Flamac - 1

20/11


2007

Frei da Pastoral na mira de pistoleiros no Pará

 A Polícia Militar de Xinguara (sul do Pará) recebeu a denúncia de que três pistoleiros foram contratados por R$ 50 mil para assassinar frei Henri de Roziers, advogado da Comissão Pastoral da Terra. A entidade da Igreja Católica tem como bandeiras a luta pela terra, o combate ao trabalho escravo e à impunidade.

Por conta de sua atividade, a Comissão conta que o frei, que é francês, recebe muitas ameaças. Por ordem do governo estadual, desde fevereiro de 2005, após o assassinato da missionária americana Dorothy Stang por pistoleiros, o religioso está sob a proteção da Policia Militar.

“No entanto, diante do contexto em que se vive no estado do Pará, marcado pela violência e pela impunidade, não faz sentido oferecer proteção policial aos ameaçados de morte se não são adotadas medidas eficazes para sequer concretizar as condenações judiciais referentes aos mandantes e executores de trabalhadores rurais”, alerta a Comissão Pastoral da Terra.(Informações do Consultor Jurídico)

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Terra sem lei? E Pernambuco é o quê ? Terra sem lei da mesma forma.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

O estado do Pará há muito que está passando de uma intervenção federal. Infelizmente lá parece que é uma terra sem lei, que não há governo que dê jeito. A pistolagem e a grilagem mandam e desmandam.


Paixão de Cristo

20/11


2007

PSDB diz que Lula, como Chávez, quer poder eterno

 Documento do PSDB, que será debatido no III Congresso do partido que começa nesta quarta-feira, ataca o atual governo e alerta sobre uma eventual tentativa de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva manter-se no poder, a exemplo do que ocorre hoje na Venezuela com Hugo Chávez.

Sem citar uma vez sequer o nome de Lula nem de Chávez, os tucanos argumentam no documento que a "recente sucessão de escândalos levou à desmoralização da política no Brasil".

"Ambições futuras podem vir a golpear a democracia, como ocorre em países vizinhos onde o continuísmo de pseudo-salvadores da pátria desvirtua as regras da verdadeira representação e participação popular. Estaremos atentos para não deixar que isso aconteça. Nós conjugamos democracia e PSDB no mesmo tempo. O tempo de um povo livre e que sabe o que quer. O futuro para o Brasil já chegou. Não abriremos mão dele. Não admitiremos retrocessos", alertam os tucanos. (Informções do portal Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Não gosto do termo. Dificilmente faço uso. São imbecis os que pensam em terceiro mandato para Lula. Do que se trata é a possibilidade de Lula ser candidato a uma nova eleição. O povo democraticamente irá decidir. Se ganhar leva.Simples assim.

LandRover

¿PORQUE NO SE CALLA LULLA?

LandRover

Darei o meu sangue e a minha vida pelo meu país. Bandidos não serão eternizados no poder de minha pátria. Empunharei armas de liberdade contra os marginais que querem se eternizar. Se assim querem, phodam-se todos do PT para o país do pederasta Hugo Chávez, pois são iguais a ele!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Quem é o PSDB para falar em sucessão ou poder eterno!? Logo eles que barganharam com o antigo PFL o malfadado processo de reeleição de FHC!

EDILSON BENTO CAMPELO

Acho que nós viviamos em um pais das maravilahas com este PSDB,o que eles pregam em seus discursos o Brasil foi bastante desenvolvido,eles nem oposição sabem ser,pois Lula deitor e rolou encima deles e ainda vem mais.


Mobi Brasil 1

20/11


2007

Jucá: ''Lula vetará liberação do PAC em ano eleitoral''

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai vetar artigo da medida provisória aprovada pela Câmara e pelo Senado que permite o uso de recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) em ano eleitoral --além de ignorar restrições existentes na LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) para esse tipo de transferência. Após a pressão da oposição, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou nesta terça-feira no plenário a decisão do presidente de vetar parte da matéria.

"Pactuamos hoje com a Casa Civil, com o presidente da República, o veto. O governo não tem intenção de liberar recursos fora da legislação eleitoral. Para que não pairem dúvidas, o governo irá vetar o parágrafo único do artigo primeiro que foi retirado aqui no plenário do Senado Federal", afirmou Jucá.

O veto é uma tentativa do governo de encerrar a obstrução dos partidos de oposição à pauta de votações da Casa. O anúncio do veto, no entanto, não foi suficiente para convencer o DEM e o PSDB a retomarem as votações no plenário do Senado --uma vez que os dois partidos mantiveram a obstrução. Integrantes do DEM e do PSDB dizem que a obstrução foi provocada pela alteração feita pela Câmara na MP. Da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Que diferença vai fazer? A duplicação da BR-101 no Cabo se arrasta a passos de tartaruga.Êita governo medíocre esse!!


FMO

20/11


2007

Genro vai à Câmara falar sobre invasões de terras

O ministro da Justiça, Tarso Genro, participará na quinta-feira, a partir das 10 horas, de audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados para discutir a questão das invasões de terras e violência rural, questões fundiárias, faixas de fronteiras e direito de propriedade. O requerimento para realização da audiência foi apresentado pelo deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) e aprovado pelos deputados da comissão no dia 24 de outubro.

Segundo o parlamentar, a comissão recebeu denúncia de que propriedades rurais têm sido sistematicamente invadidas por milícia armada com o objetivo de grilagem de terras e extorsão. A acusação partiu do Sindicato Rural de Redenção, Pará. Caiado declarou que o sul do Pará está sofrendo com um "estado paralelo, montado por milícia fortemente armada". Ele apresentou aos demais parlamentares os documentos recebidos do sindicato de Redenção. As informações são da assessoria de imprensa da comissão. Da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Esse governo é quem financia a bagunça no campo.Tarso não têm o que falar.



20/11


2007

Pedro Paulo, da TV Nova: “a verdade vem à tona”

O diretor presidente da Nova Comunicações, a TV Nova, canal 22 UHF, o radialista Pedro Paulo de Carvalho, o tomar conhecimento da nota do JB publicada no blog, que mereceu repercussão no plenário da Assembléia Legislativa pelo deputado Pedro Eurico (PSDB) que está “de alma lavada” quando as irregularidades da Fade, com possível envolvimento de influentes petistas começa a vir à tona.

 

Segundo informações do repórter do blog, André Silva, para Pedro Paulo, “começa a ficar esclarecido o porquê da discriminação à TV Nova, que foi prejudicada com a anulação da licitação da prestação de serviço da TV Assembléia”. O comunicador e empresário avisou ainda que prepara ação judicial  “para ver a justiça e a verdade prevalecerem”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LandRover

Os membros da Tropa de Fode de Lula são os piores ladrões, especialmente os barbudos feito ele...

milton tenorio pinto junior

Bota pra lascar nesses gatunos Pedro Paulo!


Banner - Hapvida

20/11


2007

Líderes não entram em acordo sobre votações na Câmara

 A reunião dos líderes partidários na Câmara dos Deputados terminou sem acordo sobre as votações no plenário da Casa. No entanto, o presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) decidiu pôr em votação no plenário os itens que trancam a pauta, mesmo sem consenso entre os deputados.

Ao deixar a reunião, o líder do Democratas, deputado Onyx Lorenzoni (RS), afirmou não haver divisão entre base aliada e oposição. "Aqui há uma divisão entre teses", declarou, referindo-se às opiniões divergentes entre os relatores das matérias e os demais deputados.

Os partidos não chegaram a um acordo para a votação da MP 388, que regulamenta o trabalho do comércio aos domingos e feriados, e a MP 394, que prorroga o prazo para o registro de armas. Do Portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Supranor 1

20/11


2007

Críticas ao PT na Assembléia expõem problemas da Fade

Numa sessão tranqüila na Assembléia Legislativa, em que o deputado Maviael Cavalcanti (DEM) usou do tempo no Grande Expediente para criticar a postura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em torno de suas declarações em defesa do colega venezuelano Hugo Chávez e da polêmica sobre o possível terceiro mandato de Lula, do microfone de apartes, o líder da oposição, Pedro Eurico (PSDB) aproveitou para ler texto do Informe JB, publicado mais cedo no blog sob o titulo “Pequena família, grandes negócios”.

 

Segundo informações do repórter do blog, André Silva as informações sobre irregularidades na Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco levantam indícios “que merecem explicações” do deputado federal do PT Maurício Rands e de seu irmão, o economista Alexandre Rands. Segundo a nota do JB publicada no blog, e lida por Eurico no plenário, a Fade recebeu “a bolada de R$ 39,1 milhões” de recursos  públicos entre 2003 e 2007.

 

Coube ao deputado petista André Campos (PT) defender, também do microfone de apartes a postura do presidente Lula e a idoneidade da Fade e dos irmãos Rands.

 

O que ninguém disse no plenário é que a TV Assembléia, programa do dia-a-dia do parlamento estadual, exibido de segunda a sexta na TV Universitária é produzido pela Fade, e que os profissionais contratados vem amargando constantes atrasos no recebimento dos salários. Por pressão da Fade foi anulada recente licitação da prestação de serviço de comunicação do parlamento na hora em que os envelopes iriam ser abertos. O zum-zum-zum é que isso ocorreu porque a potencial vencedora do pleito seria a TV Nova, canal 22 UHF, do radialista Pedro Paulo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Será Patronicio, que não sobrou? Um politico que é incapaz de dar um bom dia para alguem e se eleger bem , só com muita grana.

JOSÉ DO PATROCINIO GOMES DE OLIVEIRA

AMIGOS, O DEPUTADO ANDRÉ (IRMÃO DO OUTRO CAMPOS, O DA INFRAERO), TEM QUE DEFENDER ESTE GOVERNO CORRUPTO E SEUS RANDS PORQUE ÊLE É UM DELES TAMBÉM. SERÁ QUE NÃO SOBROU UMA LASQUINHA PRÁ ELE DO ROMBO DA INFRAERO ???????

roberto lima

a "gentezinha" quadrilheira.....

roberto lima

e o reitor petista o que diz disso?

milton tenorio pinto junior

Correção: gangsteres



20/11


2007

Governo prepara plano para aeroportos no final do ano

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou nesta terça-feira (20) que pretende implementar até dezembro um plano emergencial para evitar problemas nos aeroportos durante o Natal e o ano-novo. As medidas serão apreciadas, antes, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo Jobim, o plano é ajustar a malha aérea ao período de pico no final do ano. A previsão era finalizar as medidas até 1 de dezembro. "Queremos fazer o ajustamento da malha com os picos deste período, que são diferentes de outras épocas. Queremos que as coisas neste final de ano ocorram com tranqüilidade", disse.

"Nós estamos planejando [a ação emergencial] com base em todo o conjunto de levantamento que fizemos, vamos submeter ao presidente da República", afirmou o ministro da Defesa, acrescentando que o plano será implementado até 15 de dezembro. Do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

é o único ministro de lula que sempre aparece com um "factóide" novo; a maioria não se sabe se existe e nem se sabe os nomes.


ArcoVerde

20/11


2007

STJ decide manter Pimenta Neves em liberdade

Os ministros da 6ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) confirmaram nesta terça-feira que o jornalista Antônio Marcos Pimenta Neves deve ficar em liberdade enquanto espera pelo julgamento dos recursos movidos no processo em que ele foi condenado por ter matado a tiros a também jornalista Sandra Gomide. O crime ocorreu em um haras em Ibiúna (64 km a oeste de São Paulo), em agosto de 2000.

Depois do crime, Pimenta Neves ficou preso por sete meses até 2001, quando uma liminar do STF concedeu liberdade provisória.

Em maio de 2006, ele foi condenado, em júri popular, pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe --ciúmes-- e emprego de recurso que impossibilitou defesa da vítima --atirou pelas costas e quando ela estava caída. O jornalista saiu do julgamento em liberdade graças à liminar do STF. Da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Assassino filho da puta!!!!!!!!!!!!!!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Se Pimenta Neves fosse negro ou pobre talvez a postura fosse bem outra. A Justiça no Brasil realmente além de cega tem dois pesos e duas medidas. Que país é este??????????????????????

Raimundo Eleno dos Santos

Não é questão de direito. A questão é moral.


Garanhuns

20/11


2007

Renan: renúncia depende do calendário do Senado

 O presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), declarou nesta terça-feira que tomará uma decisão sobre seu futuro na política nacional assim que ele tiver em mãos o calendário de votações da Casa, inclusive o do processo que pede a sua cassação. A licença de 45 dias solicitada pelo parlamentar alagoano é de 45 dias e se encerra na próxima segunda-feira.

''Eu não quero nada que me ajude, quero provar minha inocência. Quero um encaminhamento justo, humano. Eu vou aguardar que digam o calendário porque, só depois disso, vou dizer o que vou fazer'', disse o senador, no momento em que se encaminhava para o Plenário.

Renan se mostrou muito incomodado com a decisão do senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) cancelar a apresentação do seu parecer sobre o terceiro processo contra o presidente licenciado do Senado, que inicialmente deveria acontecer nesta quarta-feira. Agora, a apresentação do texto deverá acontecer somente na próxima semana.

''Esse processo de marcar data e desmarcar é sobretudo desumano. Tentar compreender esse processo é uma coisa meio louca. Tirei licença com pelo menos 20 dias de folga para retornar à presidência'', disse Renan Calheiros, mostrando irritação com o andamento do seu processo. Do Diário do Grande ABC.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Naipes

20/11


2007

Vereador é multado por pichar muro antes da campanha

 Candidato que faz propaganda antes do processo eleitoral fere o princípio da isonomia. Com esse entendimento o Tribunal Superior Eleitoral condenou o vereador Eudorico Alves Batista (PRP-BA), de Salvador, a pagar R$ 21,2 mil por fazer propaganda antes da campanha eleitoral.

O ministro José Delgado negou seguimento ao recurso ajuizado pelo vereador contra acórdão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Os desembargadores concordaram com parecer do Ministério Público Eleitoral e aplicaram multa de R$ 21,2 mil ao vereador. Segundo o Tribunal, o vereador escreveu, em um muro de Salvador, a frase "Eurico Alves — o amigo de sempre". A inscrição foi feita antes de iniciar a campanha eleitoral.

De acordo com o ministro, a propaganda extemporânea do candidato feriu o princípio da isonomia do processo eleitoral: "O candidato se vale do artifício da propaganda subliminar para angariar a simpatia do eleitorado e, assim, lançar previamente seu nome. Com isso, ele sai na frente dos demais candidatos antes do período destinado às campanhas, ocasionando indevido desequilíbrio de oportunidades no pleito”. Do Consultor Jurídico.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/11


2007

Senador quer filho de político em escola pública

 Ex-ministro da Educação, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) defende projeto de lei de sua autoria que obriga parlamentares e chefes do Poder Executivo em todo o Brasil a matricularem seus filhos em escolas públicas durante o ensino básico. E disparou: - Um parlamentar, numa República em que ele representa o povo, tem que colocar os filhos nas escolas que tenham filhos do povo.

Pela proposta, deputados, senadores, vereadores, prefeitos, governadores e o presidente da República serão obrigados a matricular seus filhos em escolas públicas durante a vigência do mandato.

O projeto do senador Cristovam, caso aprovado, entraria em vigor a partir de 2014. O parlamentar argumenta que se o Brasil terá condições de melhorar sua infra-estrutura até lá para receber a Copa do Mundo, também pode criar condições de boa educação. Do Portal Terra Magazine.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

Demagocia Pura II: Meus filhos nunca estudaram em escolas públicas por dois motivos: a) As escolas públicas não prestam b) Tenho dinheiro para pagar escolas particulares, que também não são lá grande coisa.

Gilberto Carvalho Moura

Demagogia pura! Eu estudei em escolas públicas por dois motivos: 1) As escolas públicas eram boas 2) Não tinha dinheiro para pagar escola particular.

Normando Leite Cavalcante

Vejam só o ranço do seu antigo partido o PT. A onde já se viu querer obrigar filho de político estudar em escola pública, Cadê o livre arbítrio será que, a pouplação não terá mais o direito de estudar ou encaminhar os seus filhos para os melhores estabelecimentos de ensino? Acorda Cristovão!

Raimundo Eleno dos Santos

Eu estudei em Escola Pública.Naquele tempo escola particular era para muitos egressos da Escola Pública, por má conduta.De fato mal elemento era expulso do Colégio Público. A educação era de qualidade e ensinava mesmo desde o primário,ginásio e colégio.

milton tenorio pinto junior

É muita viagem de Cristovam. Até parece que vai vingar.


Bm4 Marketing 2

20/11


2007

Lula: "Está provado que Deus é brasileiro"

 Durante cerimônia de assinatura de um protocolo de intenções entre a Companhia Vale do Rio Doce e a empresa coreana Dongkuk Steel Mill para a construção de uma siderúrgica no distrito de Pecém, no Ceará, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva que ''Deus é brasileiro''.

- Eu tenho dito sempre, desde a descobertas da Petrobras, que está ficando provado que Deus é brasileiro - afirmou Lula, pedindo que Deus permita que ele inaugure a nova usina até o final de seu mandato.

Durante a cerimônia, Lula incentivou também o aumento da produção de aço no país e fez uma comparação com a China. Segundo ele, os chineses produzem cerca de 450 milhões de toneladas de aço por ano e o Brasil apenas 30 milhões, tendo o mesmo potencial que a China.

- Não podemos ficar vendo os chineses aumentarem sua produção para 600 milhões de toneladas de aço e nós ficarmos nos 40 milhões. Temos que fazer mais investimentos para aproveitar o nosso potencial - disse. Do JB Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulo Kigrer

Que um desavisado vote em Inácio até que se entende, como também um analfabeto. Porém, um sacrista com um mínimo de discernimento votar no Inácio, é, com convicção, puro auto-flagelo...



20/11


2007

Oposição não quer derrubar a CPMF. Quer só atrasar

A história anda a boca pequena nos corredores do Congresso: PSDB e DEM teriam acertado com o pessoal da Fiesp que não dá para derrubar definitivamente a CPMF, pois ela interessa a qualquer um que venha a suceder Lula, inclusive se o futuro presidente for tucano. Mas que dá para adiar sua votação para além de 31 de dezembro.

Com isso, a cobrança do imposto (ou melhor, "contribuição") terá que amargar uma noventena. Um refresco para as grandes empresas de 90 dias no pagamento. Daí a estratégia de obstrução adotada agora por tucanos e DEM.

É, pode ser...

Mas acho que o tiro pode sair pela culatra. Vejo riscos reais de a CPMF não passar. E aí seria engraçado um eventual futuro governo tucano tentando fazer o imposto voltar a existir.

(Do Blog dos Blogs - Tales Faria)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O refresco que os pefelistas(DEM) estão tentando dar as grandes empresas, será transformado em polpudas contribuições de campanha.

Amanda Frias

Político só quer aparecer para a população. Se fazem de forte, de quem quer derrubar a CPMF, mas na verdade quem mais quer que continue são eles.



20/11


2007

Tião Viana quer votar CPMF no dia 14 de dezembro

O presidente interino do Senado, Tião Viana (PT-SP), trabalha com a possibilidade de a emenda constitucional que prorroga até 2011 a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) ser votada em primeiro turno no Senado no dia 14 de dezembro, informaram senadores do PSDB com os quais Viana conversou sobre o cronograma hoje pela manhã.

Os senadores, por sua vez, avaliam que a votação poderá demorar mais ainda. O líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), no entanto, pretende votar a proposta entre os dias 7 e 11 de dezembro.

Tião Viana disse há pouco que os líderes governistas estão mobilizando as bancadas para destrancar a pauta do plenário e, assim, iniciar a discussão sobre a emenda da CPMF. Pelo regimento, abre-se, antes da votação em primeiro turno de uma emenda, um prazo de cinco sessões para discussão. Como a pauta está trancada por três medidas provisórias, a emenda está parada. Da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/11


2007

Renan ameaça voltar à presidência do Senado

O presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), confidenciou esta manhã a um senador de seu grupo que está disposto a reassumir o cargo de presidente na próxima segunda-feira, se não tiver outra alternativa. Inconformado com o adiamento da votação de seu processo em plenário, que estava prevista para esta quinta-feira e foi adiada por conta de uma manobra da oposição, Renan se recusa a renovar a licença de 45 dias, que vencerá no dia 26.

Na conversa por telefone com o colega de Senado, Renan se queixou de ter feito "todos os gestos" para amenizar a crise e melhorar o ambiente político para que o governo tivesse tranqüilidade para votar a prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).  Ao interlocutor, Renan desabafou e disse que mesmo tendo feito sua parte e cumprindo calendário combinado, seu processo não foi votado e, por isso, não iria renovar sua licença.

Renan descartou a volta à presidência como opção sua, dizendo que preferia "evitar problemas", mas se a "crise" já estava instalada, não havia porque renovar licença. Do Estadão.com.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/11


2007

Aécio: "Reforma tributária chega tarde ao Congresso"

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta terça-feira que a proposta de reforma tributária que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende enviar ao Congresso Nacional até o dia 30 chegará ''um pouco tarde''. Na avaliação de Aécio, o momento não é oportuno para discutir o tema, principalmente por causa das eleições municipais do ano que vem.

''Será uma discussão complicada no Congresso Nacional e, por isso, acho que ela já vem um pouco tarde. Gostaria que a reforma pudesse ter vindo. Nós estamos no segundo mandato do presidente Lula, já discutimos exaustivamente no primeiro mandato. Acho que estamos já com um período difícil, pré-eleitoral'', afirmou o tucano.

Ontem, o presidente disse em Blumenau (SC), durante a abertura do 25º Encontro Empresarial Brasil-Alemanha e da 34ª Reunião da Comissão Mista de Cooperação Econômica Brasil-Alemanha, que enviará uma proposta de reforma tributária ao Congresso até o dia 30. ''Ver se a gente consegue ter, não a carga tributária e a política tributária ideal, mas aquela que seja factível, possível com as necessidades dos governadores, prefeitos, do governo federal e de suporte da sociedade brasileira'', disse. Da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores