FMO janeiro 2020

23/04


2013

Os mesmos de sempre

CARLOS CHAGAS

 Depois da euforia da descoberta  do Pré-Sal e diante de resultados até agora mínimos em sua exploração, é preciso atentar para as coincidências, lembrando um episódio de 1933, quando foi descoberto petróleo na região de Lobato, na Bahia. Era ministro da Agricultura, Indústria e Comércio o  todo-poderoso vice-rei do Nordeste, Juarez Távora, que reagiu à descoberta declarando ser teoricamente uma ilusão de ótica ou uma invenção dos comunistas,   aquele petróleo. Baseava-se num parecer da Standard Oil...

Pois não é que agora os sucedâneos e sucessores da multinacional começam a sabotar o Pré-Sal, alegando dificuldades para extração a 15 mil metros de profundidade? Até filmes nesse sentido vem sendo preparados no Hemisfério Norte para desencorajar  os trabalhos, sem esquecer a campanha de desmoralização da Petrobrás, em pleno desenvolvimento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detra maio 2020 CNH

23/04


2013

Sem candidatos, velho poder parte para cima de Dilma

DO BLOG DE RICARDO KOTSCHO

 Desistiram de Serra, não conseguem confiar em Aécio, ainda não descobriram qual é a de Eduardo Campos e não botam fé na sustentabilidade de Marina Silva. Sem candidatos viáveis para enfrentar Dilma Rousseff, o antigo aparato midiático-jurídico-financeiro resolveu jogar todas as suas fichas para desidratar a popularidade e combater o governo da presidente em várias frentes, após a divulgação das últimas pesquisas que apontam seu amplo favoritismo para ganhar as eleições de 2014 já no primeiro turno.

Acabou a trégua que a grande imprensa concedeu a Dilma, na esperança de desgastar a sua imagem, a do seu partido e a do seu principal cabo eleitoral, o ex-presidente Lula. no episódio do mensalão. Também não deu certo a estratégia de jogar criador contra criatura, preservando a imagem de Dilma enquanto miravam todos os seus ataques em Lula e no PT.

Nas últimas semanas, enquanto criticam a antecipação da campanha eleitoral, colocando a culpa no governo, amplos setores da mídia parecem ter adotado uma pauta única em capas de revistas, editoriais e manchetes de jornais, que consiste em mostrar a inflação fora de controle e o colapso da infraestrutura e  dos serviços públicos, diante da inércia do governo.

A um ano e meio da eleição, as críticas já resvalam também para aspectos pessoais da personalidade da presidente, até das suas dificuldades para se expressar com clareza, que teria provocado a polemica em torno do aumento dos juros.

O estado d´alma dos dois principais jornais paulistas se revela nas manchetes políticas desta segunda-feira, que mostram uma estranha coincidência.

"Setor financeiro resiste a Dilma, mas aponta fragilidades de Aécio e Campos", constata o "Estadão", que ouviu "10  influentes integrantes do mercado sobre os principais personagens políticos do País", sob a condição do anonimato.

"Corrida com barreiras" é a manchete da "Folha", que conclui: "A um ano e meio da disputa, pré-candidatos à Presidência da República tentam neutralizar fragilidades e já atuam como se estivessem a poucos meses da eleição".

A explicação está nos números que acompanham o infográfico com os problemas e as vantagens dos candidatos: no último Datafolha, Dilma tem 58% de intenções de voto; em segundo lugar, vem Marina Silva, com 16%, mas ainda sem partido, seguida por Aécio Neves, com 10%, e Eduardo Campos, com 6%. E Dilma, além da sua oceânica aliança, conta com o dobro de tempo de televisão dos seus três adversários somados.

Nem é preciso perder muito tempo lendo o noticiário sobre a corrida eleitoral, que é mais ou menos o mesmo em todas as publicações _ e assim será, pelo menos até que os antigos donos do poder encontrem um candidato confiável para chamar de seu. Até lá, Dilma vai continuar apanhando, já que não há outro jeito de mudar os resultados das pesquisas, embora esta estratégia também não esteja dando muito certo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Maio

22/04


2013

Professores do Recife aderem à greve nacional















Professores das redes estadual e municipal do Recife aderiram à paralisação nacional da categoria que tem início amanhã (23). A greve, que vai durar três dias, tem por objetivo reivindicar a implantação do piso nacional, a adoção do plano de carreira, melhores condições de trabalho e profissionalização dos funcionários da rede pública de ensino.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) informou que, na quarta-feira (24), às 14 horas, a categoria pretende ocupar a Câmara dos Vereadores e a Assembleia Legislativa de Pernambuco. Por conta da paralisação, 770 mil alunos da rede estadual devem ficar sem aulas.
 
Sobre a notícia, a Secretaria Estadual de Educação respondeu que "Pernambuco é um dos poucos Estados que vem pagando o piso nacional dos professores para todos os docentes da rede estadual de ensino e investindo amplamente na educação".

A Secretaria Municipal de Educação, por sua vez, esclareceu que "o Recife vem cumprindo com o piso salarial nacional para todos os docentes da rede municipal de ensino, tendo já implantado, no mês de abril, o percentual de aumento de 7,97%, estabelecido pelo Ministério da Educação para este ano de 2013, retroativo ao mês de janeiro".

Em nota, o Sintepe afirmou que é esperada uma adesão de cerca de 90% dos professores recifenses.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Elisabete Aprigio de Sá

Só quero lembrar ao nosso ilustre governador, que o piso pago aqui em Pernambuco, foi conseguido retirando nossos direitos adquiridos como "Pó de giz, quinquênios. Hoje nosso contraque cheque consta apenas do salário base, sem nenhuma vantagem conquistada. Foi tudo somado e aí deu com folga essePIS


Prefeitura do Ipojuca

22/04


2013

Remédio que ajudou curar câncer de Dilma é vetado pelo SUS

Um remédio usado pela presidente Dilma Rousseff para o tratamento do câncer no sistema linfático que teve em 2009, o rituximabe, foi vetado em caráter preliminar pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para ser prescrito a pacientes da rede pública. O documento, da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do SUS (Conitec), esteve até esta segunda-feira em consulta pública e causou protestos de médicos e da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale). Já na rede privada, o mesmo medicamento tem licença da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para ser receitado desde 1998.

Dilma foi curada de um linfoma não Hodgkin de grandes células B. Para este tipo de linfoma — um entre os 20 tipos existentes e que acomete 30% dos pacientes com a doença — o SUS já aprovou o uso do rituximabe. Mas para o linfoma não Hodgkin folicular, responsável por outros 20% dos casos, o parecer prévio da Conitec informou que não foram encontradas evidências que justificassem o uso do remédio. Em média, o tratamento completo com o medicamento custa cerca de R$ 50 mil, de acordo com a Abrale. A Conitec fez o parecer usando informações da Roche, farmacêutica que fabrica o remédio e pediu à comissão a licença para fornecer o remédio à rede do SUS.

 Agora, terminado o prazo para consulta pública, a comissão do SUS terá que divulgar se mudou de ideia ou manterá o medicamento fora da lista fornecida pela rede pública. De acordo com o Ministério da Saúde, o parecer final deverá ser anunciado entre os meses de maio e junho. ''A comunidade médica internacional inteira recomenda o uso deste medicamento para o tratamento da doença. É como prescrever penicilina para tratar pneumonia. Não foi usado um critério médico, mas sim econômico para vetar o uso do rituximabe '', afirma o oncologista Daniel Tabak, ex-diretor do Instituto Nacional do Câncer.

Diretor da Sociedade Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia celular, Carlos Sérgio Chiattone demonstrou perplexidade com o parecer técnico da Cointec. O hematologista diz que o documento distorce estudos científicos que comprovam o efeito do remédio no tratamento do linfoma folicular, associado à quimioterapia: ''É de absoluto conhecimento da comunidade científica no mundo desenvolvido da prescrição da imunoterapia (classe de medicamento à qual pertence o rituximabe) para o linfoma não Hodgkin folicular. Até os planos privados, que costumam ser altamente restritivos com custos, aceitam o tratamento''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jânio Nunes

rsrss, comentário com "nexo" é o seu o Josadaque, ou é ALOPRADO DOS PTralhas ou é do contra, vai te informar, e ver as materias mais acima pra ver onde está todos os BANDIDOS do MEANSALÃO, inclusive o "salve salve de vcs Lula.

Josadaque Vieira

Quatro comentários,nehum com aval tecnico,ou seja nada por nada repetindo o que a PIG diz.Ou seja Maria vai com ás outras ou é Dilma sou contra.

enoque viana de oliveira filho

Está numa boa rindo à toa cheia de graça. Mas... "Nada como um dia após o outro e uma noite no meio."

Jânio Nunes

Que DEUS abençõe de nunca mais a senhora precisar passar por aquele tratamento, que a senhora nunca venha a ter uma doença daquelas, mas, e as pessoas desse Brasil que estão enfermas pelo mesmo problema, serão mesmo CONDENADOS À MORTE? que isso dona Dilma. ou vai dizer também que ñ sabia?

Jânio Nunes

Pegou mal presidenta, tenh a pelo menos respeito com o povo quem tem uma enfermidade daquelas que a senhora teve, a senhora sabe muito bem o que significa, a senhora foi tratada com uma medicação que bem provável veio do SUS paga por nós, e agora a senhora VETA A ENTREGA DA MEDIÇAÇÃO, que tristeza.



22/04


2013

''Dr. Hollywood'' aceita convite e se filia ao PSC















Após alguns meses de conversa, o PSC filiou na semana passada o cirurgião plástico Robert Rey, mais conhecido como ‘Dr. Hollywood’.  O médico transformou-se em celebridade – primeiro nos Estados Unidos, depois no Brasil – ao estrelar um reality show sobre cirurgia plástica. No programa, pacientes aceitam ser filmadas durante todo o processo cirúrgico e expõem no vídeo os resultados dos procedimentos.

O partido realizou um coquetel na sexta-feira (19), na Assembleia Legislativa de São Paulo, para formalizar a filiação. Embora a ideia fosse fazer uma cerimônia simples, formou-se uma fila de mulheres no local, que incluía desde funcionárias da limpeza da Casa até policiais militares.

O PSC gostaria de lançar Rey candidato a deputado federal, para atuar como um puxador de votos. Abertamente, entretanto, o partido afirma que o cirurgião ainda não manifestou a intenção de disputar, embora tenha o apoio da legenda se optar por concorrer.

Diante do sucesso alcançado pelo reality show americano “Dr. 90210″, ele acertou com a RedeTV e se transformou em apresentador do programa no Brasil. Aqui, o programa foi batizado de Dr. Hollywood. Rey viveu nos Estados Unidos desde criança e retornou ao Brasil pela primeira vez em 2008. Na época, o reality show abordou exaustivamente o drama familiar do cirurgião e seu reencontro com o pai biológico.

Com informações de Clarissa Oliveira (Poder Online).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Josadaque Vieira

vai da um jeito na cara de pau de feliciano.


Banco de Alimentos

22/04


2013

Ouça o Frente a Frente desta segunda 22/04

Se você perdeu o Frente a Frente desta segunda 22 de abril de 2013, programa que apresento de segunda-feira a sexta-feira, ao lado do jornalista Adriano Roberto, das 18 às 19 horas, pela Rede Nordestina de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha FM, 96,7 formada por 35 emissoras, Clique aqui e ouça agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

22/04


2013

Ministra torce pela prisão de condenados no mensalão
















Ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon disse acreditar que a população que “acompanhou todo o processo, como se estivesse assistindo a uma novela, vai ficar frustrada se as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) não forem cumpridas pelos condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão”. Ela disse que, como cidadã, também estará frustrada.

Para a ministra, "o STF adquiriu credibilidade pública com as decisões, que criaram uma expectativa na sociedade brasileira quanto ao cumprimento. Então, o STF terá que dar uma satisfação ao público, se o que decidiu vale ou não". Os ministros da Corte Suprema, segundo Eliana, "são experientes e têm respaldo político muito grande, assegurado pela Constituição, que lhes dá absoluta independência".

O julgamento do mensalão terminou no final do ano passado com a condenação de 25 dos 37 réus acusados de participar de esquema de corrupção no primeiro mandato do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A ministra manifestou também opinião contrária à aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 37) que retira do Ministério Público a competência para investigar. Ela entende que a mudança "prejudicaria o processo atual de combate à corrupção que ocorre no país e que conta com a participação de organismos do Governo, como a Controladoria Geral da União e o Tribunal de Contas da União".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Elisabete Aprigio de Sá

Prisão? No Brasil? Para POLÍTICOS? Só se for de Vento Dra. Eliana. Pessoalmente não acredito que aconteça nada com os grandes da Política Nacional, emvolvidos nessa roubalheira.

Wellington Antunes

Realmente foi uma grande novela.....


O Jornal do Poder

22/04


2013

Petistas criticam projeto que inibe criação de novos partidos
















Na contramão do que seu partido defende na Câmara dos Deputados, o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado Federal, criticou nesta segunda-feira (22) a aprovação do projeto de lei que dificulta o funcionamento de novos partidos. A proposta está em processo de votação na Câmara e, depois, será submetida à deliberação dos senadores.

Para Viana, aprovar o projeto para que as novas regras já vigorem nas eleições de 2014 é “casuísmo” e “esperteza”. “Sou contra a maneira como o projeto está sendo votado. Não vou assinar embaixo. Mexer nas regras do jogo com o jogo em andamento não vale”, disse.

Viana recebeu apoio dos senadores Álvaro Dias (PSDB-PR), Ana Amélia (PP-RS) e do também petista Paulo Paim (RS) ao anunciar que vai apresentar emenda ao projeto para que a norma entre em vigor apenas depois das próximas eleições. Ele defendeu o partido que a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva pretende criar para disputar as eleições presidenciais - o Rede Sustentabilidade. “O partido que Marina está criando é legítimo. Não é cartorial”, afirmou.

A manifestação de petistas mostra que a proposta encontrará mais dificuldade para ser aprovada. Na Câmara, o texto básico e algumas emendas já foram aprovados com apoio do PT, do PMDB e de outros partidos governistas. A maior oposição partiu do PSDB, do PSB, do PSOL, do PV, do PPS e do PMN.

O projeto, de autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), impede a transferência do tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão e dos recursos do Fundo Partidário relativos aos deputados que mudem de partido durante a legislatura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Josadaque Vieira

Niguem é contra fundar novos partidos,agora tornar Dep.Maior que os partidos e fazer mandato moeda de troca é foda.


Shopping Aragão

22/04


2013

Lossio "noiva" com o PT e confirma apoio a Dilma


















Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (22) para anunciar a construção de um espaço de esporte e lazer em Petrolina, o prefeito Julio Lossio (PMDB) aproveitou a presença do senador Humberto Costa e dos deputados Odacy Amorim e Isabel Cristina – todos filiados ao Partido dos Trabalhadores – para anunciar que, a partir de agora, sua gestão vive um “noivado” com o PT.

Em sua fala, Lossio lembrou das dificuldades enfrentadas durante seu mandato por fazer oposição ao governador Eduardo Campos (PSB) e lembrou que não é de hoje que busca apoio do PT. “Na última eleição busquei uma conversa com Isabel Cristina e com Humberto Costa, mas como o deputado Odacy Amorim tinha acabado de se filiar ao partido e lançado sua candidatura a prefeito, não tivemos como ter esse apoio naquele momento. Mas o diálogo se manteve durante todo esse tempo”, afirmou o peemedebista.

Lossio fez questão de deixar claro que está se alinhando e irá caminhar junto com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que, segundo ele, foi quem abriu as portas de Petrolina para os investimentos que hoje aportam na cidade. “Estamos recebendo ações importantes, como R$ 500 milhões para investir em habitação, e seria muito estranho eu não votar em meu partido. Então nós caminhamos fortemente para votar no PMDB, em Temer, e, consequentemente, na presidente Dilma”, disse o prefeito.

Humberto, por sua vez, preferiu a cautela. Disse que a relação entre o PT e o PMDB é de respeito e preocupação, mas elogiou a gestão de Lossio e afirmou ser necessário cultivar esse entendimento. “Julio Lossio é integrante do PMDB e tem uma identidade com a maioria do partido, que é de continuar no governo e marchar junto com a presidenta. O PMDB tem o vice-presidente da República e esse é o fundamento dessa aproximação. Temos certeza de que vamos estar juntos na campanha de Dilma, defendendo e formando seu palanque aqui na região do Vale do São Francisco”, disse o senador.

Com informações de Taísa Alencar (Vale em Pauta).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Vital Cordeiro

Prefeito Lóssio tome o controle do PMDB em Pernambuco, Dorany e Jarbas saõ contra seu projeto e da Presidenta Dilma.

Wellington Antunes

Agora Lóssio não presta...é cada tese....kkkkkkkkkk.

milton tenorio

"Banda boa"...KKKKKKKKKk...A piada do mês de abril de 2013.....Lossio vinha até bem..descambou....

José Carlos Siqueira Diniz

E o PMDB tem banda boa é? kkkkk Só esse louco do Rivaldo Soares, que pensa que tem alguma relevância política, pra crer nisso. Aliás, tenho quase certeza de que ele nem conhece o "dotô" pessoalmente. E se conhece, não sabe o quão ruim o cabra é. Talvez só seja menos ruim do que ele.

Rivaldo Soares

JÚLIO LÓSSIO ESTÁ FAZENDO O QUE A BANDA BOA DO PMDB QUER: DISTÂNCIA DE JARBAS VASCONCELOS E EDUARDO CAMPOS. JÚLIO LÓSSIO PRA GOVERNADOR DE PERNAMBUCO, COM O PT NA VICE. ELE JÁ BOTOU EDUARDO DUAS VEZES NA LONA, EM PETROLINA. PODERÁ MUITO BEM BOTAR NO ESTADO.



22/04


2013

Arcoverde lança São João 2013 em coletiva no Recife

















A prefeita Madalena Britto (PTB) lança amanhã (23), às 11h30, no restaurante Boi na Brasa, no Recife, o formato do São João 2013 de Arcoverde, considerado um dos melhores festejos de Pernambuco e do Nordeste. O investimento previsto é em torno de R$ 2,5 milhões e a expectativa da Secretaria Municipal de Turismo é que sejam injetados na economia local cerca de R$ 40 milhões.

O São João de Arcoverde será realizado entre os dias 20 e 29 de junho e contará com mais de 150 artistas nacionais, regionais e locais, espalhados por dez polos de animação. O Palco Central, localizado na Praça da Bandeira, reunirá atrações nacionais e regionais que serão divulgadas pela prefeita durante a coletiva de imprensa.

Apesar da seca que ainda insiste em castigar os municípios do interior do Estado, a assessoria da prefeitura informa que a decisão de seguir com a realização do evento visa o fomento da economia do município através da geração de empregos - a expectativa é de que os festejos juninos empreguem cerca de três mil trabalhadores em atividades diretas e indiretas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha