Faculdade de Medicina de Olinda 2

06/02


2013

Eduardo vice de Aécio? Ele não embarca nessa

 O governador Eduardo Campos, talvez até à sua revelia em muitos casos, tem circulado no noticiário como candidato a muita coisa na política deste País, desde a inarredável  candidatura a presidente da República pelo seu PSB, já peitando Dilma em 2014, a vice da presidente, como quer e vem publicando o ex-presidente Lula. Também comporia como candidato a vice de Aécio Neves, no pleito do ano que vem. Sobre essa posição, Mônica Bergamo entra com oportuna nota na sua coluna de hoje, na Folha de S.Paulo. Leia:

''''Apesar de alguns flertes, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB-PE), não vê possibilidade de ser vice de Aécio Neves (PSDB-MG) numa campanha à Presidência da República em 2014. Num cenário que considera ideal, o tucano seria o candidato ''da direita'' enquanto Campos surfaria pelo centro -e jamais como um anti-Lula, de quem foi quase sempre aliado.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

eles nunca tira o sapato antes de chegar ao rio.


Detran

06/02


2013

Carta de Thereza Collor atacando Renan é falsa

 Carta aberta ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL), creditada a Thereza Collor, foi compartilhada por mais de 42 mil pessoas no Facebook. A ''musa do impeachment'' esclarece: ''Há cinco anos, esse texto correu o Brasil e chegou a ser publicado em jornais com minha assinatura, mas não é de minha autoria''. Seu pai, o usineiro João Lyra, é citado por ter contribuído com US$ 1 milhão para campanha de Calheiros a deputado.

O artigo foi escrito pelo ex-deputado alagoano Mendonça Neto, que morreu em 2010. ''Você sabe manipular as pessoas, as ambições, os pecados e as fraquezas'', diz o texto, publicado em um jornal de Alagoas na época do escândalo que levou Calheiros a renunciar à Presidência do Senado, em 2007, para não ser cassado.(Informação de Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

06/02


2013

Juntando os caquinhos

DIVANE CARVALHO *

 O PT começa a juntar os caquinhos pelo Nordeste: será em Fortaleza, de 1 a 2 de março, a reunião do seu Diretório Nacional e o objetivo é aumentar a inserção do partido na região, tradicional reduto eleitoral da legenda, mas que nas últimas eleições perdeu duas capitais importantes como Recife e Fortaleza e não conseguiu emplacar o candidato petista em Salvador. Venceu apenas em João Pessoa, com Luciano Cartaxo.

A avaliação dos líderes petistas é que o partido precisa melhorar a articulação política na região, sob influência do PSB, com o presidenciável Eduardo Campos, governador de Pernambuco, e dos irmãos Ciro e Cid Gomes, governador do Ceará. Daí o peso simbólico da escolha do Nordeste como local para realizar a primeira reunião do diretório no formato descentralizado.

A reunião do Diretório Nacional terá a presença dos seus 81 integrantes e, provavelmente, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre os pontos que serão discutidos estão os dez anos de PT no poder, os 33 anos de fundação do partido e a reforma política. O PT também colocará em pauta a discussão do PED (Processo de Eleição Direta), em novembro, quando será eleita ou renovada a direção partidária, e do seu 5º Congresso Nacional, em fevereiro de 2014.  (* Divane é jornalista)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

06/02


2013

Ataque de Dirceu à imprensa: ''Querem inviabilizar o PT''

Em ato do PT no Distrito Federal, ex-ministro José Dirceu (à dir.) pede defesa de condenados no julgamento do mensalão

Em um ato marcado por ataques à imprensa, o ex-ministro José Dirceu afirmou na noite desta terça-feira, em Brasília, que o julgamento do mensalão, no qual foi condenado a regime fechado de prisão, foi político, e que não tinha o objetivo de fazer justiça, mas sim colocar o governo Lula no banco dos réus.

- É evidente que o julgamento da ação penal 470 em ano eleitoral, o caráter que ganhou, não tinha objetivo de fazer justiça, e sim retomar a tentativa de 2005 de inviabilizar o PT e nossos governos. Não se trata da denúncia do mensalão, mas de tentar colocar no banco dos réus o governo Lula - afirmou Dirceu. Informações de o Globo - Fernanda Krakovics.

Clique aí e lei na íntegra  Mensalão: Dirceu volta a atacar imprensa e diz que objetivo é inviabilizar o PT


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

A CULPA É MESMO DA IMPRENSA DE NÃO TER VERGONHA DE PUBLICAR ALGO SOBRE ESSE CONDENADO. NÓS LEITORES SO QUEREMOS TER UMA NOTICIA: zé dirceu VULGO CHEFE DA QUADRILHA DO MENSALÃO ESTÁ NA CADEIA. O RESTO ESQUEÇAM.

maria bet

Quando é que esses caras de pau, óleo de peroba, sem vergonha, mal caráter, tudo que se refere a desonestidade vão para a cadeia? Chega de corruptos.



06/02


2013

Quem disse que não há eleição em Cuba?

CARLOS BRICKMANN

 RACIONALIZANDO - Quem disse que não existem eleições em Cuba? Pois houve eleições em Cuba nesta segunda-feira, com voto direto e secreto: entre 1.269 candidatos, foram eleitos 1.269 integrantes das Assembleias provinciais. Sim, em Cuba as eleições foram racionalizadas: o número de candidatos é exatamente igual ao de vagas em disputa (evita-se, assim, o desperdício de votos).

O Partido Comunista foi o grande vitorioso, com 1.269 eleitos - aliás, é o único partido autorizado a concorrer, mesmo porque é o único do país. Segundo o jornal oficial Granma, a eleição é ''um dos momentos transcendentais do processo democrático cubano''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

06/02


2013

Baixa votação de Alves atiça briga do PMDB com PT

 A baixa votação obtida pelo deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN, eleito presidente da Câmara com apenas 22 votos além do necessário, azedou ainda mais o clima entre PT e PMDB rumo a 2014. Os peemedebistas atribuem grande parte da responsabilidade pelo desempenho considerado ruim a traições de petistas, apesar do acordo entre os dois partidos para que Alves fosse o presidente da Casa, e relacionam esse comportamento à próxima disputa presidencial.(Informações de O Globo - Fernanda Krakovics)

Clique aí e leia na íntegra Baixa votação de Alves reforça desconfiança do PMDB com o PT


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ganhou, mas não levou!!!


Banner de Arcoverde

06/02


2013

Câmara evitará confronto com o Supremo Tribunal

 O novo comando da Câmara dos Deputados estuda uma solução consensual sobre a perda de mandatos dos parlamentares condenados pelo Supremo Tribunal Federal no processo do mensalão, informa o blog de Gerson Camarotti. ''''Como afirmou o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves, a última palavra será da Câmara. Mas diferente do antecessor, o petista Marco Maia, o entendimento agora é que esse será um encaminhamento da Mesa Diretora, e não do plenário.''''

''''Ou seja, será procedimento rápido, o que deve evitar o confronto com o Supremo. No julgamento do mensalão, a maioria dos ministros entendeu que cabe à Câmara apenas formalizar a perda dos mandatos. Isso motivou um enfrentamento entre o presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, e o ex-presidente da Câmara. Sendo que, agora, Henrique Alves não demonstra interesse em manter esse confronto. E segundo interlocutores, tem sido muito cuidadoso com suas declarações.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/02


2013

O impossível não acontece

 Até mesmo quem já viu pombo preto e urubu branco não acredita que o ex-presidente Lula seja indiciado em virtude das denúncias de Marcos Valério. O caso será analisado por um procurador da República em São Paulo e, caso vá em frente, por um juiz de primeira instância; mas seria muito pouco provável que o depoimento extemporâneo de um réu condenado a 40 anos de prisão atinja um ex-presidente da República.

A credibilidade não é o ponto forte de Marcos Valério; e o detalhe de ter lembrado de tanta coisa só depois de ser condenado não contribui para que suas denúncias sejam recebidas como se verdadeiras fossem
.(Carlos Brickmann)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/02


2013

PMDB: vitória, mas crise interna

 Depois de confirmar uma ampla vitória nas eleições internas para o
comando do Congresso Nacional, o PMDB enfrenta um aprofundamento da crise interna, deduz Leonel Rocha, na coluna política da revista Época.  Para o colunista, a crise é tão forte que grupos de deputados e senadores pararam de se cumprimentar depois das eleições de Renan Calheiros para o Senado, de Henrique Alves para a Câmara, e de Eduardo Cunha para a liderança da bancada de deputados.

''''Cunha está magoado com o apoio de Calheiros ao concorrente Sandro Mabel na disputa pela liderança. Os bombeiros da crise estão aconselhando Mabel as retirar a ação no Supremo que questiona a eleição de Cunha para tentar acalmar os ânimos. A crise atinge a relação entre o novo presidente da Câmara, Henrique Alves, e o novo líder Eduardo Cunha (RJ). Antes amigos, os dois perderam a intimidade política. Reunião da bancada do PMDB que
acontece na Câmara no início desta tarde tenta acertar os ponteiros da segunda maior bancada da Câmara.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/02


2013

Políticos saem e entram mas a gatunagem continua

 O novo prefeito de Itabuna (BA), Vane do Renascer, do PR, há pouco mais de um mês no cargo teve o seu salário aumentado para R$ 30 mil mensais, com aval da Câmara de Vereadores. É o maior contracheque de um chefe de Executivo municipal do País. A cidade permanece entre as cinco no ranking de homicídios de jovens no Brasil.

A nota acima, na coluna de Ricardo Boechat só dá razão aos pessimistas em torno de um futuro político mais digno neste nosso País, tão surripiado por opostunistas que chegam ao poder apenas para se servir, e com a maior cara de paú do mundo. É uma tristeza!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Elisabete Aprigio de Sá

Isso é resultado de um País sem os devidos investimentos em EDUCAÇão.Quando o povo for esclarecido com uma boa educação, a coisa muda.

Arnaldo Amaral

Pior que o pulha ladrão eleito pelo voto somente os pulhas eleitores dele.Pena todo mundo pagar pela escroqueria generalizada após o modo lulopetista et caterva de governar. Basta !!!