador José Sarney (PMDB-AP) foi ao ataque contra Marina Silva e disse que a candidata ao Planalto pelo PSB tem 'cara de santinha' e 'vontade de ódio'.

'A dona Marina, com essa cara de santinha, mas [não tem] ninguém mais radical, mais raivosa, mais com vontade de ódio do que ela. Quando ela fala em diálogo, o que ela chama de diálogo é converter você', afirmou.

O ex-presidente fez as declarações ao estrear em São Luís, na noite de terça-feira (16), no palanque de Lobão Filho (PMDB), filho do ministro Edison Lobão (Minas e Energia) e candidato ao governo do Estado com apoio de Sarney e sua filha Roseana, atual governadora do Maranhão.

''IAM LAMBER MEUS PÉS''

Em tom duro, mas também irônico, o senador de 84 anos pediu votos para Dilma ('uma mulher de comando') e disse conhecer a 'outra', numa referência a Marina, com quem conviveu por 16 anos no Senado.

'Ela [Marina] pensa que o mundo tem duas partes: uma condenada à salvação e outra à perdição', disse Sarney, saudado pelos público presente aos gritos de 'guerreiro do povo brasileiro'. campanha deste ano marca a despedida do senador e de Roseana da disputa por cargos públicos.

'Quase tudo que tem na nossa terra, que eles falam mal, passou pelas minhas mãos. Até mesmo esses inimigos meus, todos passaram pela minha mão', disse. 'Não tem um [inimigo] que não tivesse me bajulado. Se eu pedisse, eles iam lamber meus pés', completou.  (Da Folha de S.Paulo - Diógenes Campanha)

  Escrito por Magno Martins, às 20h30
 
Comentários Comentários (14) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Ouça o Frente a Frente desta quarta-feira (17/09)
Se você perdeu o Frente a Frente desta quarta, 17 de setembro de 2014, programa que apresento de segunda-feira a sexta-feira, ao lado da jornalista Eduarda Feitosa, das 18 às 19 horas, pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha FM 96,7 formada por 40 emissoras, Clique aqui  e ouça agora.
  Escrito por Magno Martins, às 19h05
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
“Ninguém governa sem o PMDB”, diz vice de Marina

Vice-candidato na chapa da presidenciável Marina Silva (PSB), o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) afirmou, hoje, que "ninguém governa sem o PMDB", mas "não é preciso entregar o governo ao PMDB para ter governabilidade".

Tanto Marina quanto o seu antecessor na disputa, Eduardo Campos, morto em acidente de avião, condenam a aliança do governo federal com peemedebistas como o presidente do Senado Renan Calheiros (AL) e o senador José Sarney (AP), mas dizem que fariam um eventual governo com "bons quadros de todos os partidos".

O PMDB participou da base dos governos do tucano Fernando Henrique Cardoso e do petista Lula e tem o segundo maior número de deputados na Câmara -- perde apenas para o PT.

Em entrevista ao Estado de S. Paulo, Albuquerque foi questionado se políticos de outros partidos citados por Marina desobedeciam a orientação partidária para votar em projetos de um eventual governo pessebista. Segundo ele, "há uma diferença entre entregar o governo e governar".

"Ninguém governa sem o PMDB, mas não é preciso entregar o governo para o PMDB para ter governabilidade. Assim como não precisa entregar o governo ao PSDB se nós vamos ter quadros do PSDB governando. Ou seja, o governo tem um programa, esse é o nosso pilar de negociação, entendimento e escolha daqueles que terão funções", afirmou.

  Escrito por Magno Martins, às 19h00
 
Comentários Comentários (8) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
PTB pede investigação sobre vandalismo em comitês

Do Diário de Pernambuco

A Coligação Pernambuco Vai Mais Longe, que sustenta a candidatura de Armando Monteiro Neto (PTB) ao governo de Pernambuco, deu entrada, na tarde de hoje, em uma representação junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) pedindo a apuração de depredações que atingiram comitês do petebista em Recife, Olinda, Abreu e Lima e Surubim. Os ataques ocorreram em um espaço de menos de 30 dias. Em todos foram rasgados dezenas de banners e bandeiras. Muros também foram pichados.

O último registro de vandalismo ocorreu em Surubim. O muro da casa que abriga o comitê do petebista amanheceu com pichações que diziam que o PT havia matado Eduardo Campos. De acordo com a coordenadora de campanha da coligação no Agreste, Joana Leal, os criminosos utilizaram facas para rasgar o material de campanha que exibia imagens de Armando Monteiro. "Os banners e placas foram totalmente despedaçados. Ontem (16), também registramos ataques ao nosso material exposto na PE-90. Inclusive, esses atos criminosos já atingiram a região, nas cidades de Bom Jardim e João Alfredo", disse Joana.

  Escrito por Magno Martins, às 18h30
 
Comentários Comentários (11) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Comitê de Armando em Surubim é alvo de vândalos

Novamente, um dos comitês da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, que tem Armando Monteiro (PTB) como candidato ao governo e João Paulo (PT) ao Senado, foi alvo de vandalismo. Desta vez, a ação criminosa foi registrada na madrugada desta quarta-feira (17), no comitê de Surubim, Agreste do Estado, localizado na Praça Arlindo Gouveia, Centro. Dezenas de banners de campanha que estavam expostos, inclusive dentro do imóvel, foram rasgados. Os muros próximos também foram pichados. Este é o quinto ataque a comitês sofrido pela coligação em menos de 30 dias.
 
De acordo com a coordenadora de campanha da coligação no agreste, Joana Leal, os criminosos utilizaram facas para rasgar o material de campanha que exibia imagens de Armando Monteiro. “Os banners e placas foram totalmente despedaçados. Ontem (16), também registramos ataques ao nosso material exposto na PE-90. Inclusive, esses atos criminosos já atingiram a região, nas cidades de Bom Jardim e João Alfredo”, conta Joana.
 
Ainda segundo Joana, os vândalos também picharam os muros do comitê com palavras e acusações ao PT. “Essas pessoas ignorantes escreveram que ‘foi o PT que matou Eduardo’. Isso é uma atitude irresponsável, que revela o caráter nefasto de quem pratica”, classificou a coordenadora.

  Escrito por Magno Martins, às 18h04
 
Comentários Comentários (16) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
"Tem muito ódio e mentira nessa eleição", diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, reafirmou, hoje, em comício no centro de Campinas, no interior de São Paulo, que a verdade vencerá a mentira nessas eleições. "Tem muito ódio e mentira nessa eleição. Quando vocês virem mentiras, respondam com a verdade", afirmou, para um grupo de militantes. De acordo com Dilma, a verdade é "uma só": que o Brasil melhorou nos 12 anos de governos do PT. "Tem gente que só fala e não tem o que apresentar. Nós temos", disse, destacando projetos da administração federal, como o Minha Casa, Minha Vida e o Pronatec.

Ao receber uma mensagem escrita por uma criança que estava na plateia, a presidente disse que ganhava um "bilhete do futuro". "É para eles e para elas que nós governamos este País." Um pouco antes da fala, Dilma fez uma pequena caminhada pelo centro da cidade e cumprimentou eleitores.

  Escrito por Magno Martins, às 18h00
 
Comentários Comentários (35) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
São Bento do Una ganha barragem e adutora

Foto: Paulo Sérgio Sales

Considerado o maior produtor de aves e ovos do Norte/Nordeste, o município de São Bento do Una, no Agreste pernambucano, foi contemplado, hoje, com uma importante obra que garantirá a sustentabilidade hídrica da região. Durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas, o governador João Lyra Neto assinou o contrato do convênio com a Caixa Econômica Federal que garante a construção de uma barragem e adutora na cidade.

A obra, que contará com cerca de R$ 50 milhões em investimentos, recursos do Ministério da Integração Nacional, através do Programa PAC Prevenção-Seca, tem conclusão prevista para dezembro de 2015. A barragem e a adutora, que serão construídas em uma área de 250 hectares ao longo da bacia do Rio Una, terão capacidade de acumular 18 milhões de metros cúbicos de água, beneficiando cerca de 73 mil habitantes de São Bento do Una e Capoeiras.

O terreno foi doado pelo empresário José Almeida. O projeto básico já está em andamento. O Estudo de Impacto / Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) já foi concluído e a licença prévia será emitida após audiência pública.

Durante a solenidade de assinatura do convênio, o governador João Lyra Neto destacou que a obra vai garantir a geração de emprego, qualidade de vida para população e a interiorização do desenvolvimento. "Essa barragem significa a sustentabilidade hídrica não só para população, mas também para as atividades da pecuária e agricultura, já que São Bento do Una é um dos maiores produtores nessa área. Com isso, também favorecemos a geração de emprego e a atração de novos investimentos para a região", pontou Lyra Neto.

 A ´prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida, fez questão de agradecer ao Governo do Estado pela execução da obra, que vai contribuir com a economia da região. "A base da nossa economia é rural - agricultura, pecuária e avicultura -, e a água é base de tudo. Nós vimos o gado com sede e, às vezes, não tinha água para dar banho no filho antes de ir para a escola. Mas agora eu tenho certeza que na primeira chuva essa barragem vai sangrar", comemorou.

  Escrito por Magno Martins, às 17h35
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Beto: “Agronegócio precisa ser mais apoiado”

O vice na chapa de Marina Silva (PSB), Beto Albuquerque, defendeu, hoje, que o agronegócio no Brasil "precisa ser tratado com respeito, mais apoiado e menos atacado". Ao participar da série 'Entrevistas Estadão', ele disse que o Ministério da Agricultura foi esvaziado politicamente e em termos orçamentários no atual governo, da presidente Dilma Rousseff (PT). "Um ministro da Agricultura não pode ficar um ano sem falar com a presidente", afirmou.

O vice de Marina também afirmou que a Embrapa foi fragilizada. Beto disse não ser ruralista, mas ressaltou que teria "muita honra" em ser. Afirmou que, em seu Estado de origem, Rio Grande do Sul, as pessoas reconhecem a importância do agronegócio para a economia e para a vida dos brasileiros.

Sobre a polêmica envolvendo o uso dos índices de produtividade como critério para reforma agrária, ponto colocado no programa de governo da candidata, Beto afirmou que a terra tem que exercer sua função social. Mas disse que a ideia da sua plataforma é usar o índice para "premiar" e não para punir. "O agricultor que não tiver produtividade vai ser desapropriado pelo mercado, não pelo governo", afirmou. Segundo Beto, o índice pode ser usado, por exemplo, como critério para fornecimento de crédito.

  Escrito por Magno Martins, às 17h30
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
BC bloqueia R$117 milhões de Eike Batista

Do portal O Globo

O Banco Central encontrou e bloqueou R$ 117 milhões do empresário Eike Batista até o momento, informou nesta quarta-feira o juiz Flávio Roberto da Costa, titular da 3ª Vara Criminal da Justiça Federal. Segundo o juiz, esse valor ainda pode aumentar até o fim do dia, mas a mudança não deve ser significativa.

Os advogados de Eike explicaram que os R$ 117 milhões se referem a debêntures (títulos de dívida) e não a dinheiro em contas bancárias. O Ministério Público do Rio de Janeiro será notificado hoje sobre o valor e, posteriormente, o juiz vai avaliar se determina o bloqueio de bens móveis e imóveis, podendo incluir aqueles em nome de familiares.

Medida cautelar do juiz cumpriu parciamente o pedido feito pelos procuradores de arresto dos bens de Eike e familiares no valor de até R$ 1,5 bilhão — foram bloqueadas apenas as contas em nome do criador do grupo X.

No início da tarde, em entrevista à Bloomberg News, Sérgio Bermudes, advogado de Eike, havia dito que as contas do ex-bilionário só tinham dinheiro suficiente para cobrir suas “despesas correntes”.

— Posso garantir que não há R$ 1,5 bilhão nessas contas — disse Bermudes em entrevista por telefone, acrescentando que em pelo menos uma conta “resta apenas R$ 1”.

A medida cautelar que determina o arresto de bens em nome do empresário é cumprida automaticamente pelo Banco Central, segundo o juiz Flávio Roberto de Souza. Há 14 contas correntes em nome do empresário no país.

  Escrito por Magno Martins, às 17h00
 
Comentários Comentários (1) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Marina volta a Pernambuco e faz campanha com Câmara

Do Diário de Pernambuco

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, retorna ao estado para mais um ato político casado com a campanha de Paulo Câmara (PSB), que disputa o governo de Pernambuco pela Frente Popular. Na próxima terça-feira (23), a socialista visita os municípios de Petrolina, no Sertão do São Francisco e Caruaru, no Agreste.

As atividades da agenda ainda estão sendo definidas pela coordenação da campanha de Marina, mas, segundo lideranças do PSB local, é provável que ela participe de comícios nas duas cidades.

Depois que teve o nome confirmado como candidata do PSB ao Palácio do Planalto, Marina esteve em Pernambuco apenas uma vez. Em 23 de agosto, a candidata participou de uma caminhada no bairro de Casa Amarela e do lançamento oficial de sua candidatura à Presidência, no Clube Internacional do Recife.

A vinda dela agora tem o propósito de alavancar as campanhas nacional e estadual no interior. Na avaliação dos socialistas, a presença de Marina no Recife ganhou bastante exposição por ter acontecido logo após a tragédia que vitimou Eduardo e mais seis pessoas da equipe de campanha dele.

A imagem da ex-senadora também ganhou visibilidade na capital durante o velório do ex-presidenciável, em 17 de agosto.

Por isso, a estratégia agora é reforçar o interior. “Apesar da campanha está com um percentual muito bom, ainda precisamos investir em algumas regiões”, destacou o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes.

Marina virá a Pernambuco acompanhada do candidato a vice Beto Albuquerque (PSB/RS), que deixou a disputa pelo Senado no Rio Grande do Sul para compor a nova chapa presidencial do partido.

  Escrito por Magno Martins, às 17h00
 
Comentários Comentários (10) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Aécio sinaliza rever relações com produtores de droga

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse nesta quarta-feira, 17, que deverá rever as relações diplomáticas com países produtores de droga, destacando que o principal alvo da estratégia deve ser a Bolívia, mas citando também Colômbia e Paraguai. A sinalização foi feita em encontro com mulheres tucanas, no diretório estadual da legenda na Capital.

"Nós sabemos que as drogas e as armas que matam no Brasil não são produzidas aqui, são produzidas aqui ao lado, tem uma coisa que ninguém tocou ainda que eu estou tocando e no primeiro momento que falei isso as pessoas se surpreenderam que é a Bolívia. Vamos por o dedo na ferida", afirmou, destacando que a Bolívia produz hoje quatro vezes mais cocaína do que consome. "E produzem com a complacência, conveniência e vistas grossas do governo de lá."

Ao afirmar que poderá rever as relações com os países produtores de droga, Aécio criticou o governo do PT, dizendo que a gestão petista assiste ao crescimento da violência e criminalidade e financia obras nesses países. "Não faremos parceria e nem daremos financiamento a países que não tenham programa de inibição da produção de drogas", disse, reiterando que não se pode fazer vistas grossas a este tema e dizendo que no governo petista, "o BNDES está volta e meia dando financiamento a esses países".

  Escrito por Magno Martins, às 16h40
 
Comentários Comentários (6) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
STF libera revista com reportagem de Cid Gomes

Do portal G1

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou nesta quarta-feira (17) decisão da juíza Maria Marleide Maciel Queiroz, da comarca de Fortaleza, e liberou a publicação de reportagem da revista “IstoÉ” que relata o suposto envolvimento do governador do Ceará, Cid Gomes (SD), com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF).

No último fim de semana, a juíza cearense impediu a circulação da revista, exigiu o recolhimento de materiais já distribuídos e estipulou multa diária de R$ 5 milhões no caso de descumprimento da ordem judicial. Para Barroso, a decisão representou “censura prévia” e ameaça a “liberdade de expressão”, garantida pela Constituição.

“A decisão reclamada impôs censura prévia a uma publicação jornalística em situação que não admite esse tipo de providência. Ao contrário, todos os parâmetros acima apontam no sentido de que a solução adequada é permitir a divulgação da notícia, podendo o interessado valer-se de mecanismos de reparação a posteriori (posterior à publicação)”, disse o ministro no despacho.

A determinação da juíza do Ceará ocorreu em resposta a um pedido judicial feito por advogados de Cid Gomes. Conforme o processo em tramitação no Supremo, o governador foi procurado pela revista para se manifestar sobre a informação de que Paulo Roberto Costa o teria citado em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal. Costa foi preso na Operação Lava Jato sob a acusação de participar de um esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propina a políticos.

  Escrito por Magno Martins, às 16h15
 
Comentários Comentários (5) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Ao lado de Elias, FBC faz campanha em Jaboatão

Foto: Rafael Medeiros

Candidato ao Senado pela Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB) participou de um porta a porta hoje pela manhã em Jardim Jordão, Jaboatão dos Guararapes. O candidato teve a companhia do prefeito Elias Gomes (PSDB) durante todo o ato político, que reuniu um grande número de militantes. Eles percorreram a avenida Gonçalves Dias cumprimentando os moradores e depois passaram pelo pátio provisório da feira do bairro, onde conversaram com comerciantes e clientes.

“Tivemos grandes avanços em Jaboatão, mas queremos fazer ainda mais. Não posso trabalhar sozinho e preciso de um senador que conheça nossa cidade e nos ajude garantindo recursos para as grandes obras. Esse senador é Fernando. Fernando sim!”, disse Elias Gomes, discursando de cima de um caixote, como acontece na Agenda 40. Ele lembrou que graças ao apoio de Fernando foram iniciados projetos como a engorda da praia e a contenção dos morros na periferia.

“Tenho compromisso com Jaboatão. No Senado, quero  atuar ao lado de Elias Gomes e Paulo Câmara para que possamos fazer mais pela cidade, que precisa de muitos projetos”, afirmou Fernando.   

  Escrito por Magno Martins, às 16h01
 
Comentários Comentários (9) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Inscrições abertas para prêmio em gestão do SUS

Estão abertas as inscrições para o Prêmio InovaSUS-2014, que seleciona e recompensa ações inovadoras em gestão do trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS). O concurso está em sua quarta edição e tem como objetivo estimular a adoção de boas práticas na gestão do trabalho, com a criação de planos de carreira, mesas de negociação (entre gestores e trabalhadores) e programas de avaliação de desempenho.

 Os interessados devem acessar o regulamento por meio do site do Ministério da Saúde, e se inscrever até o dia 26 de outubro de 2014, por meio de formulário eletrônico .

Nesta edição, os trabalhos devem abordar os temas “experiências e práticas inovadoras na gestão do trabalho no SUS” – ou seja, agregar qualidade aos processos de trabalho, fomentar conhecimento, produzir benefícios para os trabalhadores do SUS, proporcionar a gestão e o desenvolvimento humano na organização – e “plano institucional de comunicação na gestão do trabalho no SUS”, voltado para estruturar a comunicação externa e interna da instituição por meio do planejamento, implementação, gerenciamento e uso de tecnologias, interagindo com o público interno e externo.

Os 30 primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro, sendo que o primeiro lugar será premiado com R$ 150 mil, o segundo com R$ 130 mil e o terceiro com R$ 120 mil. Já os projetos que ficarem entre a quarta e décima colocação receberão R$ 100 mil, e os demais, até o trigésimo lugar, R$ 50 mil.

  Escrito por Magno Martins, às 15h42
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Paulo Roberto se cala em depoimento no Congresso

Do G-1

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou nesta quarta-feira (17), em sessão da CPI mista da Petrobras, que não responderá a perguntas de parlamentares. Indagado pelo presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), se aceitaria participar de uma sessão secreta, disse que a sessão "pode ser aberta", mas que não dará declarações.
 
"Vou me reservar o direito de ficar calado", afirmou. Mesmo diante do propósito de Costa de ficar em silêncio, a CPI decidiu que os parlamentares poderiam fazer perguntas.

O primeiro a formular questões foi o relator da comissão, deputado Marco Maia (PT-RS). A todas as questões de Maia, Costa afirmou que não tinha nada a declarar ou que se manteria calado.

Após uma intervenção do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), que afirmou que não se justificava a manutenção das perguntas diante da disposição do depoente de não responder, os parlamentares iniciaram um debate sobre a conveniência de manter a sessão aberta.
 
Paulo Roberto Costa fez um acordo de delação premiada e, em depoimentos à Polícia Federal em Curitiba, onde está preso, teria delatado políticos que teriam envolvimento com um suposto esquema de corrupção na Petrobras.
 
Na manhã desta quarta, Costa foi trazido de avião por policiais federais, de Curitiba, para prestar depoimento, após ter sido convocado pela CPI.
 
Costa foi preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que investiga suposto esquema de lavagem de dinheiro em todo o  país. Ele é suspeito de intermediar contratos entre a Petrobras e empresas de fachada, algumas delas ligadas ao doleiro Alberto Youssef, também preso pela PF.
 
A CPI mista decidiu ouvir o ex-diretor depois que vieram à tona detalhes do depoimento que ele prestou ao Ministério Público Federal no acordo de delação premiada.
 
Segundo reportagem da revista "Veja", durante seus depoimentos aos procuradores da República, Paulo Roberto Costa teria delatado que três governadores, seis senadores, um ministro e, pelo menos, 25 deputados federais foram beneficiados com pagamentos de propinas oriundas de contratos com fornecedores da estatal.
 
Esta é a segunda vez que Costa vai ao Congresso Nacional para dar explicações sobre denúncias de irregularidades na Petrobras.

  Escrito por Magno Martins, às 15h35
 
Comentários Comentários (7) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  

17
09/14
Temer: queda de Dilma é 'variação comum'

O vice-presidente da República, Michel Temer, minimizou, hoje, a queda das intenções de voto para a presidente Dilma Rousseff, identificada na pesquisa Ibope divulgada ontem pelo Estado.

De acordo com o levantamento, a candidata do PT à reeleição caiu três pontos porcentuais na corrida eleitoral, mas segue em primeiro lugar. Temer classificou o resultado como uma "variação comum" e sem relação com as recentes denúncias do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. "É uma variação comum. Lá atrás a presidente já esteve em situação muito mais delicada, quando a candidata Marina estava 10 pontos à frente. É uma variação razoável", afirmou durante uma visita à feira Rio Oil & Gas, que reúne as maiores empresas do setor com atuação no país.

  Escrito por Magno Martins, às 15h30
 
Comentários Comentários (0) Enviar por E-mail Enviar por e-mail Imprimir Imprimir Topo Facebook Twitter Twitter Topo Topo  


Copyright Magno Martins. 2011. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.