Lavareda

13/11


2013

Orquestra Cidadã apresenta concerto clássico na Sé
















A Orquestra Criança Cidadã Meninos do Coque promove concerto gratuito na próxima quinta-feira (14), às 19h30, na Igreja da Sé, em Olinda. Depois de apresentações populares, o repertório escolhido para a noite aposta em composições clássicas, marcadas pela junção das cordas e do sopro. Maestro convidado, o argentino Miguel Ángel Gilardi conduz os 35 jovens músicos mais avançados da orquestra.

O público poderá conferir a famosa trilha sonora da peça teatral do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, Peer Gynt, que foi musicalizada por Edvard Grieg, o compositor mais tradicional daquele país, em 1876. Cinco professores de sopro da Orquestra Criança Cidadã, seis musicistas convidados e uma cantora lírica ficarão responsáveis para dar som à primeira suíte da peça, célebre por misturar poesia com sátira social, entremeada pela miscelânea de realismo e surrealismo.

A obra é conhecida mundialmente e tem sido utilizada até os dias atuais em inserções na cultura popular, com trechos musicais sendo veiculados em trilhas sonoras de propagandas, filmes e séries de tevê.

O programa também conta com a Modinha Imperial de Francisco Mignone e com a 45º Sinfonia de Joseph Haydn, A Despedida, obra muito conhecida de um dos mais importantes compositores do período clássico. “Escolhemos peças inéditas e complexas porque estudo e concentração são sempre os responsáveis pelo crescimento artístico dos profissionais da música. Como regente, Gilardi foi convidado devido aos anos de experiência e ao reconhecimento por um trabalho notável, desenvolvido também com jovens ”, explica o maestro da Orquestra Criança Cidadã, Gustavo Paco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

13/11


2013

Eduardo inaugura unidade da Funase em Vitória de Santo Antão

















A Fundação de Atendimento Socioeducativo de Pernambuco (Funase) ganhou mais uma unidade para recuperação e tratamento de jovens. O governador Eduardo Campos (PSB) inaugurou nesta quarta-feira (13) o Centro de Atendimento Socioeducativo de Pernambuco (Case), em Vitória de Santo Antão. Outros cinco equipamentos nos mesmos moldes estão sendo instalados no estado, totalizando um investimento de quase R$ 80 milhões.

A solenidade contou com a presença do secretário estadual da Criança e Juventude, Pedro Eurico, e do prefeito de Vitória de Santo Antão, Elias Lira (PSD).

Com investimentos de R$ 13,7 milhões, o novo centro tem uma área total de 26 mil m², sendo 4,1 mil de área construída, com capacidade para abrigar até 72 adolescentes e jovens do sexo masculino. "Temos um desafio importante que é fechar a torneira da produção de jovens para esse equipamento. Espero um tempo novo, em que não se precise de um ambiente como esse. Enquanto isso, os seis centros são um passo importante para acolher a juventude que precisa reconstruir suas vidas", disse o governador.

Além de seis casas com quatro dormitórios cada, o espaço abrigará uma escola estadual com duas salas de aula, um ambiente voltado ao aprendizado da informática e uma biblioteca. Eduardo apontou a educação como saída para o problema. "A evasão escolar é uma fábrica de clientes para a Funase. Estamos cheios de histórias dessas aqui. Pernambuco conseguiu reduzir a evasão escolar. O esse projeto pedagógico é fundamental porque queremos que esses jovens encontrem dentro de si suas potencialidades e talentos para recomeçarem suas vidas", ressaltou.

O espaço conta ainda com duas salas para oficinas de formação no Case, três campos de areia, uma quadra coberta e espaço para encontros ecumênicos. De acordo com o procurador-geral de Justiça do Estado, Aguinaldo Fenelon, esse estímulo à educação é fundamental. "Uma das maiores causas da violência neste País é a evasão escolar. São as crianças e jovens que abandonaram as escolas que precisam desses centros", explicou Fenelon.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

13/11


2013

Trabalhadores do Presídio de Itaquitinga denunciam atraso salarial

“Caro Magno.

Nós, fornecedores de transportes do Presídio de Itaquitinga, há três meses, demos uma trégua nos protestos aqui na parceria-público privada depois que recebemos a promessa do secretário [estadual de Governo] Milton Coelho, de que no prazo de 60 a 90 dias, os responsáveis pelo pagamento dos serviços prestados na obra estariam resolvendo nosso problema. Neste período, a obra ficou paralisada.

Acontece que, na última segunda-feira (11), sem cumprir o acordo firmado com a gente e sem nos dar nenhuma satisfação, a obra foi retomada. A consequência disso foi uma nova paralisação hoje, devido aos novos protestos que fizemos pela manhã.

A quebra do acordo por parte do governo só aumentou a nossa disposição de continuar lutando pelo nosso suado dinheiro, atrasado há mais de um ano e seis meses.

Antônio Carlos.
Representante dos Fornecedores de Transportes da PPP do Presídio de Itaquitinga.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

13/11


2013

Mello defende prisão imediata para condenados no mensalão


















A poucas horas da sessão que pode decidir a prisão de parte dos condenados no escândalo do mensalão, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Mello, disse ser favorável ao início do cumprimento da pena dos réus, inclusive aqueles que terão direito a um novo julgamento por alguns dos crimes.

''Quanto aos demais capítulos que transitaram em julgados e que não houve impugnação, é possível ter-se essa execução [da pena]. Mesmo porque começa a correr o prazo para a prescrição'', disse o ministro.

Segundo ele, o tribunal tem reconhecido a existência de capítulos autônomos com relação às diferentes matérias analisadas no processo. O cumprimento da pena pode ser acionado, inclusive, quanto aos que interpuseram embargos infringentes, ''claro que consideradas matérias ou condenações não envolvidas nesse recurso'', apontou o Marco Aurélio.

Contudo, o ministro ressaltou que há discussão sobre a necessidade de esperar pelo acórdão relativo aos segundos embargos declaratórios para início do cumprimento da pena. Ele acredita ser voto vencido na questão e ressaltou que a corte tem determinado a expedição imediata dos mandados de prisão quando percebe que o intuito do recurso é protelar o final do processo. ''Quando se percebe que eles visam protelar apenas o desfecho final do processo, a maioria tem determinado a expedição imediata do mandado de prisão''.

Com relação à análise dos segundos embargos declaratórios, que deve ter início na tarde desta quarta-feira (13), o ministro afirmou que o cabimento do recurso pressupõe ''um vício na decisão dos primeiros embargos declaratórios, o que é muito difícil de ocorrer''.

Exame.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/11


2013

Lossio e Guilherme entram com recurso ainda hoje no TSE




















O afastamento imediato do prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE) na noite de ontem (12), não preocupa o vice-prefeito Guilherme Coelho (PSDB), que também foi afastado do cargo. De acordo com o tucano, há esperança de que ambos voltem aos cargos depois de dar entrada nos recursos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Guilherme disse respeitar a decisão da Justiça Eleitoral, mas afirmou que usará o direito de recurso. "Vamos entrar com o recurso ainda hoje ou no mais tardar amanhã, em Brasília, num trabalho feito pela nossa assessoria jurídica". O vice-prefeito petrolinense lembrou que “a chapa foi eleita pelo povo com uma diferença de quase 19 mil votos em relação ao segundo colocado”, o deputado federal Fernando Filho (PSB), autor do pedido de afastamento de Lossio.

Apesar do desgaste na imagem, o tucano acredita que a decisão de torná-lo inelegível ao lado do prefeito não irá afetar sua posição. "Fui afastado porque faço parte da gestão e de uma mesma chapa, mas acredito que eu não poderei ficar inelegível em novas eleições, não afirmo, mas acredito", frisou.

O TRE entendeu que Lossio cometeu abuso de poder político ao regularizar, no ano passado, a situação de 1.500 famílias que ocupavam um terreno no loteamento Terras do Sul. Caso a decisão do tribunal seja entregue nesta quarta-feira (13) à 83ª Zona Eleitoral de Petrolina, o presidente da Câmara de Vereadores, Osório Siqueira (PSB), deverá assumir o comando da prefeitura até que Fernando Filho seja convocado para renunciar ao cargo de deputado federal para ser diplomado.

Diario de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Egnaldo Pereira

O atual prefeito de Belo Jardim teve uma de suas contas rejeitdas pelo TCE e pela Câmara de Vereadores e foi considerado apto pelo TRE-PE para concorrer ao cargo.É muito estranho esse TRE-PE!

Tasiana Ferreira

É preciso a qualquer indivíduo (político, inclusive) ao se defender, muito mais que mera retórica – a mesma que vem servindo de comichão aos ouvidos de muitos.

Tasiana Ferreira

Tomando em empréstimo a expressão do filósofo Edgar Morin, é preciso ratificar que o velho “habitat das vedetes do Estado-espetáculo” e do espetáculo populista eleitoral não podem servir de tampão e venda à luz da Justiça.

Tasiana Ferreira

...o argumento de “homem bom perseguido por fazer o bem”.

Tasiana Ferreira

Se o prefeito Julio Lóssio teve contas eleitorais rejeitadas (como se noticiara recentemente), se sua conduta eleitoral fora reprovada, se mais transparência nos seus atos políticos a administrativos têm sido reclamados pela lei ante a lei, não é possível, simplesmente, defender-se com o argumento..



13/11


2013

Vice-prefeito de Passira é vítima de sequestro relâmpago

O vice-prefeito de Passira, Edelson Gomes (PSB), foi vítima de um sequestro relâmpago no fim da noite da última terça-feira (12). O socialista estaria no carro do secretário municipal de Agricultura, Junior de Biá, quando, na volta para casa, alguns homens encapuzados e armados teriam lhe abordado. Em seguida, os criminosos roubaram o automóvel e levaram o vice-prefeito como refém.

Ao chegar nas proximidades do Sítio Cútias, na zona rural da cidade, os ladrões liberaram Edelsinho, como é conhecido, e seguiram em fuga. A vítima, a pé, se deslocou até o centro do município, onde registrou boletim de ocorrência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/11


2013

Justiça suspende pagamentos à EBP por projetos portuários
















A ação popular impetrada pelo deputado federal Augusto Coutinho (SDD) que solicita a paralisação do processo licitatório dos portos brasileiros e a suspensão de eventuais pagamentos pela Secretaria dos Portos à Estruturadora Brasileira de Projetos (EBP) foi acatada, em caráter liminar, pelo juiz Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara do Distrito Federal.

O deferimento, divulgado na noite de ontem (12), permite a continuidade das licitações, mas proíbe qualquer pagamento à autora dos projetos.

Coutinho questiona os privilégios oferecidos pelo Governo Federal à EBP, que, segundo ele, tem atuado sozinha e com exclusividade para os estudos de reestruturação do setor portuário brasileiro. O parlamentar disse ter estranhado essa relação do setor privado com o Poder Executivo e resolveu investigar e denunciar aos órgãos competentes.

Na decisão, o magistrado diz que até agora não houve repasse de recursos públicos pelos estudos, uma vez que a remuneração está atrelada à assinatura dos contratos de arrendamento, a ser pago pelo vencedor dos leilões. Segundo ele, caberia uma “solução intermediária que não impeça a atividade administrativa e nem permita a dilapidação do patrimônio público, favorecendo a própria tramitação processual”.

Inquérito - O Ministério Público Federal abriu inquérito civil público para apurar irregularidades na contratação da EBP pelo Governo Federal. “Não tenho dúvidas de que alguma coisa estranha paira por trás da contratação dessa empresa. De todas as privatizações do PT, uma única empresa ganhou a licitação para fazer os projetos. Sou engenheiro civil e sei que existem, no Brasil, várias empresas de consultoria qualificadas para fazer os projetos, mas só a EBP foi qualificada para fazer“, disse.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/11


2013

Daniel: "Eduardo agride a inteligência do povo pernambucano"
















O deputado estadual Daniel Coelho (PSDB) fez duras críticas ao que chamou de “incoerência” e “atitude eleitoreira” do governador Eduardo Campos (PSB), que, segundo ele, “mesmo tendo inchado a máquina pública com secretarias e comissionados anunciou no Programa do Jô que reduziria a quantidade de pastas de sua gestão”. O anúncio, de acordo com o líder da oposição na Assembleia Legislativa, “é uma agressão à inteligência do povo pernambucano”.

“Observando as declarações do PSB em relação à política nacional, ficamos confusos, pois muita coisa do que vem sendo defendida em nível nacional não condiz com o governo estadual. No início de agosto, defendemos a redução de comissionados e o governo negou, dizendo que não havia excessos para cortar. Anunciaram o corte”, disse Daniel.

E acrescentou: “Agora, a surpresa maior: anunciaram a diminuição no número de secretarias que o próprio governo criou. Em sete anos, só fez aumentar e agora que está prestes a deixar o governo, diminui para seu sucessor. Isso é atitude de quem tem governado com as velhas práticas, é uma agressão à inteligência do povo pernambucano”.

Daniel afirmou, ainda, que “uma coisa é um choque de gestão feito no primeiro dia de governo, como o que Aécio Neves fez em Minas Gerais; outra é diminuir apenas quando se está prestes a entregar o cargo para o vice”. “O tempo inteiro aumentou e agora quer vir com esse discurso de que quer reduzir. Isso devia ter sido feito no primeiro ano de governo. Fazer isso agora é uma atitude eleitoreira”, enfatizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

breno ferreira castro

Acho que falta mais substância nos discursos de Daniel, porém o danado é muito corajoso e tem posição política.

o povo da de olho

CONCORDAMOS.



13/11


2013

CCJ aprova PEC que garante aposentadoria para catadores
















Os mais de 500 mil catadores de material reciclável do Brasil agora podem começar a sonhar com a aposentadoria. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados aprovou, na noite de ontem (12), o relatório do deputado federal João Paulo (PT) sobre a PEC 309/13, que dispõe sobre a contribuição para a seguridade social do catador de material reciclável que exerça suas atividades em regime de economia familiar.

A proposta inclui o catador entre aqueles que têm o limite para aposentadoria no regime geral da previdência social reduzido em cinco anos. A justificativa apresentada para inclusão previdenciária do catador se assemelha à do trabalhador rural, que possui baixa renda e não tem regularidade nos rendimentos. A proposta é que a contribuição ocorra mediante a aplicação de alíquota sobre o resultado da comercialização, a ser recolhida pelo adquirente.

João Paulo disse que a medida vai atender uma categoria de trabalhadores que exerce suas atividades braçais em condições adversas, enfrentando sol e chuva. “Quando fui prefeito do Recife, implantamos a coleta seletiva em 45 dos 92 bairros da cidade. Com isso, criamos uma cooperativa, uma associação e quatro núcleos de triagem, que garantia uma renda de um salário mínimo a várias famílias. É uma categoria de trabalhadores que merece toda nossa atenção e respeito”, destacou.

A Proposta de Emenda à Constituição 309/13, de autoria do deputado federal Padre João (PT), segue agora para aprovação no plenário da Câmara de Deputados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

QUANTO APOSENTÁ-LOS SÃO MERECEDORES, SÓ NÃO PODE É SOBRECARREGAR O INSS PARA DEPOIS FALAR EM DÉFICE,Q O MOTIVO E A APOSENTADORIA FUNRURAL,QUE NÃO CONTRIBUIRÃO E TODOS OS ANOS QUANTOS SE APOSENTA E TODOS OS ANOS O ROMBO AUMENTA E ESTE INDECENTE GOV.QUER TAPAR O ROMBO AUMENTANDO O TEMPO DE SERVIÇO.

Gomes Neto

A população deve ser educada e estimulada a contribuir para a previdência. Vivemos num país em que só se pensa no presente, no curto prazo. Pra que o povo vai contribuir se pode fraudar a previdência se aposentando como agricultor e agora como catador de lixo? Isso é um tapa na cara de quem contribi

Gomes Neto

Já existe o benefício da LOAS e o bolsa família que servem para ajudar os desamparados. Pra que criar mais aposentadorias sem contribuição que só servem para alimentar a corrupção?

Gomes Neto

No interior o que tem de gente dizendo que é agricultor pra se aposentar não é brincadeira. Tem gente que nunca pegou numa enxada e se aposenta como agricultor. Fora as adolescentes grávidas que recebem benefício como agricultoras.

Gomes Neto

É muito bom fazer caridade com o dinheiro dos outros. Mais um campo propício para fraudes. O que vai ter de gente dizendo que é catador de lixo para se aposentar e receber benefício não vai ser brincadeira. Isso já acontece no caso dos agricultores. continua



13/11


2013

Integração Nacional libera R$ 10 milhões para obras em Caruaru

O Ministério da Integração Nacional vai destinar, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), R$ 10 milhões para pavimentação asfáltica de estradas no município de Caruaru, no Agreste do Estado. O objetivo é dinamizar e desenvolver a agricultura e economia criativa da região.

De acordo com o coordenador-geral de programas sub-regionais da SDR, Marcos Sant’Ana, a obra proporcionará competitividade aos fornecedores do Agreste de Pernambuco. “A nova pavimentação deve reduzir em 15% os custos com transportes agropecuários. Isso dará mais competitividade ao produtor rural de Caruaru e irá melhorar o escoamento da produção artesanal e de confecção”, afirma.

A obra irá beneficiar mais de 1.800 famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Os trechos que serão requalificados são Terra Vermelha, Peladas, Gonçalves Ferreira, Lajedo do Cedro e Malhada de Pedra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha