FMO janeiro 2020

25/04


2013

Eduardo ignora Cid: decisão de candidatura só em 2014

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, deixou claro que não vai convocar o diretório nacional do PSB para examinar requerimento de seu colega Cid Gomes, governador do Ceará, que pede uma rápida definição partidária sobre a sucessão presidencial. ''Pelo estatuto do partido, a definição só é feita no ano da eleição''. O governador do Ceará quer que o PSB apoie a reeleição de Dilma Rousseff. ''Nós vamos fazer como sempre fizemos, de forma democrática, conversando com a base até a direção nacional se posicionar, como os outros partidos'', disse Eduardo.

Ele lembrou que nenhum outro partido no País reuniu sua direção nacional e tomou qualquer posicionamento sobre 2014. O que existe são pré-candidaturas já lançadas, como a do tucano Aécio Neves (MG) e a da presidente Dilma.

Eduardo Campos disse que a decisão sobre candidatura ou não à Presidência deve ser tomada só depois de terminado o prazo de filiação (6 de outubro), para que se possa verificar quais são os políticos que chegam.   (De O Estado de S.Paulo - João Domingos e Ricardo Della Coletta)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ana Paula Ishigami

HOJE TEM PROGRAMA DO PSB. Será que vão falar sobre: a ineficiência da Compesa; os desmatamentos escandalosos em Suape; a imprevidencia sobre a seca; educação entre as piores do NE; PIB menor que estados vizinhos; falta de politica habitacional; saúde privatizada, mortes na Funase?


Detra maio 2020 CRLV

25/04


2013

Dilma sofre dupla derrota em lei para barrar partidos

 O Palácio do Planalto foi duplamente derrotado na noite desta quarta-feira, na tentativa de votar o projeto de lei que cria dificuldades para a criação de novos partidos e asfixia as candidaturas à Presidência da ex-ministra Marina Silva e do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a tramitação da proposta logo depois de o Senado ver-se obrigado a encerrar, por falta de quórum, a sessão que decidiria o pedido de urgência para a votação do projeto.(De o Estado de S.Paulo)

Clique aí e leia na íntegra  Planalto sofre revés em lei que barra siglas


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

alberico de souza filho

Quem diria. PT criticou tanto o Marco Maciel,QUANDO CRIOU O senador biônico, voto camarão, k k k k....

macarrao

Gilmar, sempre ele.

João Helio Beserra Guerra

Nossa presidente virou até guerrilheira conta as medidas casuístas da ditadura militar e agora está usando das mesmas ferramentas.


Abreu e Lima - Maio

25/04


2013

Ele é invencível: Demóstenes não pode ser demitido

 Os integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) confirmaram nesta quarta-feira o afastamento do ex-senador Demóstenes Torres, do cargo de procurador do Ministério Público (MP) de Goiás, mas reconheceram que ele tem direito à vitaliciedade.  Com isso, agora, a pena máxima, o castigo, que poderá ser aplicado ao amigo do bicheiro Cachoeira é a aposentadoria compulsória, com benefício de R$ 22 mil;

A decisão limita as possibilidades de demissão do cargo. Isso somente poderá ocorrer após uma decisão judicial. (De O Estado de S.Paulo - Mariângela Gallucci)

Clique aí e leia na íntegra  Conselho do MP decide que não pode tirar Demóstenes de cargo vitalício


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ERILIO LIMA SANTOS

Demostenes, caso necessite de Dinheiro pra assegurar o Supermercado, procure-me.


Prefeitura do Ipojuca

25/04


2013

Aécio quer fim da reeleição e mandato de cinco anos

 O senador e pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, elabora projeto para propor no Senado que acaba com a reeleição e amplia de quatro para cinco anos os mandatos de presidente, governadores e prefeitos. A regra, de acordo com ele, valeria já para as próximas eleições. O senador sabe que a proposta enfrentará resistência no Congresso, especialmente da bancada governista, mas acredita que lhe dará cacife para a campanha de 2014. O PSDB identificou uma insatisfação do eleitorado com o político disposto a se manter no cargo a qualquer custo.

O projeto mostraria então uma imagem de “desapego” e também se insere na estratégia de “remoçar” o partido, sinalizando a presença da nova geração à qual o senador quer associar sua imagem. Aécio também prepara discurso contra as acusações de “privatista” que o PT usou contra os tucanos nas últimas campanhas. Ele dirá que quer “reestatizar” a Petrobras e criticará o suposto aparelhamento da empresa.(O Estado de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

Ele esqueceu que foi o padrinho dele, Ex. presidente Fernando Henrique Cardoso que comprou a reeleição no Congresso pagando até R$ 300.000,00 por voto de deputados e agora quer pagar de novo para voltar a mesma, só porque não consegue seu objetivo, vai trabalhar vagabundo !!!

ERILIO LIMA SANTOS

Se for pra valer, já antecipo minha decisão de voto. 5 anos pra executivos ( PR, GOV e PREF ) sem reeleição.Fim do senado na proxima legislatura. 3 mandatos pra Dep estadual e 3 mandatos pra vereador, maximo. Pres, ficaria inelegível e impedido de atividades remuneradas.

JOSE PINTO DA SILVA

este senador quer fazer o povo brasileiro de besta se fosse alguem da raça dele que estivese no poder ele fiacria calado estao fazendo de tudo para drubar dilma do poder mais nao pergutaram ao povo se querem ele presidente pernambuco e minas gerais se uniram a banda podre do pmdb para destruir o pas

Cicero Gomes Melo

Isso porque é oposição,estando no poder defenderia mandatos intermináveis.Quanto oportunismo em Aecio!



25/04


2013

BNDES/BB: maiores credores da usina de amigo de Lula

 Mais da metade da dívida bilionária da usina de açúcar e álcool do empresário José Carlos Bumlai, amigo e conselheiro do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, está nas mãos de bancos do governo federal. A Usina São Fernando entrou em recuperação judicial dias atrás e pendurou uma dívida de R$ 1,2 bilhão. Desse montante, cerca de R$ 540 milhões são financiamentos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelo Banco do Brasil (BB) ainda no governo Lula.

A São Fernando deve impostos, pagamentos a fornecedores e salários de empregados, mas seu principal problema é com 15 bancos, credores de mais de R$ 1 bilhão. (Informações de O Estado de S.Paulo - David Friedlander)

Clique aí e leia na íntegra: BNDES e BB são os maiores credores da usina de etanol de amigo de Lula


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

bartolomeu acioli lins

E, mais uma vez, com a ajuda do amigo Lulla, com certeza vai se safar do pagamento. Lembram do "pepino" do Banco quebrado de Sílvio Santos que Lulla mandou a Caixa Econômica comprar? No outro mês apareceu o rombo: QUATRO BILHÕES!!! Tem maracutaia? Lulla tá no meio...

Jânio Nunes

Ta aí, uma bela amizade entre seu Lula e esse rapaz da usina, enquanto isso o povo brasileiro precisa de um lençou nos Hospitais e ñ tem, enquanto Lula colocou nas mão do empresário 1,2 BILHÕES e agora dona Dilminha vai colocaar outros bilhões nas mão s do Eike batista, o Brasil que se FDDDDDDDDD!!!


Banco de Alimentos

25/04


2013

Fim da boquinha

 O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), esteve ontem com o presidente do STJ, Félix Fischer. Foi comunicar que, a partir de maio, os ministros que ocupam apartamentos funcionais do Senado passarão a pagar aluguel de R$ 8,8 mil. Hoje, eles não pagam nada e, ainda, têm direito a internet, água, luz e segurança. A informação é de Ilimar Franco, na sua coluna do GLOBO desta quinta-feira.

Nós aqui do blog também damos nosso pitaco: na verdade, Renan tornou-se ultimamente na ''geni'' da política brasileira, criticado por todos aqueles que têm direito, e até os que não têm. Eleito quase no peito presidente do Senado, vem, ao poucos, com algumas medidas de razoável aprovação popular, tentando apagar o rastilho de pólvora que deixou atrás de si desde que, anos atrás, teve de reuniciar ao mandato para não ser cassado. Passada a tormenta, Alagoas o elegeu novamente senador e ele está aí na crista da onda.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

25/04


2013

Simon chama Dilma de ''marechala'', e ''política vulgar''

 Em reação à tentativa do bloco governista impor a tramitação em regime de urgência no Senado do projeto que asfixia novos partidos, Pedro Simon (PMDB-RS) pronunciou um discurso com duros ataques a Dilma Rousseff. Comparou-a ao general Ernesto Geisel, que presidiu o país de 1974 a 1979, durante a ditadura, informa Josias de Souza, no seu blog.

“Talvez tenhamos que nos referir à marechala presidente”, ironizou Simon. “Talvez, daqui a pouco, ela tenha que aparecer com um casaco diferente. Pode até continuar sendo vermelho, sua cor preferida. Mas com estrelas.” Para Simon, o projeto que o governo deseja aprovar a toque de caixa assemelha-se ao “Pacote de Abril”, baixado por Geisel em 1977. Daí a analogia.''''

Clique aí e leia  Simon chama Dilma de ''marechala'' e ''política vulgar''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

25/04


2013

Presidente até nos Estados Unidos

 Joaquim Barbosa teve de ficar cerca de quinze minutos tirando fotos com brasileiros que o reconheceram anteontem no aeroporto quando chegou em Nova Jersey, nos Estados Unidos, segundo Lauro Jardim, na sua coluna da VEJA.

Na universidade de Princeton, onde palestrou, não foi diferente. Um grupo de cerca de dez brasileiros fez questão de tirar um retrato com Barbosa, a quem pediam para que se candidatasse à Presidência da República.

Barbosa agradeceu os elogios e reiterou que não será candidato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Shopping Aragão

25/04


2013

Empresas corruptoras vão ser punidas

 Foi aprovado nesta quarta-feira, em comissão especial na Câmara, o projeto que endurece a punição a empresas corruptoras, informa o blog Poder Online. A aprovação demandou uma longa negociação com setores do governo, que manifestavam preocupação quanto ao teor da proposta.

Um dos objetivos do projeto é evitar que as empresas se livrem da responsabilidade por práticas como o pagamento de propina alegando, por exemplo, que o funcionário teria agido sozinho. O projeto, segundo o relator Carlos Zarattini (PT-SP), agora segue diretamente para o Senado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/04


2013

Ficha suja: no STF julgados hoje senador e deputados

O senador foi denunciado pelo procurador-geral da República (Inquérito 2.606) com base em indícios de que teria desviado verbas da União, repassadas por convênio à Secretaria de Estado de Mato Grosso,  Newton Cardoso, por sua vez, é acusado em dois inquéritos (3.102 e 3.141), e investigado, como empresário, em processos de sonegação de contribuição previdenciária.

O deputado Emanuel Fernandes responde a inquérito (2.588) por suposto crime de desvio de rendas públicas em proveito de terceiro na condição de prefeito de São José dos Campos (SP).

Já o deputado José Otávio Germano (PP-RS) é indiciado em inquérito (2.842) sob a acusação de participação em esquema de fraudes e desvio de recursos do Detran do Rio Grande do Sul, (Do Informe JB - Luiz Orlando Carneiro)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores